Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Objetos típicos cuja presença remete à cozinha da Idade da Pedra

--2-
496

A cozinha é um local que geralmente passamos muito tempo: cozinhamos, almoçamos, limpamos, conversamos com os amigos enquanto tomamos um cafezinho. Ano após ano usamos as mesmas coisas, esquecendo-nos de que podem estar velhas e sem utilidade. Uma possível explicação é o fato da cozinha ficar gradualmente desorganizada. Normalmente não o percebemos, pois, simplesmente nos acostumamos à situação.

Nós, do Incrível.club, acreditamos que a cozinha possa ficar visivelmente mais agradável e mais arejada se você remover aqueles itens desnecessários que, no final das contas, a maioria das pessoas acaba não usando.

1. Tábuas de corte velhas

Qualquer tábua de corte seja de madeira ou de plástico se desgastará com o tempo e apresentará arranhões, cortes e até manchas de comida difíceis de eliminar. Isso não é só antiestético, como contribui para o desenvolvimento de fungos e bactérias na superfície. Sim, gostamos de usar a nossa “velha tábua tradicional”, mas aconselhamos trocá-la quando apresentar esses sinais de desgaste.

2. Recipientes e embalagens descartáveis

Muitos produtos são vendidos em embalagens atraentes, que após o uso geralmente não vão para a lata de lixo, são cuidadosamente guardadas em algum lugar, em um armário ou sob a pia. Dizemos a nós mesmos: “Talvez seja útil.” Mas, na verdade, ninguém vai colocar comida em tal recipiente. Aparentemente, esse hábito permanece conosco desde os nossos avós.

3. Frigideiras riscadas e com manchas

Toda vez que um alimento começa a queimar na frigideira que mais gostamos, o primeiro que culpamos é o pobre revestimento antiaderente. Diariamente repetimos para nós mesmos: “Vou comprar uma nova e jogar esta fora”. Mas não o fazemos e nossa comida novamente fica com aspecto de queimada. Arranhões profundos na base são os primeiros sinais de que a superfície não executará mais sua função com eficiência. Claro, a frigideira de ferro fundido da vovó vai durar muito tempo, mas os modelos modernos não são projetados para isso.

4. Inúmeras embalagens de produtos

Após a ida ao supermercado, costumamos deixar todos os cereais, massas e outros produtos na própria embalagem. Quando cozinhamos, geralmente utilizamos apenas parte do conteúdo, fechamos com cuidado o restante e colocamos na prateleira. Assim acabamos acumulando muitos desses pacotes. É aconselhável colocar tudo em recipientes especiais imediatamente após a compra. Fica mais bonito, e o alimento nesses frascos será melhor preservado.

5. Canudinhos, espetos de canapé e outras decorações

Canudos ou guarda-chuvinhas comprados há muito tempo tendem a acumular poeira nas prateleiras ou gavetas da cozinha. Provavelmente, eles foram usados ​​para os fins pretendidos apenas uma ou duas vezes, desde que os compramos. Sem dúvida, eles parecem festivos e, talvez, venham a ser úteis algum dia. Mas sejamos realistas: esses acessórios ocupam espaço na sua cozinha.

6. Cestos de vime

Concordamos que, ao receber convidados, queremos decorar a mesa com estilo. Para isso, compramos uma variedade de cestos e pratos de vime. Um para pão, outro para doces e biscoitos. Mas com o tempo, o desejo de decorar a mesa se manifesta cada vez menos, então esses itens vão simplesmente acumular poeira no armário.

7. Muitas escumadeiras e pás desnecessárias

Se você olhar atentamente para todos os seus utensílios de cozinha vai se perguntar: “Eu preciso de tudo isso?”. Pelo menos uma boa parte pode ser descartada com segurança. Faça o seguinte exercício: “O que você realmente usa diariamente?”

8. Especiarias armazenadas incorretamente

À primeira vista, parece ser conveniente manter muitos temperos em pacotes à mão, então você tenta organizá-los em um lugar bem visível. Mas não se esqueça de que todos os produtos têm uma data de validade. Além disso, normalmente adicionamos apenas alguns temperos à nossa comida. Daí a conclusão de que é melhor livrar-se dos sacos e recipientes desnecessários com especiarias.

9. Canecas dos nossos avós

Certamente, muitos de nós herdamos essas canecas esmaltadas e é uma pena jogá-las fora. Mas se você tratar tudo na cozinha dessa maneira, o cômodo principal da casa se transformará em um museu de exposições desnecessárias. Essas canecas, é claro, são nostálgicas, mas não há mais necessidade de usá-las.

10. Talheres velhos

Colheres e garfos velhos, que ninguém usa há muito tempo, não têm mais utilidade. Mesmo que não sejam mantidos à vista, não significa que devam estar na cozinha. Quando recebemos convidados, é improvável que sirvamos à mesa talheres tão antigos e amarelados.

11. Uma pilha de jornais na geladeira

Geralmente compramos um jornal novo para ler as notícias, nos informar sobre lazer ou rir das tirinhas. O problema é que muitas pessoas desenvolveram o hábito de colocar sobre geladeira não só algum enfeite, mas também os jornais lidos, acreditando que poderão ser úteis. Como resultado, esses resíduos de papel se acumulam em uma quantidade razoável e não apenas estragam a aparência da cozinha, como acumulam poeira.

12. Um conjunto de facas

Existem tipos diferentes de facas de cozinha, e cada uma tem sua própria finalidade. É comum comprar esses conjuntos para simplificar o processo de cozinhar. No entanto, com o tempo, você acaba tendo uma única faca favorita: ela se encaixa bem na sua mão e é conveniente para cortar absolutamente tudo. As outras, de forma alguma são usadas.

E você, do que se livraria, mantendo o conforto e a comodidade na cozinha?

Imagem de capa depositphotos
--2-
496
Compartilhar este artigo