Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

7 Dicas de defesa pessoal super simples e eficientes

3-25
48k

Muitos artigos sobre defesa pessoal encontrados na Web dão dicas eficazes que para que as mulheres consigam reagir em caso de ataque.

Para ajudar a disseminar essas informações, o Incrível.club selecionou recomendações e técnicas fáceis de aprender e que podem ser aplicadas em diferentes situações.

Elas podem ser usadas por toda e qualquer mulher, independentemente da altura e peso do oponente.

1. Para começar, memorize as áreas vulneráveis do corpo

Não importa se seu oponente é alto e forte, você poderá atingí-lo com sucesso se lembrar dessas áreas de vulnerabilidade. As principais são olhos, nariz, gargante, plexo solar, virilha e joelho.

Você pode atacar de qualquer forma, mas, para ter 100% de certeza de vitória, vale a pena ter em mente as técnicas que comprometem essas partes do corpo.

2. As técnicas mais simples e eficazes

Uma das melhores técnicas é a de travar o punho. Ela faz qualquer gigante gritar de dor e ficar de joelhos. Com uma mão, segure o dedo mínimo e o anelar do oponente. Com a outra, o dedo médio e o indicador. Puxe os dedos para os lados e, ao mesmo tempo, dobre o punho para cima.

Caso não consiga segurar a mão do oponente, use um dedo ou o punho para atingi-lo na região entre as clavículas. Assim, o seu inimigo ficará desorientado, precisando de algum tempo para se recuperar.

Um lugar óbvio para atacar um homem é atingindo-o na região da virilha. Em qualquer curso de autodefesa, é onde primeiro se ensina a bater.

Um golpe nessa região literalmente deixará seu oponente paralisado. Enquanto ele se recupera, você terá tempo de escapar.

3. Caso você seja atacada de frente

Se você for atacada de frente, de uma maneira que lhe impeça de levantar os braços, faça o seguinte: entrelace as mãos em frente à zona pélvica. Isso criará uma resistência entre você e o agressor.

Após isso, use todas as suas forças para golpear o nariz do oponente usando sua testa. Como o agressor se distanciará, você terá condições de usar o joelho para atingi-lo na região genital.

Se seu adversário estiver muito perto de você, haverá a possibilidade de atingi-lo usando a palma da mão. Posicione seu braço esquerdo e, com a base da mão direita, golpeie bruscamente o oponente na mandíbula ou nariz. Em seguida, faça aquele movimento que já abordamos, usando o joelho para golpear os genitais.

Como consequência, seu inimigo ficará totalmente desorientado, sem conseguir se mexer durante um bom tempo.

4. Como soltar as mãos

Você pode soltar rapidamente as mãos se lembrar da regra sobre o "dedo polegar", que consiste em girar a mão para o lado do dedo polegar do seu adversário.

Se o oponente estiver segurando firmemente suas mãos, faça movimentos bruscos e circulares girando o pulso para o lado com o dedo polegar. Quando a mão do inimigo estiver na parte inferior, puxe-a em sua direção bruscamente.

5. Ao ser agarrada por trás

É comum os meliantes atacarem por trás, já que assim as mãos da vítima ficam praticamente inutilizadas.

Para escapar, incline-se bruscamente para trás e tente golpear seu oponente usando a nuca. Se não conseguir, não tem problema, o objetivo era fazer com que o agressor coloque um pé à frente.

Agora, faça outro movimento brusco para inclinar-se para baixo. Segure o pé exposto do malfeitor e levante-se, puxando o pé para cima. Desta maneira, o eixo de equilíbrio do agressor será alterado, e você não terá a menor dificuldade em lançar ao chão até o mais forte dos meliantes.

6. No caso de um ataque lateral

A cotovelada é um dos golpes mais traumáticos em todas as artes marciais. E é a técnica que você precisa usar caso lhe ataquem lateralmente.

Com movimentos laterais, procure atingir as têmporas, a mandíbula ou o nariz do seu inimigo. Após o golpe, o agressor irá para trás, e será a hora de usar novamente o cotovelo, agora para atingi-lo no abdômen ou peito. Cotoveladas são tão fortes para qualquer oponente que ele poderá ficar seriamente machucado.

7. Caso seja colocada contra a parede

Em muitos casos, os meliantes tentam levar a vítima a uma esquina para colocá-la contra a parede. Em casos assim, você deverá lembrar das áreas vulneráveis e, dependendo da posição, atingir exatamente alguma delas.

  • Se ambas as mãos do seu oponente estiverem na parede, abra as palmas das mãos e, com um movimento forte, atinja-o nas axilas.
  • Se uma mão do agressor estiver livre, você terá a chance de surpreendê-lo com um soco no peito, mandíbula ou pescoço.
  • Umas das técnicas mais eficazes e fortes é a cabeçada. Agache um pouco para ficar num nível mais baixo que o adversário. Em seguida, com um forte movimento, dê um salto, usando sua testa para atingi-lo na mandíbula. Enquanto o agressor tenta se recuperar, você poderá escapar ou pedir ajuda.
Иллюстратор Alena Sofronova exclusivo para Incrível.club
3-25
48k