Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15+ Pessoas contam sobre presentes originais dos quais vão se lembrar para sempre

Escolher presentes está se tornando algo cada vez mais difícil: muitas vezes, por exemplo, a pessoa já tem muitas coisas e fica difícil surpreendê-la com algo. As roupas e os souvenirs, hoje em dia, são considerados os piores presentes. Já no caso das roupas, a maioria das pessoas prefere comprar por conta própria em vez de ganhar — com base no próprio gosto, no preço e no tamanho considerado ideal. Quanto a coisas pequenas, como estatuetas, chaveiros, ímãs e velas, elas acabam se tornando “coletoras de poeira” desnecessárias. Por fim, é preciso lembrar que muita gente simplesmente não deseja receber presentes: uma pesquisa do Centro Russo para o Estudo da Opinião Pública, por exemplo, mostrou que um terço das pessoas não quer nem receber presentes no fim de ano.

Nós, no Incrível.club, estamos muito tristes com essa tendência, já que acreditamos que presentear é uma espécie de ritual. Não é maravilhoso observar do que uma pessoa gosta e tentar adivinhar o que ela deseja? Afinal, aquele momento em que você vê os olhos felizes e percebe que atingiu seu objetivo... Mais do que isso: é importante notar que um presente legal e memorável pode ser feito praticamente sem custos. As histórias da nossa seleção de hoje são uma confirmação brilhante disso.

  • Parece bobeira, mas o melhor presente foi um pedaço de rocha. Quando eu era criança, tinha uma rocha favorita, na qual me sentava, à sombra de uma árvore. Sim, passei metade da minha infância lá com o meu cachorro: lia e sonhava sentada sobre ela. Meus pais sempre sabiam onde me encontrar. Quando tiveram a necessidade de vender a casa, meu pai pegou uma marreta, lascou um pedaço da “minha” rocha e entregou-me para que eu sempre carregasse comigo. Eu chorei igual um bebê. © Platypus_Pie / Reddit

  • Aconteceu nesta primavera na nossa vila. No seu aniversário, a vizinha recebeu do genro um monte de estrume. Chegou um motorista, entregou um buquê de flores e descarregou o “presente” no quintal. A vizinhança, a princípio, não acreditou: como pôde dar aquilo como presente a uma mulher tão inteligente, uma ex-professora? Vieram verificar, cheiraram: sim, era mesmo um monte de estrume, de “boa qualidade”, por sinal. Perguntaram a ela e descobriram que aquele era, sim, o melhor presente de todos! Ela sonhava com aquilo desde o outono e o genro acertou no presente. Acharam estranho e, até o dia da festa, praticamente todos fizeram piada sobre aquele presente. Mas quem estava feliz, mesmo, era o genro:

    — Já “fiz tanta porcaria” para a minha sogra nestes anos todos que, agora, achei a certa! © Dermorgendanach / Pikabu

“Hoje, minha avó me deu este vaso de flores extremamente pequeno. Tem até um buraquinho de drenagem”

  • Ao longo da vida, já recebi muitos presentes diferentes: uma viagem para Veneza, um carro novo, joias, ingressos para os shows das bandas favoritas. Mas o que mais tocou meu coração e causou sentimentos “delicados” e, ao mesmo tempo, tristes, foi um pequeno coração vermelho costurado de maneira desleixada, enchido com plumas que a minha melhor amiga me deu no meu aniversário de 13 anos. © “Подслушано” / Vk

  • Eu adoro o Mickey Mouse. Uma vez, fui com a minha filha de 9 anos à Disney em Paris. Ela viu o Mickey em uma das lojas de presentes e, sem dizer uma palavra, comprou com suas economias e me entregou. Hoje, ela se lembra de que, naquela época, ainda não entendia por que as boas ações podem fazer as pessoas chorarem. Até agora, quando penso naquele dia, fico sem palavras. O Mickey “vive feliz” no meu criado-mudo; vejo ele todos os dias e isso me faz lembrar o quanto amo minha filha e de como sou sortudo por ser o pai dela. © Jordan Jay / Quora
  • Eu era estudante. Um dia, eu e o meu tio estávamos no carro dele e ele disse que iria comprar um carro novo e que planejava dar o seu para mim. Quase imediatamente me esqueci daquela conversa. No entanto, em agosto, ele mostrou seu novo carro e disse que o antigo, a partir de então, seria meu. Eu me inscrevi em uma autoescola, tirei minha carteira e fui atrás do carro. Passou pela minha cabeça que tudo era algum tipo de piada e o carro não iria abrir com as chaves que ele havia dado para mim. Ou que, um belo dia, meu tio apareceria dizendo que tinha mudado de ideia e tudo havia sido um mal-entendido. Mas coloquei a chave na ignição e dei a partida sem problemas. Foi só quando dirigi lentamente para fora da garagem que finalmente acreditei no que meu tio realmente havia me dado. E nem mesmo foi presente de aniversário. © GarryNaFig / Pikabu

  • Eu tinha 21 anos e havia acabado de me mudar do subúrbio, quando fui com o meu melhor amigo, Marc, a um restaurante recém-inaugurado. A gente estava conversando, rindo, discutindo vários assuntos quando, então, notei que dois cavalheiros estavam desenhando algo, olhando ao seu redor. Depois, eles entregavam uns guardanapos para cada um que estava de saída do estabelecimento. Então, quando foi a nossa vez de ir embora, eles nos deram alguns guardanapos também. Desembrulhei com cuidado e curiosidade. Em um deles, havia um desenho meu e, no outro, o de Marc. Fiquei agradavelmente surpresa e o meu amigo disse que foi uma surpresa valiosa. Hoje, Marc não está mais entre nós. Mas encontrei esses guardanapos no meu álbum de fotos, emoldurei e pendurei na parede. © Monica Bejarano / Quora
  • Recebi o presente mais memorável que o dinheiro não pode comprar: duas semanas de cuidados da minha filha quando voltei da maternidade. Minha avó me salvou. Eu precisava não apenas me recuperar fisicamente após um parto difícil, mas também me preparar mentalmente para o que me esperava, a partir dali, sendo mãe. Ela e duas funcionárias fizeram o que foi possível para que eu e a minha filha ficássemos bem. Isso foi há 26 anos. Jamais me esquecerei desse presente generoso. © Margaret Needler / Quora

  • Quando adolescente, uma amiga me deu uma caixa de pequenos envelopes caseiros. De acordo com as instruções, precisaria abrir um toda vez que ficasse muito triste. Dentro dos envelopes, ela colocou as coisas que me fazem rir. Por exemplo, um artigo de revista em que substituiu algumas palavras e um retrato engraçado de um escritor. Passaram-se 14 anos, ainda tenho aquela caixa, e ela ainda contém um monte de envelopes lacrados. Apenas para quando eu precisar. © beetroot_miscarriage / Reddit

“Um carro para o aniversário de 18 anos, eles disseram. Um presente para todos os tempos ...” (na caneca: “Para Olga, no dia do seu aniversário de 18 anos, da madrinha, em 5/05/88”)

  • Estávamos esperando o nascimento da nossa segunda filha. Minha mãe e uma tia me chamaram de canto e me entregaram um presente. Eu desembrulhei e descobri que era um cobertorzinho de crochê branco e rosa. Exatamente igual, mas azul e branco, ao que a minha avó havia feito para o nascimento do nosso primeiro filho. Nossa avó não estava mais conosco; ela se foi muito antes de começarmos a pensar no segundo filho. Mas ela parecia saber de tudo com antecedência. Fez esse cobertor de crochê e deu para minha mãe com um bilhete: “Acho que um dia eles vão precisar”. © Alex Dutch / Quora

  • Sou introvertido. Me canso das pessoas com frequência e preciso de um tempo para ficar sozinho. Comecei a namorar com uma garota e, depois de um tempo, fomos morar juntos em um apartamento de um quarto só. Uma vez, cheguei em casa e descobri que há uns dias ela estava fazendo um quartinho aconchegante no lugar da despensa, para que, se eu precisasse, pudesse ficar um pouco sozinho, mesmo quando ela estivesse em casa. Acho que vou me casar logo. © “Подслушано” / Vk

“Por muito tempo, sonhava com um piano ou um sintetizador, porque aprendi a tocar quando era criança, na escola de música, mas ainda não havia tido tempo para pôr em prática essas habilidades. Hoje de manhã, acordei e um presente da minha esposa já esperava por mim.”

  • Tenho 75 anos, mas, quando aconteceu, tinha 13. Minha mãe tinha dois empregos para sustentar seus cinco filhos. No Natal, ela sempre nos dava coisas práticas (roupas, pijamas), mas, daquela vez, pediu para fazermos uma lista. Nós “fomos às nuvens”. Eu sonhava com um ursinho de pelúcia gigante. Na manhã de Natal, todos nós nos reunimos em torno da árvore para abrir os presentes. Mas não havia urso nenhum ... Daí, minha mãe pediu para eu trazer um saco da cozinha. Entreguei o saco e ela disse para eu olhar dentro. Ali, encontrei o urso... com quase um metro de altura! Eu comecei a chorar de felicidade. Aos 50 anos, costurei um pedaço desse brinquedo em um edredom feito com retalhos, então ainda tenho lembranças “vivas” desse ursinho. Nenhum presente na vida foi igual à emoção e à surpresa daquele Natal. © Olivia De la Garza / Quora

“Sempre sonhei com um gato. Uma amiga me deu o pequeno Kevin”

  • No último ano do ensino médio, decidi fazer uma festa de aniversário com a graninha que poupei. Convidei os meus amigos da turma. Dois caras me deram um conjunto de banho: um gel e uma esponja em formato de rosa. Outro cara trouxe o perfume da sua mãe, que ela já havia usado. Mas um outro menino se destacou totalmente. Foi um presente completamente diferente: ele me trouxe de presente ... uma grelha de churrasco, que ele mesmo fez. Brilhante! © “Палата № 6” / Vk

  • Eu tenho um par de sapatos mágicos, o último presente da minha mãe. Ao entregá-los para mim, ela prometeu que, toda vez que eu estivesse usando, algo bom aconteceria comigo. É engraçado, mas funciona. A primeira vez que os coloquei, encontrei 5.000 rublos (moeda russa) na rua. E, quando usei novamente, defendi com sucesso o meu TCC do mestrado. Uma vez, tive um dia importante no trabalho, calcei os sapatos da sorte, mas fui demitido. No caminho para casa, sofri um acidente e tive de voltar de ônibus. E foi lá que encontrei o meu maior tesouro. Uma garota legal com sardas por todo o rosto. Ela se sentou ao meu lado, apenas sorriu para mim e disse que ninguém deveria estar triste em um dia tão lindo. Tinha os olhos da minha mãe, cheios de bondade, e um narizinho arrebitado. Obrigado, mãe, pelos sapatos da sorte. © “Палата № 6” / Vk

“O meu sogro nos deu novos tapetes que diziam ’todos os convidados devem ser aprovados por Duke e Perry’”

  • Fiz aniversário ontem e minha esposa me deu um smartphone legal. Nestes tempos desafiadores, por um lado, fico infeliz, pois não temos muito dinheiro na família para presentes caros. Mas, por outro lado, estou muito contente com esse presente. Lembrei de uma história de O. Henry, que conta sobre uma mulher que cortou o cabelo para comprar uma corrente de relógio (que seu marido não tinha). Ele, por sua vez, penhorou o relógio para comprar um pente para os cabelos longos da sua esposa. © Kapetikapel / Pikabu

  • Meu neto tinha 16 anos quando me deu uma bolsa cheia de fios e acessórios de crochê, porque me viu fazendo cobertores para os nossos bichinhos. O melhor foi ter visto sua cara ao me ver abrindo o presente. Ele me contou sobre como escolheu cada um dos itens que deu de presente e como teve de aprender sobre os materiais para escolher o que era melhor para comprar. Sim, ele é encantador. © Suzanne Caubet / Quora

“Dei à minha noiva um ursinho de pelúcia igual ao de sua infância”

  • Por quase nove anos, sonhava de ter uma filha. Mas, quando finalmente engravidei, as coisas não correram como planejado. Tivemos de passar várias semanas internadas porque os médicos lutavam pela vida da minha menininha. Quando finalmente recebemos alta, entrei em casa e vi um presente na sala de estar. Abri e comecei a chorar. Havia um mapa do céu estrelado, exatamente como era na noite em que “a nossa estrela” nasceu. Olhando para ela, percebi o quanto nossa vida mudou desde o nascimento dela. O padrão estrelar do céu nunca se repete e o momento em que as estrelas estavam posicionadas daquele jeito serve como um lembrete de que alguém ouviu minhas orações. Cada vez que enfrento algo difícil, olho para esse mapa para me lembrar de que tenho uma filha, embora parecesse impossível. Isso significa que posso lidar com qualquer coisa. © Sarah Key / Quora

  • No meu aniversário de 21 anos, minha mãe releu todos os seus diários antigos e copiou todas as anotações sobre mim, desde o dia em que descobriu que estava grávida. Ao todo, são cinco volumes e essa é a coisa mais preciosa que tenho. © mandiefavor / Reddit

Conte-nos sobre um presente que conquistou o seu coração.

Compartilhar este artigo