5 Erros usuais que você comete ao organizar suas roupas, segundo guru de arrumação

Muito provavelmente você já tentou organizar seus objetos diversas vezes seguindo tutoriais que estão disponíveis na internet, mas nunca fica como o imaginado e tudo fica bagunçado novamente, fazendo com que todo o trabalho que você teve seja jogado pelo ralo. E se te contarmos que existe um método infalível para te ajudar a colocar a sua casa em ordem?

Bom, segundo a famosa organizadora Marie Kondo, é possível organizar seu lar de forma simples e eficaz. Por isso, o Incrível.club separou ótimas dicas para você seguir. Não deixe de conferir.

5. Organizadores não são úteis

De acordo com Marie Kondo, já temos o necessário em casa para organizarmos os ambientes que desejamos como caixas e gavetas, ou seja, dispense organizadores da sua lista de compras, pois vão ocupar espaços desnecessários em seus armários.

Para a guru, as caixas de sapatos são itens essenciais para qualquer arrumação e ela faz uso do tão indispensável objeto de formas criativas — como organizar peças de roupas. Já pensou em adotar esse hábito?

4. Descarte tudo que não traz felicidade

Quando for separar os itens que você quer se desfazer, pare e pense para analisar se aquele objeto ou peça ainda trazem felicidade para a sua vida, se a resposta for não, é melhor descartá-los.

Mesmo que não seja fácil se desvencilhar do que um dia nos trouxe boas memórias, talvez seja a hora de cultivar apenas o que te faz bem quando for reorganizar suas coisas. Ao final do processo, você perceberá que menos é mais.

3. Dobrar a roupa da forma errada

A maneira que somos acostumados a dobrar roupa é, digamos, um pouco errada, pois pode ocupar um bom espaço no seu guarda-roupa ou armário — sem falar na pilha de peças que podem se tornar uma grande bagunça e que futuramente vão esconder outros itens que você poderia encontrar com mais facilidade.

Para Marie, a melhor forma de dobrar roupa é verticalmente, começando pelo meio, e depois aos terços de cada roupa. Sendo assim, as peças ficam parecendo que estão enroladinhas, e esse tipo de dobra desocupa um bom espaço nos armários — além de facilitar a visualização. Você pode conferir o passo a passo clicando aqui.

2. Não separar nada por categoria

Às vezes, arrumamos o nosso guarda-roupa sem ao menos organizarmos as peças de acordo com as estações, cores, categorias, entre outros. Esse hábito causa uma certa bagunça visual e dificulta o momento em que você precisa encontrar alguma peça que tanto deseja vestir em determinada ocasião.

correto seria separar as peças de acordo com as cores e por ordens crescentes, por exemplo, à esquerda colocamos blusas de verão e à direita separamos os casacos de inverno — das peças mais claras às mais escuras. E para as demais vestimentas e adereços devemos separar um espaço determinado.

1. Não dar visibilidade aos seus itens

Quando organizamos nossos objetos e utensílios de forma incorreta, não damos prioridade à nossa visão, uma vez que o ambiente fica carregado com coisas que não fazem mais parte da nossa rotina e acabamos esquecendo o que de fato gostamos.

solução ideal para resolver esse problema é seguir as dicas acima, além de permanecer apenas com o que faz sentido no seu dia a dia, seja um livro, eletrodoméstico, ou qualquer outro item. Quando você reorganizar todos os seus pertences e se livrar do que não faz mais sentido em sua vida, perceberá que a visibilidade será enorme, e será cada vez mais fácil encontrar o que deseja.

Bônus: desapague das peças mais velhas

Roupas velhas que não estão em bom estado também devem ser descartadas do seu guarda-roupa, pois elas ocupam um bom espaço que pode ser reutilizado com coisas úteis e bem conservadas.

Ao final, agradeça a passagem que a roupa ou objeto teve em sua vida. Para Marie, cada peça cumpre uma função em seu cotidiano, seja um ensinamento ou não. Ou seja, quando for se desfazer de algo, não se esqueça de dizer o bom e velho obrigado.

Você já conhecia algum desses métodos? Qual pretende seguir? Caso conheça outra metodologia, não deixe de contar ao Incrível.club 😉.

Compartilhar este artigo