Incrível
Incrível

13 Atores que preferem esquecer algum papel, considerado um verdadeiro pesadelo

Alguns atores, falando francamente, não podem ser invejados. Personificar outra pessoa não é nada fácil. Mais ainda, se estiver usando um figurino desconfortável, correndo até o risco de desmaiar, ou precisar atuar com algodão na boca, para fazer suas bochechas parecerem maiores, os atores deveriam involuntariamente sonhar apenas com o fim das filmagens o mais rápido possível... Mas enquanto assistimos a um filme, nem percebemos que o artista está com calor ou desconfortável. Esse é o significado da palavra “profissionalismo”.

Nós, do Incrível.club, amamos cinema, e ao descobrirmos como foi difícil para nossos atores favoritos interpretarem seus papéis icônicos, passamos a respeitá-los ainda mais.

Tom Hiddleston — Loki (Thor, 2011)

O ator britânico, que conquistou o público como Loki, admite que o figurino do personagem não era tão fácil de vestir. “Fazia muito calor. Eu usava calças de couro, armaduras de placas e a capa, tudo muito pesado. De qualquer maneira, era abafado e ainda tinha de colocar a balaclava de aço com chifres — assim, todo o calor do corpo não tinha como sair.”

Christian Bale como Batman (Batman Begins, 2005)

Embora o traje do Batman nesse filme fosse definitivamente mais confortável que nas adaptações anteriores, também causou muitos problemas ao ator. Diariamente, Bale era vestido com ajuda de três pessoas. É claro que, ao usar o figurino, sentia muito calor. O próprio Bale admite que após seis meses de filmagens, odiava o uniforme do super-herói: era uma verdadeira dor de cabeça. “Usei a dor como o combustível para a raiva do personagem”, declarou o ator mais tarde.

Anne Hathaway como Mulher‑Gato (Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, 2012)

“Esse figurino me causou uma espécie de terror psicológico: o ano todo eu só pensava em como conseguir colocá-lo. Não saí da academia por 10 meses e não consegui descobrir como ficar, ao mesmo tempo, magra e forte”, compartilhou a atriz. Talvez, em comparação com Michelle Pfeiffer, que também interpretou a Mulher-Gato, Hathaway não tenha sofrido muito, mas também se lembrará da personagem por toda a vida.

Arnold Schwarzenegger como Senhor Frio (Batman & Robin, 1997)

O figurino de Senhor Frio representava uma ameaça real à vida e à saúde do ator. A boca do personagem deveria brilhar, então um LED foi colocado na boca do artista. O problema é que em contato com a saliva, as baterias foram danificadas e o ácido nelas presente vazou na boca de Schwarzenegger. Ele ficou terrivelmente enfurecido e gritou: “Que nojo! O que é isso na minha boca?”

Jim Carrey como Grinch (O Grinch, 2000)

Certamente, o papel do vilão verde foi o mais difícil na filmografia de Jim Carrey, que usava lentes grandes e desconfortáveis, nas quais a neve artificial grudava, e levava várias horas para colocar o figurino. O ator ficava furioso e irritava o maquiador. Buscando ajudar Carrey a lidar com as dificuldades, um especialista em treinamento de agentes de inteligência foi contratado para trabalhar técnicas de relaxamento com o artista.

Jennifer Lawrence como Mística (X-Men: Primeira Classe, 2011)

O figurino da Mística costumava ser mais difícil na hora de atuar. A atriz que interpretou essa personagem na primeira adaptação dos X-Men precisou ficar em uma cadeira por 12 horas, enquanto era maquiada. Jennifer Lawrence teve mais sorte: ao usar um collant, precisou maquiar uma área menor do corpo, mas as dificuldades também não puderam ser evitadas totalmente.

A atriz só podia ir ao banheiro utilizando um funil especial, para não tirar o figurino. A tinta azul, usada na maquiagem de Jennifer, provocou irritação na pele e erupções cutâneas e, só depois disso, Lawrence começou a usar o collant. Uma vez, enquanto retirava os restos da maquiagem em casa, Lawrence estragou o banheiro de um apartamento alugado. Ele ficou azul, e a atriz teve uma discussão com o proprietário por esse motivo.

Tim Curry como Senhor das Trevas (A Lenda, 1985)

Todo o elenco principal passava mais de uma hora se vestindo, mas Tim Curry foi quem teve menos sorte. Ele usava chifres pesados, que provocavam fortes dores no pescoço. Demorava cerca de cinco horas para aplicar a maquiagem no corpo e no rosto, e Tim também começou a sentir claustrofobia. Esse motivo, um dia, o levou a arrancar muito apressadamente a maquiagem, machucando a pele e, uma vez, passou mais de uma hora na banheira para amolecer a cola.

Topher Grace como Venom (Homem-Aranha 3, 2007)

Quando questionado se havia ficado com as presas de seu personagem como lembrança após as filmagens, Grace confessou: “Não quero vê-las de novo.” No final das contas, a prótese o machucou. Foi possível colocar o figurino de Venom em uma hora e, segundo o ator, a roupa não causou muito desconforto, exceto pela inconveniência de ir ao banheiro. No entanto, as próteses dentárias machucaram suas gengivas, embora tenha encontrado vantagens: o ator declarou que, graças a elas, poderia ficar seriamente zangado, característica necessária ao papel.

Robert Downey Jr. como Homem de Ferro, (Universo Cinematográfico Marvel)

O ator, que passou muitos anos gravando os filmes do Universo Cinematográfico Marvel, lembra como o capacete do Homem de Ferro literalmente o cegou na primeira produção. “Os produtores queriam usar o mínimo de computação gráfica, então, eu realmente usei aquele figurino”, compartilhou Downey Jr. “Eles me disseram: ’Então, Robert, quando dissermos ’Motor!’, vá em frente.’ Eu coloquei o capacete, ele foi fechado, e não deu para enxergar mais nada quando os LEDs se acenderam. Fiquei completamente cego”.

Scarlett Johansson como Viúva Negra (The Avengers: Os Vingadores, 2012)

Johansson lembra que a malha de Natasha Romanoff parecia uma roupa de mergulho. Era tão quente e a atriz transpirava tanto, que o figurino precisava ser lavado no final do dia. Em uma ocasião, Johansson até teve uma insolação com alucinações. Isso aconteceu durante as filmagens de uma luta no telhado, devido ao forte aquecimento provocado pelo traje.

Peter Weller como Robocop (RoboCop: O Policial do Futuro, 1987)

O figurino do Robocop era tão pesado e quente que Peter Weller perdia 1,5 kg por dia, devido à desidratação. Para melhorar as condições de atuação, um sistema de resfriamento teve de ser instalado na roupa. Além disso, com esse figurino, o ator simplesmente não cabia em uma viatura policial. Portanto, nas cenas em que Robocop precisou entrar no carro, o personagem foi filmado apenas da cintura para cima.

LeVar Burton como Geordi La Forge, (Jornada nas Estrelas: A Nova Geração, série da TV, 1987-1994)

O personagem de LeVar Burton usava uma placa nos olhos, ou seja, não tinha um figurino volumoso, quente e desconfortável. Porém, mesmo um detalhe como esse causava grande incômodo: Burton contou que não enxergava praticamente nada com o dispositivo e constantemente tropeçava em adereços e equipamentos. A placa foi redesenhada e ficou ainda mais pesada: para não cair, foi apertada com parafusos que pressionavam constantemente as têmporas do ator. “Por cerca de 6 anos tive dor de cabeça todos os dias”, declarou Burton.

Matthew Lewis como Neville Longbottom (Harry Potter, série de filmes, 2001-2011)

Muitas pessoas sabem que o ator que interpretou Neville Longbottom cresceu e se tornou um homem bonito, mas isso aconteceu muito antes. “O intervalo entre o segundo filme e o terceiro foi mais longo que o normal e durante esse tempo, perdi peso”, conta Lewis. “Tentaram aumentar minhas bochechas com algodão, em seguida, colocaram pedaços de esponja na minha boca para absorver a saliva, era nojento! Sapatos dois tamanhos maiores, inserções de plástico atrás das orelhas para se projetarem e dentes falsos.”

Além disso, Lewis usava um figurino que o deixava mais gordo e as lembranças do ator de suas roupas também não são das mais alegres: Tinha 15 anos, havia muitas garotas por aí, mas tive que usar essa maldita coisa. Todas pensavam que eu era gordo de verdade”.

Você acredita que todos esses papéis valeram o incômodo que os atores tiveram de suportar? Compartilhe sua opinião conosco!

Compartilhar este artigo