Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10+ Curiosidades sobre como as pessoas ao redor do mundo fazem uma boa faxina

De acordo com uma pesquisar, os franceses gastam em média de 2 a 4 horas por semana limpando a casa. Os alemães, mais de 3 horas. E a diferença não está apenas no tempo, mas também na abordagem. Em algumas culturas, é normal não trocar a roupa de cama por meses, e isso não é considerado desleixo. Já em outras, é comum lavar o edredom juntamente com a capa e varrer a área da mesa após cada refeição.

O nosso mundo é muito vasto culturalmente. Pensando nisso, o Incrível.club reuniu algumas dicas de limpeza usadas pelas pessoas ao redor do mundo que ajudam a manter seus lares em ordem. Confira!

Coreia do Sul

  • Os coreanos têm um jeito especial de lavar a roupa de cama. Assim como no Brasil, geralmente o edredom já vem costurado com a capa. Portanto, tudo é lavado junto na máquina de lavar. A propósito, por lá o colchão costuma ser coberto por um lençol e sobre ele é forrado um cobertor grosso. Só então são colocados os travesseiros e o edredom.
  • Não é comum no país despejar os restos de comida e sobras no cesto de lixo ao se lavar a louça, e isso não tem nada a ver com comodismo. A questão é que na Coreia (assim como no Japão), a pia tem um design especial que evita seu entupimento. Ela é equipada com uma cesta removível que prende as partículas de alimentos, que depois são retiradas e descartadas no lixo. Além disso, a pia ainda possui um filtro especial para que o mínimo de detritos possível entre no encanamento.
  • Na Coreia, não se costuma lavar separadamente a pia, o vaso sanitário, o box, as torneiras e as paredes, geralmente o banheiro é limpo inteiro de uma vez. Para isso, tudo que possa interferir no serviço é retirado: produtos de higiene, toalhas, tapete, etc. Depois, aplica-se um produto especial — desde o vaso sanitário até as paredes de azulejo. Após ele agir, lava-se tudo com água, que vai direto para o ralo localizado no chão do banheiro.
  • Na hora da limpeza, muitos coreanos usam chinelos com furinhos na sola. Então, a água passa pelos furos sem ficar presa no calçado, não causando desconforto.

Turquia

  • Geralmente, tiramos toda a sujeira da casa de uma vez e depois aspiramos (ou vice-versa). Na Turquia, por outro lado, a limpeza costuma ser feita ambiente por ambiente. Quando um cômodo está pronto, um pano é colocado na porta, o que significa que está limpo. O banheiro normalmente fica por último.
  • Os turcos adoram fazer uma limpeza completa, por isso costumam empurrar os sofás e geladeira e tirar todos os móveis do lugar. Além disso, até as lâmpadas são limpas frequentemente, e mensalmente isso é feito com as janelas.
  • Os tapetes e sofás são lavados frequentemente com uma solução de sabão. Por isso, é comum ver os tapetes secando nas varandas dos apartamentos turcos.
  • Normalmente, guardamos coisas desnecessárias em um quartinho da bagunça ou na dispensa. Já os turcos costumam deixar tudo isso organizadamente embaixo das camas. Muitas possuem um compartimento com espaço embaixo do colchão. A propósito, por causa disso as camas no país são mais altas do que o normal.

Alemanha

  • Os alemães que vivem em apartamentos costumam trabalhar em conjunto para manter a manutenção da entrada. As tarefas são divididas entre os moradores, que ficam responsáveis por uma atividade, como lavar as escadas, retirar o lixo, limpar a calçada etc.
  • Nas regiões do sul da Alemanha, existe uma tradição de colocar uma plaquinha na porta do vizinho, lembrando-o de fazer sua tarefa designada.
  • O país é o campeão quando o assunto é coleta seletiva. A cor da lata de lixo indica o tipo de resíduo. Também é comum separar os recipientes de vidro de acordo com a cor: vidros de cor marrom, verde e transparente são jogados em recipientes diferentes.
  • As caixas de papelão não devem ser empilhadas umas em cima das outras. E é recomendável embrulhar os resíduos orgânicos em jornais para evitar odores desagradáveis.

Irã

  • Os iranianos normalmente mantêm a casa em ordem o ano inteiro. Porém, antes do início da primavera, o país se mobiliza para “sacudir a poeira”, ou, como é conhecido em persa, Khāne-takānī. Toda a família se reúne para participar desse ritual.
  • Essa limpeza geral da casa no começo da primavera é programada para coincidir com o Noruz — o ano novo do calendário persa — que é comemorado entre 21 e 23 de março. Na tradição zoroastriana, acredita-se que fazer uma limpeza geral na casa ajuda a limpar a aura de uma pessoa. Por isso, durante o Khāne-takānī, os iranianos lavam os tapetes, pintam ou reformam as paredes, limpam o porão e o sótão — em geral, tudo que não faziam há um ano.
  • Além disso, móveis antigos, talheres que não são usados há muito tempo e outros objetos pouco utilizados vão parar na lixeira ou são levados para um armazém para ser estocados. Móveis novos e flores são trazidos para dentro de casa — isso simboliza boa sorte no ano novo.

Israel

  • Muitos costumes de limpeza israelenses são estabelecidos pela tradição Kosher. Por exemplo, é recomendado ter dois conjuntos de pratos: um para laticínios e outro para carne. Além disso, os israelenses não costumam preparar comidas com carne e laticínios no mesmo fogão. Também existe um conjunto de toalhas de mesa e guardanapos para cada um desses alimentos.
  • Antes da Páscoa judaica, os israelenses costumam limpar completamente suas casas e remover os vestígios de chametz — produtos feitos de fermento (pão, por exemplo). Isso inclui uma limpeza cuidadosa da cozinha. Ao mesmo tempo, é preciso higienizar com água fervente a louça que foi usada durante o ano.
  • Se uma família israelense mora em casa, e não em apartamento, o chão normalmente é lavado completamente: joga-se um balde d’água, depois a água é direcionada para a porta ou para um banheiro com ralo.
  • A água escorre levando consigo pequenos detritos, cabelos e partículas de poeira. Esse método não usa produtos de limpeza, então não agride o meio ambiente. Antes da lavagem, são retirados tapetes, móveis e tudo que possa ser um obstáculo para a água.

China

  • Na China, uma grande limpeza conhecida como da sao chu é feita anualmente, alguns dias antes do ano novo chinês, seguindo o calendário lunar. Entre os acessórios indispensáveis estão as meias feitas de nylon. A dica aqui é a seguinte: coloque a meia na vassoura ou no esfregão e use esse combo para remover a poeira nos cantos distantes da casa. As meias são usadas por um motivo — o nylon atrai as partículas de poeira por causa da eletricidade estática.
  • Se o seu leite azedar, não o jogue fora. Em vez disso, use um pouco do líquido em um pano para limpar a mobília. O leite dará um brilho especial aos móveis. Para evitar que a mesa ou o armário fiquem com o cheiro dele, limpe novamente a superfície com um pano limpo e úmido.
  • A limpeza deve ser feita antes do primeiro dia do ano novo. Os chineses acreditam que arrumar a casa após a virada do ano poderá assustar a sorte que acabou de entrar no lar.

Espanha

  • É muito difícil encontrar uma casa com carpete na Espanha. Eles acreditam que esse elemento é um terreno fértil para poeira e ácaro. E os espanhóis não fazem ideia de como limpá-lo. Então, em sua maioria dos pisos são feitos de mármore, madeira e outros tipos de materiais — e muito fáceis de limpar.
  • Muitos espanhóis têm uma obsessão pela limpeza, então provavelmente será solicitado que você tire os sapatos ao entrar em uma casa ou apartamento no país. Isso permite que as crianças fiquem no chão sem medo.
  • Aliás, você sabia que o esfregão mop giratório é uma invenção de um engenheiro espanhol? Talvez tenha sido o piso de cerâmica, lá em 1956, que o fez criar esse objeto que hoje é tão popular no mundo.

Itália

  • Os italianos também são conhecidos por amar manter a casa em ordem. Principalmente, o banheiro. Depois que cada pessoa termina de tomar banho e usar o cômodo, ela procura enxugar tudo até que não sobre nenhuma gota d’água. Isso ajuda a reduzir a formação de manchas.
  • Os banheiros costumam ser equipados com velas perfumadas — elas são vendidas em latas especiais que excluem a possibilidade de incêndio.
  • Na Itália, é costume varrer embaixo da mesa após cada refeição. Para isso, é usado uma vassoura simples, enquanto o aspirador de pó é utilizado para limpeza geral da casa.
  • A maioria dos italianos passa ferro em quase tudo: não só em camisas e vestidos, mas também lenços e até meias.
  • Outro costume local é passar pano na casa quase todos os dias, e o fogão, incluindo o forno, também é limpo após cada uso. Já a geladeira normalmente recebe atenção uma vez por semana.
  • Após uma noite de sono, as janelas são abertas para ventilar a área e a roupa de cama é colocada no sol.

Países Baixos

  • Os neerlandeses podem competir diretamente contra os espanhóis e italianos em seu amor pela ordem e limpeza. Para as janelas, eles não costumam usar um limpa-vidros tradicional, mas sim um balde com água morna, vinagre, um rodinho e um pano de camurça. A propósito, podem fazer isso várias vezes por mês.
  • Eles também gostam de arejar a roupa de cama após a noite de sono. Portanto, mesmo em uma manhã gelada, é possível ver edredons e travesseiros pendurados nas janelas das casas do país.
  • O amor por limpeza reforça o espírito competitivo holandês. É possível notar uma rivalidade implícita entre vizinhos: quem será o primeiro a pendurar o jogo de cama e ir varrer a calçada.

Inglaterra

  • No país, a roupa de cama é lavada com menos frequência. Por lá, é considerado normal lavá-la uma vez por mês ou até com menos frequência ainda. Lavar roupa é considerado uma atividade cansativa. Além disso, os ingleses normalmente dormem com pijamas, fazendo com que os lençóis e cobertores sujem menos.
  • Outro fator que impede a lavagem frequente é a umidade natural do país, que faz com que a roupa demore muito mais tempo para secar.
  • A louça normalmente é lavada em uma bacia usando água morna e detergente. Os pratos e outros utensílios são jogados dentro da bacia e, normalmente, não são enxaguados, mas sim colocados no escorredor onde a água com espuma simplesmente escorre.
  • Os ingleses não espanam a poeira frequentemente. Eles acham que o país é muito limpo, portanto não faz sentido eliminar a poeira uma vez por semana.

França

  • As famílias francesas costumam contratar alguém para cuidar da limpeza da casa, independentemente do nível de renda. E isso é especialmente verdadeiro para os homens solteiros. Geralmente, o responsável pela limpeza leva a roupa para lavar e ainda passa ferro.
  • Na França e em alguns outros países, não é costume comprar muitos produtos de limpeza. O segredo está em um produtinho especial — o vinagre — usado para limpar os vidros, superfícies e até o banheiro. O custo é menor e o resultado é tão satisfatório quanto com produtos de limpeza especiais.

Qual truque de limpeza é sua marca registrada? Que produto é indispensável para uma boa faxina? Conte para a gente na seção de comentários.

Imagem de capa Tonya / YouTube
Compartilhar este artigo