Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Prós e contras de ter o homem presente na hora do parto

Embora alguns homens gostem de estar presentes para dar as boas-vindas aos filhos e apoiar suas parceiras na hora do parto, outros não fazem a menor questão de acompanhar o momento do nascimento. Isso faz surgir várias questões sobre as vantagens e desvantagens da presença dos papais na sala de parto. Por isso, é tão importante aprender mais a respeito das coisas que podem acontecer nos dois casos.

Neste post, o Incrível.club quer mostrar lados positivos e negativos da decisão do homem de estar presente nessa hora tão importante para a família. E no bônus, trazemos relatos de pais e mães sobre essa experiência única.

Primeiro contra: a dor pode ficar mais intensa

A oxitocina, conhecida como o hormônio do amor, é necessária para deixar o parto mais fácil e menos doloroso. Por isso, é melhor que os homens que não estão prontos, são menos informados ou sentem medo do processo fiquem de longe. A ansiedade deles pode adicionar ainda mais tensão ao ambiente, com potencial para provocar uma situação em que o nível de adrenalina da mãe aumenta à medida em que o do hormônio do amor diminui.

Segundo contra: ele pode sentir depressão

Alguns homens se sentem impotentes e desesperançosos após testemunharem o nascimento da criança. Isso acontece porque não há muito que eles possam fazer para ajudar. Além disso, eles tendem a se sentir ignorados pela equipe médica e temer pela vida de suas esposas. Tais sentimentos geralmente não são colocados para fora, ficando presos no subconsciente. Sintomas de depressão podem incluir ganho/perda de peso, dores de cabeça, fadiga ou até mesmo isolamento dos amigos e da família.

Terceiro contra: pode complicar a vida amorosa

Enquanto alguns homens não veem problemas em acompanhar o parto de seus filhos, outros não estão preparados. E isso pode resultar no comprometimento da vida amorosa para alguns casais. Testemunhar o nascimento da criança pode reduzir os sentimentos que homem e mulher têm um pelo outro, transformando o romance em apenas amizade.

Quarto contra: o parto pode demorar mais

Quando chega a hora de a mamãe segurar o recém-nascido no colo pela primeira vez, ela precisa estar com toda sua atenção voltada ao bebê. Olhar nos olhos da criança pela primeira vez, sentir seu cheiro e vivenciar o contato pele com pele acaba fazendo com que a mulher se desligue de tudo mais que está acontecendo ao seu redor. Isso é importante inclusive para a expulsão da placenta, já que o hormônio do amor é essencial até mesmo após o parto. Mas quando o pai está presente, ele pode tornar-se motivo para uma descarga de adrenalina, o que, por sua vez, leva a uma queda nos níveis de hormônios necessários naquele momento.

Quinto contra: algumas coisas que os homens fazem irritam as mulheres

Ainda que o homem decida ficar ao lado da parceira e do filho que irá nascer, isso pode revelar-se uma má ideia. A afirmação é especialmente verdadeira quando o parto dura mais de 12 horas. Alguns pais passam a se alimentar no local, ver vídeos no celular e chegam a deixar o quarto durante o trabalho de parto. Além disso, é possível que eles comecem a se sentir sonolentos por conta da descarga de adrenalina que vivenciaram na tentativa de chegar a tempo ao hospital.

Primeiro pró: ele estará presente já nos primeiros minutos da vida do bebê

Ainda que alguns homens sintam medo e hesitem diante de momento tão importante, a imprevisibilidade do parto não dá escolha a eles. Ficar ao lado da amada ao vê-la sentindo dores pode ser a única coisa em que eles pensam, tornando o momento inesquecível e dando ao homem a chance de acompanhar os primeiros minutos do filho no mundo.

Segundo pró: ele pode ajudar na amamentação desde o início

Nem sempre é fácil para o recém-nascido mamar logo de cara. Mas assim que eles o fazem, a mãe tende a não querer se movimentar muito para não atrapalhar o bebê. Já na primeira tentativa de amamentação ainda no hospital, o pai pode ajudar. Ele pode oferecer ajuda à mulher, colocar um travesseiro extra nas costas dela ou até mesmo fazer uma leve massagem.

Terceiro pró: ele pode dar apoio físico e emocional

É bom que os futuros papais fiquem ao lado de suas parceiras durante o parto. Assim, podem fazer com que se sintam mais relaxadas, chegando até mesmo a arrancar umas risadas. Até mesmo aquela conversa ansiosa sobre a chegada do bebê pode ser útil, ainda que indiretamente, tornando mais positiva a experiência do parto. A nova mamãe estará privada do sono e exausta, além de estar provavelmente sob efeito de medicamentos. Porém, com o homem ao seu lado, ela pode relaxar mais por saber que o bebê está em boas mãos.

Quarto pró: ele ficará mais conectado com a criança depois do parto

Nas últimas décadas, os pais têm se envolvido mais na vida dos filhos. Estar presente na hora do teste de gravidez, dos exames, do ultrassom e do parto tem potencial para gerar consequências muito positivas. Isso ainda melhora o desenvolvimento emocional e cognitivo da criança.

Quinto pró: ele pode tomar decisões rápidas

Em alguns casos, o parto natural pode não sair conforme o planejado, apesar de todas as precauções tomadas e dos cuidados da equipe médica. Em horas assim, pode ser necessário tomar uma decisão que não estava prevista, e o homem estará ali para ajudar. Existem até mesmo casos em que a presença do homem foi crucial para salvar a vida da mulher e da criança.

Bônus: pais e mães compartilham seus relatos de parto

Você já passou por essa experiência? Em sua opinião, os papais devem estar presentes na hora do parto? Por quê? Comente!