8 Posturas de yoga para aumentar a fertilidade feminina

8 Posturas de yoga para aumentar a fertilidade feminina

Você já ouviu falar nos benefícios da prática regular de yoga? Entre eles estão a melhor flexibilidade, força muscular, equilíbrio interno e harmonia entre corpo e mente. Só que existe outro aspecto do yoga que é especialmente importante para mulheres que enfrentam dificuldades para engravidar.

O Incrível.club reuniu 8 posturas fáceis e eficientes para aumentar a fertilidade feminina. Elas melhoram o fluxo sanguíneo e podem ter uma influência positiva no sistema endócrino, que regula os hormônios. Além disso, ajudam a aliviar o estresse e a ansiedade, aumentando as possibilidades de concepção.

1. Ponte apoiada (Setu Bandhasana)

Esta postura de yoga aumenta o fluxo sanguíneo aos órgãos reprodutores, melhorando seu funcionamento.

Como executar:

  • Deite de costas;
  • Lentamente, flexione os joelhos até que eles apontem para o teto, mantendo pés no solo. Joelhos devem ficar na altura do quadril;
  • Mantenha os braços lateralmente, com as palmas das mãos viradas para baixo;
  • Ao inspirar, forme um arco levantando a coluna vertebral e retirando as nádegas do solo;
  • Mantenha a postura por 1 a 2 minutos enquanto inspira e expira;
  • Gradualmente e aos poucos, volte à posição inicial.

2. Pernas para cima na parede (Viparita Karani)

Esta posição ajuda a liberar tensões na parte inferior do corpo. Ao mesmo tempo, incrementa o fluxo de sangue na região pélvica. Beneficia ainda os músculos isquiotibiais e a parte inferior das costas, aumentando as chances de engravidar desde que executada após relações sexuais.

Como executar:

  • Deitada de costas, estenda as pernas ao longo da parede, empurrando-as ao máximo para perto da parede;
  • Mantenha braços, ombros e cabeça repousando no solo;
  • Caso não esteja confortável, coloque algo sob as costas, como uma almofada ou toalha enrolada;
  • Relaxe, inspire e expire.

3. Curva à frente (Uttanasana)

É uma que ajuda a limpar a mente e aumentar o fluxo sanguínea nas células. Sem falar que equilibra o sistema endócrino e alonga os músculos da região lombar.

Como executar:

  • Parada e com os pés juntos, flexione levemente os joelhos;
  • Curve a parte superior do corpo sobre as pernas;
  • Coloque as mãos no solo ou nas pernas;
  • Fique o tempo que quiser nessa posição, enquanto inspira e expira.

4. Ângulo limitado reclinado (Supta Baddha Konasana)

É uma postura que alonga o quadril e a parte interna das coxas, favorecendo a circulação de sangue.

Como executar:

  • Deite no chão de barriga para cima e flexione os joelhos como na foto acima;
  • Deixe que os joelhos caiam para os lados enquanto junta as plantas dos pés, mantendo a lateral dos pés sobre o solo;
  • Ao expirar, deixe os braços junto ao corpo ou sob a cabeça;
  • Continue inspirando e expirando. Mantenha a postura durante um intervalo entre 1 e 5 minutos.

5. Postura da criança (Balasana)

É uma postura de repouso. Por isso, alivia o estresse e a fadiga, além de alongar a coluna vertebral, quadril e ombros.

Como executar:

  • Sente-se sobre os calcanhares, com joelhos juntos ou separados;
  • Enquanto expira, comece a inclinar-se para a frente lentamente, até chegar ao solo;
  • Estenda os braços à frente, com palmas das mãos viradas para baixo;
  • Inspire e expire, mantendo a posição por cerca de 1 minuto.

6. Postura da cobra (Bhujangasana)

A postura aumenta a oferta de sangue à região pélvica. Ajuda também a criar um equilíbrio hormonal no corpo, alongando as costas de maneira eficaz.

Como executar:

  • Deite de barriga para baixo, com as mãos no solo diretamente abaixo dos ombros;
  • Levante a parte superior do corpo ao inspirar;
  • Permaneça na posição por 30 segundos, sempre inspirando e expirando.

7. Pose da borboleta (Baddha Konasana)

É uma postura que melhora a flexibilidade do quadril e da parte interna das coxas. Outro benefício é o estímulo à eliminação de tensões e toxinas que ficam concentradas na região do quadril. Isso pode combater uma parte sem problemas, desde que a postura seja praticada regularmente até o fim da gravidez.

Como executar:

  • Sente-se e dobre os joelhos;
  • Junte as plantas dos pés e aproxime-os à pélvis;
  • Ao expirar, pressione os joelhos contra o solo;
  • Mantenha a postura por 1 a 2 minutos, sempre expirando e inspirando.

8. Postura do cadáver (Shavasana)

Execute esta posição sempre após terminar todas as posturas de fertilidade que recomendamos anteriormente. É uma asana simples, mas muito poderosa para equilibrar corpo e mente.

Como executar:

  • Deite sobre um colchonete;
  • Estenda os braços junto ao corpo, com palmas das mãos viradas para cima;
  • Inspire e visualize que está expirando estresse e negatividade;
  • Ao puxar o ar, imagine-se inspirando paz e conforto;
  • Permanece na postura durante 10 a 15 minutos.

Você tentara a prática de yoga se tivesse problemas de fertilidade? Já é praticante experiente? Por favor, compartilhe suas experiências deixando seu comentário abaixo.

Illustrated by Oleg Guta exclusivo para Incrível.club
Compartilhar este artigo