Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Plantas de casa que podem ser perigosas para crianças e pets

Todo mundo ama flores. Afinal de contas, elas são bonitas e perfumam o ambiente. Mas às vezes podemos ficar tão encantados com a beleza delas que corremos o risco de levar para casa plantas sobre as quais nada sabemos. E esse desconhecimento pode acarretar consequências desagradáveis.

O Incrível.club fez uma lista com algumas das flores que podem causar problemas caso estejam presentes em seu lar.

12. Lírio-do-vale (Convallaria Majalis)

É uma flor bonita e peculiar, mas não se engane: ela pode ser muito perigosa. O lírio-do-vale é venenoso porque contém convalatoxina. Ela é venenosa inclusive se colocada em água. A substância é segura em doses bem pequenas, mas mesmo uma leve overdose pode causar arritmia e bloqueio na comunicação entre o coração e o restante do organismo. Em casos graves, pode provocar dificuldade para respirar e uma diminuição no funcionamento do sistema nervoso.

11. Lírios

Embora chamem atenção pela beleza, os lírios, também são venenosos, especialmente para os gatos. Também são perigosos para os humanos, por conta da licorina, um alcaloide encontrado no bulbo e nos talos. Os sintomas de intoxicação incluem dor abdominal, salivação excessiva, calafrios, náuseas, vômitos e diarreia.

10. Açafrão-do-prado (Colchicum Autumnale)

Estamos acostumados a ouvir sobre o açafrão quando o assunto são especiarias: todo mundo sabe que ele dá um sabor incrível a pratos salgados e até a algumas sobremesas. E muita gente adoraria ter uma planta dessas em casa, especialmente pela beleza de suas flores. Mas este tipo de açafrão é muito venenoso devido à presença da toxina colchicina, que pode provocar sintomas como vômitos com sangue, danos à medula óssea, diarreia e irritação da mucosa oral. Após a intoxicação, um ser humano só pode ser salvo após procurar um médico, que deve realizar uma lavagem estomacal.

9. Tulipas

As folhas, talos, raízes e outras partes das tulipas contêm vários compostos tóxicos. Os bulbos lembram um pouco as cebolas, e isso fez com que muitos holandeses comessem a planta durante a escassez decorrente da Segunda Guerra Mundial. Os resultados disso foram fatais em muitos casos. Comer bulbos de tulipas pode provocar tontura, náuseas, dor abdominal e, mais raramente, convulsões e morte.

8. Ranúnculo (Ranunculus Acris)

O principal problema com o ranúnculo é que ele tem muitas partes venenosas. Essa planta libera substâncias voláteis corrosivas com um cheiro penetrante que irrita os olhos e causa dor, lacrimação e até cegueira temporária. Se uma pessoa engolir um pedaço do talo dessa flor, terá cólicas gástricas, náuseas, vômitos e espasmos graves. Após encostar nela, a pele pode apresentar erupções. Ao encontrar uma flor dessas, examine bem as folhas, pois são elas que marcam a diferença entre os diversos tipos de ranúnculos. Lembre exatamente da aparência e nunca toque nela. Não vale a pena!

7. Dictamo-branco (Dictamnus Albus)

Até mesmo o cheiro do dictamo-branco pode causar envenenamento. As flores e as sementes são as partes mais perigosas da planta. Durante as primeiras horas, a vítima nem sequer se sente mal, mas logo surgem bolhas que lembram queimaduras de segundo grau. Caso a pessoa não receba atendimento médico, as bolhas viram úlceras bem dolorosas. Quando uma grande área da pele é afetada, o ferimento pode ser fatal.

6. Oleandro (Nerium Oleander)

Os oleandros são conhecidos pelo cheiro que lembra baunilha e amêndoas. Por isso, muita gente gosta de ter essa planta em casa. Mas a verdade é que até o pólen já é extremamente tóxico. Ele contém oleandrina e outros cardioglicosídeos que, quando aspirados, podem levar a náuseas e insuficiência cardíaca. Na antiguidade, o veneno dessa flor era usado no preparo de flechas. E existe ainda o registro de 12 pessoas que foram envenenadas após prepararem carne misturada com oleandros.

5. Erva de lobo (Aconitum Lycoctonum)

Todas as partes da erva de lobo também são extremamente venenosas. Até mesmo o cheiro das flores afeta o corpo humano patologicamente. A toxicidade depende da área onde a planta cresceu (condições climáticas e do solo), além de seu tipo e idade. As espécies ornamentais perdem as propriedades prejudiciais após 2 ou 3 anos, mas ainda assim é preciso ter muito cuidado. Os alcaloides tóxicos presentes na flor têm efeito paralisante: se ingeridos por via oral, travam os músculos da boca e depois, os dos braços e pernas. Depois de um tempo, a vítima pode ter convulsões e parada respiratória.

4. Clematis (Clematis Alpina var. Fauriei)

A clematis contém uma toxina chamada anemonina (glicosídeo irritante), que afeta os pets e seres humanos com um único toque. Pode causar dermatite, ardência leve e úlceras na boca. Animais como gatos, cães e cavalos são mais afetados, sofrendo com náuseas e salivação excessiva. Ou seja: mantenha seus bichos de estimação longe dessa flor.

3. Esporinha-gigante (Delphinium Elatum)

A forma das flores lembra uma espora, daí o nome popular. Existe um veneno presente nas raízes e folhas da esporinha-gigante que pode causar parada respiratória, seguida de danos ao coração. O efeito acontece em decorrência de seu alcaloide principal, a delfinina, que tem propriedades muito similares às da aconitina.

2. Azaleia (Deciduous Azaleas ou Rhododendron)

Essa planta é muito conhecida pela beleza e tamanho de suas flores, mas é muito arriscado mantê-la em casa. A toxicidade das azaleias era muito conhecida já na antiguidade. Xenofonte de Atenas, discípulo de Sócrates, escreveu crônicas relatando o comportamento inadequado de soldados gregos que comiam mel produzido por abelhas que rondavam tais flores. A planta é rica em andromedotoxina, que causa náuseas, dor severa, paralisia e até a morte.

1. Hortênsia (Hydrangea Macrophylla)

A maior parte das flores citadas anteriormente são encontradas na natureza selvagem, mas esta aqui pode ser comprada em qualquer floricultura. A hortênsia é uma flor maravilhosa, mas também venenosa: todas as suas partes contêm cianeto de hidrogênio. Ao ser envenenado com esta planta, na melhor das hipóteses sentirá fraqueza, náuseas e aumento da produção de suor. Mas se não tiver tanta sorte, terá alterações no sistema nervosa central, parada respiratória e, em casos extremos, pode acontecer a morte. Claro que você pode ter esta planta em casa, mas é sempre bom admirá-la de longe.

Todas as plantas citadas neste post, embora tóxicas, são mesmo lindas. Qual sua predileta? Tem alguma delas em casa? Deixe seu comentário e cuide da sua saúde!