Incrível

8 Coisas que podem acontecer com seu corpo se você consumir linhaça diariamente

linhaça é conhecida pela humanidade desde antes da antiga civilização egípcia — naquele tempo, as paredes de alguns templos já eram adornadas com pinturas de flores de linhaça. Carlos Magno, o primeiro imperador do Sacro Império Romano, estava tão convencido de seus benefícios à saúde que os promulgou na forma de leis. Depois de mais pesquisas que apoiaram a convicção de Magno, o interesse geral pela semente despertou um grande renascimento.

No Incrível.club, avaliamos vários artigos acadêmicos a fim de descobrir os benefícios da linhaça para a saúde e verificar se essa semente é, de fato, o alimento maravilhoso que se acredita ser.

Reduz o risco de câncer

Estudos recentes sugerem que a linhaça pode fornecer uma proteção especial contra o câncer de mama e o câncer de cólon. Um estudo canadense envolvendo mais de 6.000 mulheres revelou que as pessoas que comiam regularmente sementes de linhaça eram significativamente menos propensas a desenvolver o câncer de mama.

A linhaça é uma fonte rica em lignanas e contém 800 vezes mais esse tipo de substância do que a maioria das outras sementes. As lignanas possuem propriedades antioxidantes e estrogênicas que são eficazes na redução do risco de câncer. Além disso, acredita-se que o ácido graxo ômega-3 presente na linhaça — chamado ácido alfa-linolênico (ALA) — ajude a inibir a incidência e o crescimento de tumores.

Diminui a pressão arterial

A linhaça é usada para baixar a pressão arterial. Um estudo canadense descobriu que pessoas que consumiram cerca de 30g de semente de linhaça por dia durante 6 meses conseguiram reduzir pressão arterial. A mesma pesquisa concluiu que seu consumo ajudou aqueles que já estavam tomando algum tipo de medicamento para baixar a pressão.

Uma revisão de 11 estudos concluiu que o consumo diário de semente de linhaça por mais de 3 meses pode reduzir a pressão arterial em 2 mmHg. Isso pode parecer insignificante, mas representa uma redução de 10% no risco de morte por acidente vascular cerebral e de 7% no risco de morte por doença cardíaca.

Reduz consideravelmente o risco de um ataque cardíaco

Numerosas pesquisas já mostraram que o consumo de linhaça está diretamente relacionado com uma redução no risco de sofrer um derrame. Um estudo realizado na Harvard School of Public Health, do qual participaram 3.638 costa-riquenhos, mostrou que as pessoas que consumiram mais ácido alfa-linolênico (ALA) tiveram um risco menor de ter um ataque cardíaco em comparação com aquelas que consumiram menos ALA. Além disso, uma análise detalhada de 27 estudos envolvendo mais de 250.000 pessoas mostrou que a ingestão do ALA reduz o risco de doença cardíaca em aproximadamente 14%.

O já mencionado ALA, presente na linhaça, é um ácido graxo essencial que deve ser obtido por meio da alimentação, uma vez que o corpo não o produz. Como mostramos, ele combate doenças cardiovasculares, impedindo o depósito de colesterol nos vasos sanguíneos.

Promove movimentos intestinais regulares e melhora a saúde digestiva

8 Coisas que podem acontecer com seu corpo se você consumir linhaça diariamente

Uma colher de sopa de semente de linhaça contém aproximadamente 3 gramas de fibra (equivalente a 8% a 12% da ingestão diária prescrita), composta pelos tipos solúvel e insolúvel. A fibra solúvel diminui a velocidade da digestão e, portanto, ajuda a regular o açúcar no sangue e o colesterol, enquanto a fibra insolúvel permite que mais água se fixe nas fezes, aumentando seu volume e resultando em fezes menos compactas.

Ajuda a controlar os níveis do colesterol

Um estudo com 28 pessoas publicado de 1990 a 2008 mostrou que o consumo de linhaça reduziu o colesterol no sangue, com melhores resultados em mulheres e naquelas com colesterol alto. Outras pesquisas descobriram que consumir 3 colheres de sopa de pó de linhaça por dia durante 3 meses pode reduzir o colesterol LDL (ruim), em 20% e o colesterol total em quase 17%.

Segundo os cientistas, isso se deve à alta quantidade de fibra presente na linhaça. A fibra liga-se aos sais biliares que depois são excretados pelo corpo. Isso, por sua vez, resulta na extração de colesterol do sangue para o fígado para repor esses sais biliares, o que reduz os níveis de colesterol no sangue.

Diminui os calores

A Clínica Mayo, em Rochester, EUA, realizou um estudo com 29 mulheres que tiveram 14 episódios de ondas de calor ou sufoco por semana, durante pelo menos um mês. Essas mulheres foram instruídas a adicionar 2 colheres de sopa de linhaça ao cereal, suco, iogurte ou frutas, duas vezes ao dia, por 6 semanas. No final do estudo, os pesquisadores descobriram que essas mesmas mulheres haviam registrado uma redução de cerca de 50% no número de ocorrências de ondas de calor. Já a intensidade dessas ondas diminuiu cerca de 57%, segundo os relatos.

Mantém os níveis de açúcar no sangue sob controle

A diabetes tipo 2 afeta mais de 6% da população mundial e as mulheres são um grupo de alto risco. Para entender os efeitos da linhaça em relação a esse distúrbio metabólico, um estudo foi realizado durante um mês. Aproximadamente 20 gramas de pó de linhaça foram adicionados às refeições diárias dos pacientes. Após um mês, eles notaram uma queda de 8% a 20% nos níveis de açúcar no sangue.

De acordo com várias pesquisas, essa propriedade da linhaça deve-se às fibras insolúveis nela presentes, que retardam a liberação de açúcar no sangue.

Ajuda a controlar o peso

A linhaça ajuda a controlar a ansiedade e, por isso, pode ajudar a diminuir a vontade de ingerir doces durante o dia, o que pode levar a uma redução de peso em pouco tempo. De acordo com um estudo, adicionar apenas 25 gramas de semente de linhaça moída a uma bebida pode suprimir a sensação de fome e, portanto, reduzir a ingestão descontrolada de alimentos.

A sensação reduzida de fome é o resultado do teor de fibras solúveis das sementes de linhaça. A fibra retarda a digestão e estimula os hormônios que controlam o apetite, proporcionando assim uma sensação de saciedade.

Você acha que a linhaça é um superalimento? Se acredita em seus benefícios, compartilhe este post com o maior número de pessoas que puder para que elas também conheçam os resultados que a semente oferece à nossa saúde.

Ilustrado por Natalia Breeva exclusivo para Incrível.club