Incrível
Incrível

Bailarina inspira meninas pobres a seguirem seus sonhos

Aesha Ash, ex-bailarina profissional dos Estados Unidos, tem um projeto chamado The Swan Dreams Project (algo como Sonho dos Cines em inglês), em que passeia com seu tutu (vestuário de ballet) e sapatilha de ponta pelas ruas de sua cidade natal, Rochester (Estado de Nova York) para inspirar as meninas afro-americanas, como ela, a se dedicarem à dança.

Como profissional, ela já viajou ao redor do mundo antes de se aposentar. Hoje ela tem filhos, dá aula de ballet e de pilates.

O Incrível.club compartilha com você sua história inspiradora, além de fotos hipnotizantes.

Quando Aesha estava apenas começando sua carreira, ficou chocada com o fato de que havia poucas meninas afro-americanas interessadas em ballet. Por causa da cor de sua pele, a bailarina passou por muitas dificuldades, mas isso só a inspirou a lutar para quebrar os estereótipos tolos impostos pelo mundo da dança.

Agora ela tenta cumprir sua missão com o The Swan Dreams Project. Com um figurino pronto para uma apresentação, a bailarina passeia pelas ruas de Rochester e pela cidade de Richmond, na Califórnia.

Em todo lugar, ela encontrou inspiração para fazer fotos incomuns e provocativas e, como bailarina, procurou expressar movimento e diálogo nas imagens.

Para Aesha, o cenário foi muito importante. Tirando fotos nos bairros pobres de sua cidade, ela queria mostrar que ali também há espaço para a arte. Nesses lugares vivem crianças pobres, descendentes de negros, com sonhos e esperanças, que poderiam facilmente ultrapassar montanhas do preconceito social. Por essa razão, para Aesha é tão importante mostrar a elas e ao mundo inteiro que, para a dança, não existe a noção de "raça" ou outras limitações.

No mundo moderno, essa mensagem tem um significado especial. O projeto ajuda pequenas bailarinas afro-americanas a acreditarem em si mesmas, em seus sonhos e em seu talento.

O mundo ainda tem um longo caminho a percorrer para acabar com os estereótipos raciais no ballet, mas este é um primeiro passo.

Que até começou a dar seus primeiros frutos.

Gostou das fotos da bailarina? O que você achou do projeto? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Incrível/Gente/Bailarina inspira meninas pobres a seguirem seus sonhos
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos