Incrível
Incrível

11 Peças de vestuário para ter no armário e que nunca saem de moda

A moda, como todos sabemos, é uma senhora inconstante e caprichosa: o que até ontem fazia parte das coleções de todos os estilistas, e pendurado em cada cabide nas lojas do mercado de massa, amanhã pode ter uma vida melhor. No entanto, há peças de vestuário que estão sempre longe de todas as tendências e podem ser importantes ontem, hoje e amanhã. Por exemplo, colarinho preto alto ou blazers largos. Inclusive as mais fiéis seguidoras das novas coleções podem comprar sem medo de que as peças fiquem irrelevantes na próxima semana ou mesmo no ano que vem.

Incrível.club estudou as tendências da moda que sobreviveram por várias décadas e encontrou 11 itens que deveriam estar no guarda-roupa de qualquer mulher que queira estar na moda, independentemente dos designs mais recentes.

Jeans de corte reto

A moda das calças compridas muda quase todos os anos: hoje em dia as mom-jeans estão no topo e, amanhã, perdem a sua relevância, enquanto as skinny ocupam o primeiro lugar. No entanto, jeans retos e clássicos, com um ajuste regular (a linha da cintura se estende logo abaixo do umbigo), nunca perdem sua relevância. Os universais devem ser azul-escuros, sem desgaste de qualquer espécie ou outros “defeitos”, e também não encurtados.

  • Com o que vestir: os jeans de corte clássico talvez sejam a roupa mais livre em todo o guarda-roupa. Com eles você pode usar qualquer parte superior e tipo de calçado, já que o estilo pode ser diferente, desde um romântico até um country. Adaptam-se facilmente a qualquer imagem: as mesmas calças podem ser diferentes se dobradas ou deixadas completamente retas, bem como combinadas com cintos de diferentes modelos.

Paletós largos

O paletó que foi introduzido no guarda-roupa das mulheres, graças a Coco Chanel, sofreu muitas transformações durante a sua existência. De abotoaduras simples e cruzadas, com e sem botões, até a cintura e alongados até quase chegar aos joelhos, preto e rosa. Houve muitas variantes dessa peça ao longo da história dessa peça.

No entanto, foi o blazer alongado que sofreu invariavelmente no mundo da moda, especialmente seu clássico modelo trespassado com duas fileiras de botões. Quanto à cor, a preferência (se estamos falando de um modelo universal) é baseada em cores neutras: preto, branco e azul marinho.

  • Com o que usar: com qualquer coisa. Uma saia plissada e uma saia lápis, jeans clássico ou o boyfriend, com uma blusa, camisa ou nada por baixo, o importante é escolher a combinação certa de cores.

Calças clássicas

Outro elemento do guarda-roupa masculino, adaptado à figura feminina pela própria Coco Chanel, e incluído no mundo da moda feminina graças, em grande parte, a Marlene Dietrich. Já se tornou uma parte indispensável do chamado guarda-roupa básico. Para que o modelo clássico de calças se ajuste a qualquer imagem, vale a pena dar preferência a modelos que se ajustem à figura com um corte reto ou ligeiramente alargado do quadril, bem como ajustado à cintura, feito com tecidos de boa qualidade e de preferência em preto ou azul escuro.

  • Com o que vestir: além da imagem de uma mulher de negócios com blusas e sapatos clássicos, este tipo de calça também permite criar roupas de estilo casual. Ela pode ser usada com uma camiseta, uma marinheiro e como roupa de frio. Também ficará bem com casacos bomber e jaquetas de vários comprimentos, incluindo as largas de motoqueiro e de couro.

Suéter “pescador”

O suéter de “pescador” (ou Aran) chegou ao mundo da moda graças ao guarda-roupa dos marinheiros irlandeses, tornando-se uma peça não só do guarda-roupa masculino mas também do feminino. Estas blusas são fáceis de distinguir do resto pelo seu padrão, que se assemelha a cordas entrelaçadas, simbolizando redes de pesca. As blusas de “pescador”, como regra, são baseadas nas próprias cores da natureza: branco, bege, verde, cinza, marrom... Se você quiser comprar algo universal, é melhor optar por modelos em branco ou bege.

  • Com o que vestir: saias longas plissadas, jeans com qualquer corte (do clássico ao magro), shorts de lã ou jeans, vestido clássico ou justo: todas essas peças combinam perfeitamente com o suéter Aran, reduzindo o nível de sua brutalidade.

Bermudas

As bermudas foram criadas para os militares britânicos que se encontravam no território das Bermudas. Inicialmente, elas tinham bolsos de remendo, mas eventualmente um modelo apareceu sem eles e se tornou o tema principal do guarda-roupa feminino. Para que o modelo seja universal, vale a pena escolher uma bermuda de tom neutro a 10 centímetros acima dos joelhos, com a cintura um pouco mais baixa, semelhante às calças clássicas.

  • Com o que usar: dependendo da estação e do material, podem ser usadas com camisa, camiseta, marinheiro, jaqueta ou casaco bomber. Ao criar uma imagem voltada para o escritório, não se esqueça de que o estilo de negócios não permite pernas à mostra, portanto, neste caso, por baixo das bermudas, você deve usar meias cor da pele. Os sapatos ficam a seu critério, desde que estejam em harmonia com a imagem geral.

Tênis brancos de lona

A cada temporada, as marcas esportivas (e não apenas elas) nos oferecem uma grande variedade de tênis branco de lona de diferentes designs: desde aqueles com uma sola típica até os assustadores modelos que estavam no topo da moda até recentemente com uma plataforma oculta. Não é em vão que esses tipos de sapatos mantêm sua popularidade: você pode encontrá-los não apenas nas ruas das cidades, como também nas passarelas. Para que sejam realmente versáteis, você deve optar por um modelo clássico, com cadarços e sola plana de altura padrão.

  • Com o que usar: embora os tênis brancos sejam classificados como “unissex”, eles podem fazer parte de uma imagem muito feminina, já que podem ser combinados tanto com saias largas quanto com estampas florais e vestidos de linho. Eles podem complementar um conjunto jeans, um terno clássico e uma roupa elegante com um smoking. Mas a criação de uma imagem com um estilo esportivo requer certas habilidades, bem como a capacidade de manter o equilíbrio pela linha tênue entre o bom gosto e a simplicidade.

Sobretudo de lã de corte clássico

Embora um sobretudo de lã da cor “pele de camelo” seja considerado um clássico, será mais exigente em termos de combinações de cores. Portanto, se você precisa de um modelo que complemente qualquer conjunto de roupas, deve dar preferência às versões em preto, branco ou azul escuro. Não vale a pena comprar um casaco de tamanho grande, é melhor que ele tenha uma aparência mais justa, com botões duplos, com ou sem cinto, até o joelho ou um pouco mais abaixo. Também é melhor partir dos modelos sem botões, porque quando está frio eles não serão nada confortáveis.

Com o que usá-los: talvez seja um dessas raras peças do guarda-roupa que podem ser combinadas praticamente com qualquer roupa e calçado: golas altas, suéteres, blusas, jeans, calças clássicas, maxi e mini-vestidos, saias, botas, sapatos e até tênis de lona. A única coisa que não é recomendado para usar com um casaco clássico são as roupas esportivas.

Parka

Este provavelmente seja o item mais controverso na nossa lista, pois geralmente são considerados próprios do guarda-roupa de um amante da natureza. No entanto, não vale a pena olhar a parka de longe, já que há muito tempo ela migra dos passeios pelas montanhas para o guarda-roupa dos fashionistas e protagonistas das passarelas. Além disso, é uma ótima alternativa para os casacos de pele naturais, que estão caindo no esquecimento depois de serem descartados pelas principais grifes de moda. Como na maioria dos casos, quando se trata do universal, é melhor optar pelos modelos de uma única cor em tons calmos e, melhor ainda, em cores neutras.

  • Com o que usá-la: apesar de suas limitações à primeira vista, a parka pode ser usada não só com jeans, mas com vestidos, saias, complementando botas e sapatos e meias densas. Além disso, com alguma habilidade, as parkas podem dar o toque final aos estilos mais clássicos e de uma mulher de negócios.

Gola alta preta

As golas altas pretas entraram na moda nos anos 60 e tornaram-se tão populares entre os fashionistas que pouco mudaram no último meio século. Elas foram usadas por Marilyn Monroe e Audrey Hepburn, por exemplo, e as celebridades de hoje as vestem com prazer. Apesar da variedade de cores, um suéter preto com uma “gola alta” tornou-se um clássico no mundo da moda e deve estar presente no guarda-roupa de todas mulheres de bom gosto.

  • Com o que usá-la: com qualquer peça. Qualquer que seja a imagem escolhida, o estilo de roupa de sua preferência, você pode usar uma gola alta preta a qualquer hora e em qualquer lugar.

Vestido camisa de cores neutras

O vestido de camisa, embora lembre uma das roupas mais importantes dos homens, é a base ideal para qualquer imagem, mesmo a mais delicada de uma mulher. Apesar da grande variedade que encontramos em termos de modelos e cores, aquelas que querem investir em algo universal devem prestar atenção às cores neutras e com um corte clássico, ou seja, as que mais parecem uma típica camisa masculina, simplesmente alongada.

  • Com o que usar: um vestido camisa pode parecer bom como uma roupa independente e, também, trabalhar em conjunto com outras peças. Você pode usá-lo com jeans apertados, amarrado com um cinto ou com botões desabotoados, também sob um suéter ou jaqueta. Os sapatos clássicos, sandálias, tênis esportivos, de lona e até botas, tudo isso combina bem com este vestido.

Loafers

Os loafers são um exemplo claro de como os sapatos clássicos, à primeira vista, podem ser objeto de um amor especial por uma verdadeira apaixonada por se vestir bem. Estes, visualmente, são similares em forma aos mocassins, mas distinguem-se por ter uma sola rígida, um pequeno salto e uma fivela ou borlas. Eles ganharam sua popularidade nos anos 60 do século passado (em grande parte, graças a Grace Kelly) e não a perderam até hoje. Para escolher um modelo que se adapte tanto a uma saia quanto ao jeans, você deve prestar atenção aos marrons ou pretos com fivela de metal ou couro e saltos de altura clássica para este modelo.

Com o que usá-los: é claro, uma variante de uma imagem win to win completada com os loafers será o figurino de trabalho (calças ou saia, jaqueta e blusa). Mas se as cores forem escolhidas corretamente, os sapatos também parecerão elegantes com jeans de qualquer tipo. Não tenha medo de usá-los com vestidos que enfatizem sua feminilidade, pois a eventual aspereza desses sapatos fará com que a imagem pareça ainda mais terna.

E você, no seu armário, tem roupas que estarão no topo do mundo da moda por séculos?

Imagem de capa aritzia, ZARA
Incrível/Mulher/11 Peças de vestuário para ter no armário e que nunca saem de moda
Compartilhar este artigo