Incrível

13 Queijos que estão entre os mais consumidos e saborosos do mundo

O queijo é um dos alimentos mais consumidos em todo o mundo. Sua grande variedade de sabores, texturas e cheiros enlouquece a quase todos os amantes de comida. Na geladeira de alguém que ama laticínios, podem faltar legumes, frutas ou qualquer outra coisa. Mas o queijo não! No final do post, você encontrará um bônus especial com os cinco melhores queijos de 2018, de acordo com o World Cheese Awards.

Incrível.club apresenta neste post 13 dos queijos mais pedidos no mundo, e oferece opções para harmonizações sem álcool, combinações e usos gastronômicos.

1. Gouda

Geralmente este queijo, originário da Holanda, é feito com leite de vaca pasteurizado, embora também existam versões com leite de cabra ou ovelha. É coberto por uma crosta lisa, brilhante e uniforme. Sua textura vai do macio ao duro, dependendo da sua idade, e seu sabor é doce com alguns toques de noz. Seu cheiro pode ser rústico e picante. É um dos queijos mais consumidos no mundo, representando entre 50 e 60% do consumo total.

  • Harmonização: chá oolong, conhecido como chá azul, ou chá pu-erh, conhecido como vermelho.
  • Combinações e usos ideais: frutas doces, como peras ou pêssegos, torradas, caramelo, derretido em legumes e em fondue junto com outros queijos.

2. Brie

Trata-se de um queijo francês macio e casca comestível de mofo branco, feito com leite de vaca cru, embora em outros países também seja feito com leite pasteurizado. Sua textura é cremosa e seu sabor delicado, embora adquira um sabor mais forte à medida que o queijo matura.

  • Harmonização: sucos ou refrescos de frutas vermelhas.
  • Combinações e usos ideais: massa folhada, canapés, maçã, pera, morango, uva, framboesa, pêssego, biscoitos, torradas, geleias, amêndoas ou nozes caramelizadas.

3. Parmesão

Para a fabricação do queijo parmesão, podem ser necessários 16 litros de leite de vaca por quilo e é um produto com Denominação de Origem Protegida (DOP). Os queijos são classificados de acordo com a sua maturidade e, antes de sairem da fábrica, devem esperar pelo menos 12 meses. Seu sabor é umami, isto é, difícil de descrever e com um sabor agradável e prolongado.

  • Harmonização: cerveja sem álcool ou soda de gengibre.
  • Combinações ideais e usos: saladas, carpaccio de carne ou peixe, pedaços de aipo, tomate cereja, maçã, pera, noz, avelã, figo e ameixa. Também derretido em macarrão e fondue.

4. Manchego

O queijo Manchego original é espanhol, protegido com denominação de origem em La Mancha e feito exclusivamente com leite de ovelha da raça La Mancha. Sua consistência é firme e compacta e seu sabor é levemente ácido, forte e gostoso, tornando-se picante em queijos muito curados. Sua maturação mínima é de 30 dias e o máximo de até 2 anos.

  • Harmonização: cerveja sem álcool, coquetel Shirley Temple ou sodas cítricas.
  • Combinações e usos ideais: pão e azeite, saladas, geleia de framboesa. Derretido em massa
    e pizza.

5. Feta

De origem grega e tradicionalmente feito com leite de ovelha ou de cabra, ou uma mistura de ambos, o queijo feta é macio e quebradiço, com um sabor cremoso, salgado e ligeiramente picante, bem como uma textura granulosa. Seu tempo mínimo de maturação é de 3 meses.

  • Harmonização: sodas cítricas.
  • Combinações e usos ideais: saladas, berinjela, couve-flor, cogumelos, tomates cereja
    e anchovas.

6. Cheddar

Originalmente é produzido na aldeia de Cheddar, em Somerset, na Inglaterra, com leite de vaca pasteurizado. Quanto maior o tempo de cura, mais intenso o sabor do queijo. Seu envelhecimento dura de 3 a 30 meses, dependendo do grau de maturação desejado. Sua casca tem uma consistência dura e a pasta é firme, lisa e cerosa.

  • Harmonização: chocolate quente, espesso e doce, cerveja sem álcool ou soda de gengibre.
  • Combinações e usos ideais: molho de tomate, guacamole, fatias em sanduíches ou hambúrgueres, pimenta-jalapenho. Uma combinação que pode parecer um tanto ousada, mas é rica no paladar, são as pipocas com sabor de queijo Cheddar misturadas às de caramelo.

7. Camembert

camembert é um dos queijos mais famosos da França. É um produto com uma pasta mole e crosta branca cheia de mofo, feito com leite de vaca cru, embora hoje em dia também existam versões produzidas com leite pasteurizado. Dizem que um bom queijo deste tipo tem um aroma pronunciado com um toque de cogumelos, cremoso e complexo, com notas de erva fresca. Sua maturação leva de 3 a 5 semanas.

  • Harmonização: café, sidra de maçã ou cerveja sem álcool e sucos de frutas vermelhas.
  • Combinações e usos ideais: empanados, massa folhada, com molho de tomate, canapés, maçã, pera, morango, uva, framboesa, pêssego, biscoitos, torradas, geleias, amêndoas ou nozes caramelizadas.

8. Edam

Este queijo da Holanda é um dos mais populares em todo o mundo. Algo que o caracteriza é a sua capa vermelha, embora você também consiga encontrar de capa amarela no seu país de origem. Feito com leite de vaca pasteurizado, tem um sabor suave e é difícil de descrever, porque sua massa é doce e salgada ao mesmo tempo.

  • Harmonização: cerveja sem álcool, chocolate quente, espesso e doce ou bebidas frutadas.
  • Combinações e usos ideais: pera, uva, melão, pêssego, morango, cereja, ameixa, saladas e sanduíches.

9. Emmental

O verdadeiro queijo originário da Suíça é denominado Emmentaler AOP. Tem como característica os buracos que se formam em seu interior, pelas bactérias que se utilizam durante sua fabricação, atingindo o tamanho mínimo de uma cereja. Seu sabor e aroma são macios, semelhantes aos da noz, e sua maturação leva de 2 a 12 meses.

  • Harmonização: cerveja sem álcool ou sodas cítricas e frutas vermelhas.
  • Combinações ideais e usos: nozes, fondue, massa folhada, presunto serrano, uvas, morangos, tâmaras, figos, passas.

10. Gruyère

Para fazer um queijo Gruyère de 35 quilos, originário da Suíça, são necessários 400 litros de leite fresco de vaca. Seu processo de refinação leva de 5 a 12 meses e, durante esse período, o queijo é esfregado com salmoura. Seu sabor e aroma são ligeiramente picantes. Quando o queijo atinge 80 dias de maturação, está pronto para ser consumido.

  • Harmonização: cerveja sem álcool ou sodas cítricas e frutas vermelhas.
  • Combinações e usos ideais: saladas, sanduíches, pão, canapés e fondues.

11. Mozzarella

O queijo mozzarela é um dos mais emblemáticos da gastronomia italiana. Graças ao seu sabor leve e textura suave, este produto é ideal para muitas combinações culinárias. Embora o original seja feito com leite de búfala, também podemos encontrar versões feitas com leite de vaca e de ovelha.

  • Harmonização: limonada ou sodas cítricas.
  • Combinações e usos ideais: pizzas, salada caprese, aspargos, risoto, manga, manjericão, vinagre balsâmico e melancia.

12. Queijo oaxaca

Este queijo de origem mexicana é feito com leite de vaca e tem uma textura macia. Sua produção requer uma técnica cuidadosa para dar a consistência elástica adequada e uma forma redonda e trançada. Embora não seja bem conhecido em outro locais, é muito apreciado na América Central.

  • Harmonização: cerveja sem álcool ou sodas cítricas ou frutas vermelhas.
  • Combinações e usos ideais: tortilla, pão, saladas, carne, legumes, pizzas, sanduíches, hambúrgueres, ovo e em crostata.

13. Roquefort

Este queijo é feito com leite de ovelha da raça lacaune, a única que tem a capacidade de se adaptar às duras condições climáticas. Uma vez obtida a forma do queijo, o fungo Penicillium roqueforti é injetado. Para isso, demora de 2 a 3 meses. Tem um sabor intenso, assim como o seu aroma.

  • Harmonização: chocolate quente e amargo.
  • Combinações e usos ideais: pera, uva, maçã verde, figo, ameixa, banana frita, para fazer biscoitos, pizzas, fondues e saladas

Bônus: os 5 melhores queijos de 2018

O World Cheese Awards é concedido anualmente para os melhores do mundo. A premiação de 2018 foi realizada em 2 de novembro, em Bergen, na Noruega. O júri foi composto por 230 peritos que avaliaram 3.472 queijos diferentes, de 41 países.

O top five dos vencedores

Você já experimentou algum desses queijos? Qual é o seu favorito? Conte pra gente nos comentários quais são os cinco melhores queijos em sua opinião.