Incrível

15 Pessoas que estão por trás das marcas mundialmente famosas

Nem todos os estilistas eminentes são pessoas públicas. Nós ouvimos seus nomes e talvez até usemos algumas de suas roupas e acessórios, mas a maioria de nós não consegue imaginar a aparência de, por exemplo, Calvin Klein ou Tommy Hilfiger.

Incrível.club encontrou fotos das pessoas cujos nomes aparecem nas peças vendidas nas boutiques mais exclusivas. E somos obrigados a admitir que, em alguns casos, é difícil distinguir estilistas famosos de pessoas comuns.

1. Marc Jacobs, 55 anos

Aos 23 anos, com o apoio de patrocinadores, Jacobs desenhou sua primeira coleção, usando seu próprio nome, Marc Jacobs. E, aos 24, conquistou o prêmio Perry Ellis Award for New Fashion Talent, concedido pelo Conselho de Designers de Moda da América para novos talentos desse segmento.

2. Christian Louboutin, 56 anos

Em sua juventude, Louboutin, sendo um estilista independente, projetou calçados femininos para a Chanel, Yves Saint Laurent e Maud Frizon. Aos 27 anos, decidiu criar sua própria marca e abriu sua loja. Logo, se tornou muito popular entre a realeza e as estrelas de Hollywood. Além disso, seu famoso solado vermelho se tornou uma das tendências de moda mais reconhecidas no mundo.

3. Michael Kors, 59 anos

Quando adolescente, Kors começou a desenhar roupas e a vendê-las no porão da casa de seus pais. Aos 17 anos, ingressou no Instituto de Tecnologia de Nova York, mas abandonou os estudos apenas 9 meses depois e conseguiu um emprego em uma boutique de moda. Depois de 4 anos de trabalho nessa mesma loja, lançou sua própria marca de roupas femininas.

4. Tommy Hilfiger, 67 anos

Aos 20 anos, Hilfiger abriu sua própria loja de roupas, mas faliu 5 anos depois. Após isso, mudou-se para Nova York, onde trabalhou para várias marcas e, aos 28 anos, lançou uma empresa de design de roupas, a Tommy Hill. Seis anos depois, com o apoio de patrocinadores, fundou a corporação Tommy Hilfiger, que logo se tornou uma das mais famosas marcas globais de roupas.

5. Christian Lacroix, 67 anos

Christian planejava tornar-se curador de museus e, aos 22 anos, mudou-se para Paris, onde começou a estudar na Faculdade de História da Arte da Sorbonne e na Escola do Louvre. Mas logo voltou sua atenção para o design de moda e, aos 24 anos, fundou sua própria casa de alta costura.

6. Miuccia Prada, 69 anos

A mais jovem neta de Mario Prada assumiu o controle da empresa familiar de confecção de roupas e acessórios de luxo aos 29 anos de idade, embora sonhasse em fazer parte do Teatro Piccolo, onde atuou por vários anos. Aos 40, projetou e apresentou sua primeira coleção de roupas femininas. Cinco anos depois, lançou uma coleção de roupas masculinas. Em 2014, Miuccia foi incluída na lista das mulheres mais influentes do mundo segundo a revista Forbes.

7. Jimmy Choo, 58 anos

Choo confeccionou seu primeiro par de sapatos aos 11 anos de idade. Ele se mudou da Malásia para o Reino Unido para estudar na Escola Técnica de Londres. Depois de se formar, Choo foi contratado por uma empresa de design e em pouco tempo abriu sua própria loja de calçados. Suas obras e seu talento foram notados na London Fashion Week e, logo, ele se tornou mundialmente famoso.

8. Yohji Yamamoto, 75 anos

Yamamoto desistiu de uma promissora carreira de advogado para ajudar sua mãe em seu negócio de costura. Com ela, adquiriu habilidades de alfaiate. Um pouco mais tarde, decidiu estudar na Faculdade de Moda de Bunka. Yamamoto estreou com sua coleção de peças em Paris, em 1981, e quase imediatamente alcançou fama internacional.

9. Calvin Klein, 76 anos

Em sua juventude, Calvin ganhava a vida trabalhando em várias casas de moda em Nova York. Nesse período chegou, inclusive, a atuar ocasionalmente como artista de rua. Aos 26 anos, em colaboração com seu amigo de infância Barry Schwartz, fundou a empresa Calvin Klein Ltd., especializada em roupas masculinas, mas logo depois começou a desenhar também peças femininas.

10. Manolo Blahnik, 76 anos

A carreira do estilista começou aos 28 anos, em Londres, onde era responsável pela coluna de calçados na revista Vogue. Um ano depois, decidiu abrir uma loja de calçados com seu próprio nome. Aos 32 anos, Blahnik tornou-se o segundo homem da história a aparecer na capa da Vogue. Seus calçados foram chamados de ’a quinta estrela’ da série Sex and the City (depois das protagonistas).

11. Roberto Cavalli, 78 anos

Em sua juventude, Cavalli ficou fascinado pela técnica do tear manual. Então, decidiu abandonar seus estudos e abriu seu próprio negócio de impressão em malhas que, com o tempo, se tornou próspero. Aos 32 anos, o estilista apresentou com sucesso sua primeira coleção em um showroom de roupas em Paris. Depois, abriu uma boutique em Saint-Tropez e lançou sua própria marca de roupas.

12. Kenzo Takada, 80 anos

Depois de se formar na Tokyo Fashion School, Kenzo, então com 25 anos, decidiu se mudar para Paris. Seis anos depois, apresentou sua primeira exposição na galeria “Vivien” e uma de suas modelos apareceu na capa da revista Elle. Sua primeira coleção masculina foi lançada quando o estilista completou 44 anos. Cinco anos depois, foi apresentada a linha de perfumaria feminina sob a marca Kenzo.

13. Luciano Benetton, 83 anos

O pai de Luciano Benetton tinha um pequeno negócio, mas, depois de sua morte, Benetton, então com 14 anos, teve de abandonar a escola e ir trabalhar em uma loja de roupas. Logo, economizou dinheiro para comprar uma máquina de tricotar e criou a primeira coleção de suéteres de várias cores, que teve enorme sucesso comercial. Aos 30 anos, Luciano, junto com sua irmã, Juliana, e seus 2 irmãos, Carlo e Gilberto, fundou o Grupo Benetton.

14. Paco Rabanne, 85 anos

Paco começou sua carreira no mundo da moda criando joias para Givenchy, Dior e Balenciaga. Aos 32 anos, apresentou sua primeira coleção de roupas feitas de papel, plástico e metal em Paris. As peças chamaram a atenção da imprensa mundial. Aos 34 anos, fundou sua própria casa de moda.

15. Pierre Cardin, 96 anos

Pierre Cardin começou a trabalhar aos 14 anos de idade como aprendiz de alfaiate, já então, estudando os conceitos básicos de design de moda. Logo, deixou a casa de seus pais para trabalhar em uma alfaiataria na cidade de Vichy, onde começou a costurar vestidos. Aos 24 anos, Cardin tornou-se chefe da oficina de Christian Dior e, 3 anos depois, fundou sua própria casa de moda, que logo se tornou famosa no mundo todo.

Se você tivesse a oportunidade de se tornar um estilista, usaria seu nome como marca ou inventaria algo original?