Incrível
Incrível

7 Dicas que podem ajudá-lo a compreender melhor seu corpo

Nosso corpo é um sistema muito complexo, em que tudo se conecta de alguma forma. Por isso, quando algo não funciona como deveria, ele envia mensagens para outras partes do corpo como um sinal de alerta. Está em nosso poder e conhecimento sermos capazes de reconhecer esses sinais e corrigir o que precisa de ajuste.

O Incrível.club deseja que você seja capaz de reconhecer possíveis problemas de saúde de um jeito muito simples.

1. Baixa porosidade do cabelo

A maneira de verificar se o cabelo tem baixa porosidade é jogando uma única mecha do cabelo lavado e seco em um copo de água. Se os fios afundarem, sua porosidade é muito alta. Isso significa que seu cabelo absorve todos os produtos muito rapidamente e seca ao ar livre em um instante. No entanto, geralmente parece ser muito seco e tende a ter frizz.

Para tratar a alta porosidade, você precisa encontrar os melhores produtos possíveis. Deve procurar produtos que tenham ingredientes “mais pesados”, como óleos e manteigas. Também pode incluir um tratamento com máscara hidratante profunda à sua rotina semanal.

2. Linhas horizontais em seu pescoço

Mulheres na pós-menopausa produzem menos estrogênio do que seu corpo necessita para manter a durabilidade dos ossos. E as rugas profundas no pescoço são um sinal preocupante de que os ossos estão se tornando mais frágeis e menos densos. Isso significa que o perigo de fratura é muito maior. Suplementos de cálcio e vitamina D podem ser uma ótima pedida para evitar a osteoporose.

Essas rugas também podem indicar que você deve verificar o funcionamento da sua tireoide. Se a condição piorar e não for tratada, além do pescoço, pode começar a aparecer em outras regiões. E você deve ficar atento não apenas às rugas, mas também à descamação cutânea.

3. Úlceras na boca e na língua

Os motivos mais comuns para o surgimento de úlceras são tabagismo, alergias, morder a língua acidentalmente e inflamação. No entanto, se nada acima se aplica ao seu caso, pode significar deficiência em vitamina B12, ferro ou ácido fólico. Essas deficiências não se desenvolvem do dia para a noite, mas progressivamente ao longo de um período de tempo prolongado.

Alguns outros sinais de alerta podem ser fadiga, tontura, batimento cardíaco irregular e fraqueza muscular. Se estiver experimentando tudo isso, precisará fazer algumas mudanças drásticas em sua dieta e começar a tomar os suplementos necessários.

4. Descamação das unhas e cutículas e manchas brancas nas unhas

As razões mais comuns para a descamação das unhas e cutículas são a deficiência de ferro e a desidratação. Se a deficiência de ferro não for tratada a tempo, pode levar à anemia, que também pode resultar em vários problemas de saúde, como dor no peito. Outros motivos para as unhas em mau estado podem ser o hipotireoidismo, doenças pulmonares ou mesmo renais. A melhor maneira de tratar as unhas em casa é seguir uma dieta rica em ferro e manter as unhas hidratadas.

Agora, se você começar a notar manchas brancas nas unhas, existem quatro possíveis razões: alergias, infecção por fungos, uma lesão ou deficiência mineral. Você deve prestar bastante atenção a essa última, pois precisará se tratar com cuidado redobrado. A deficiência de zinco e cálcio são as causas mais comuns e a primeira coisa a fazer é um exame de sangue.

5. Calcanhares rachados

Calcanhares rachados podem ser causados ​​pela pele seca, clima frio ou se você ficar de pé por muitas horas todos os dias. No entanto, podem ser indicadores de problemas mais sérios, como eczema, hipotireoidismo e diabetes. Você pode tratar seus calcanhares mergulhando-os em água com sabão por 20 minutos e os esfregando com uma pedra-pomes. Em seguida, precisará aplicar um bom hidratante que contenha ácido lático, óleo de jojoba ou manteiga de karité.

Você precisará consultar um médico, se os seus tratamentos caseiros não estiverem funcionando. Existem muitos tratamentos que seu podólogo pode prescrever, como um hidratante muito mais potente. Mas você deve verificar seus calcanhares diariamente, lavá-los bem e usar sapatos confortáveis.

6. Vermelhidão ao redor do nariz, bochechas e testa

rosácea é a causa número um de vermelhidão nessas áreas e afeta cerca de 14 milhões de pessoas apenas nos Estados Unidos. Pessoas com mais de 30 anos e de pele clara têm maior probabilidade de desenvolvê-la, pois a rosácea raramente afeta crianças. Alguns dos sinais mais comuns são rubor, vermelhidão persistente, inchaços e espinhas e vasos sanguíneos visíveis. Outros sinais menos comuns incluem irritação nos olhos, espessamento cutâneo e inchaço.

A rosácea é geralmente tratada com medicamentos tópicos e orais que devem ser prescritos por seu médico. Em casos mais graves, os médicos podem fazer tratamentos a laser para remover todos os vasos sanguíneos visíveis.

7. Inchaço nos olhos

Se não tiver uma infecção, não for alérgico a nada e ainda estiver com o olho inchado, a causa mais comum é óbvia. O consumo de sal em excesso faz com que seu corpo e rosto retenham líquido, incluindo a área sob os olhos. Você precisará reduzir o consumo de sal e talvez aumentar a ingestão de potássio. Algumas outras causas podem ser doença de Grave, bloqueio do canal lacrimal, tabagismo e não dormir o suficiente.

Depois de saber a origem do problema, precisará começar a tratá-lo. Compressas frias, saquinhos de chá e massagens faciais são algumas das coisas que você pode fazer. Se, no entanto, o inchaço não desaparecer, não importa o que fizer, deve consultar um médico.

Você já descobriu algum problema sério de saúde, graças a um pequeno sinal dado por seu corpo que normalmente ignoraria?

Imagem de capa Shutterstock.com
Incrível/Saúde/7 Dicas que podem ajudá-lo a compreender melhor seu corpo
Compartilhar este artigo