Qual a diferença de idade ideal para que um relacionamento seja duradouro, segundo a ciência

Relacionamento
há 6 meses

O amor é tema de inúmeras canções e poemas, mas poucas questões são tão intrigantes quanto a busca pela “fórmula” que torna um relacionamento duradouro e bem-sucedido. Até mesmo a ciência tem se dedicado ao assunto, e um estudo recente sugere que a diferença de idade entre os parceiros pode desempenhar um papel crucial na estabilidade e harmonia de uma união. Neste artigo, exploraremos a descoberta científica que esclareceu as idades ideais para que um romance floresça e se mantenha forte ao longo do tempo.

O que diz o estudo

Conduzido pela Universidade Emory, nos Estados Unidos, o estudo analisou 3.000 uniões matrimoniais. O que foi descoberto por eles pode chocar algumas pessoas, ao mesmo tempo que apenas confirma a suspeita de outras: segundo os especialistas, quanto maior a diferença de idade entre um casal, maior é a chance de divórcio.

A partir da análise dos resultados, foi descoberto que casais com cinco anos de diferença de idade têm 18% mais chances de se divorciar do que casais com idades mais próximas. Se a diferença é de dez anos, a probabilidade já pula para 39%. Se 20 anos separam os pombinhos, eles acabam se separando em nada mais, nada menos do que 95% das vezes.

Afinal, qual é a diferença de idade correta para que um relacionamento dê certo?

De acordo com os cientistas que conduziram o estudo, a diferença de idade ideal para que um casal fique junto por mais tempo é de um ano ou menos. De todos os pares analisados, foi concluído que as chances de separação para casais que nasceram com 12 meses ou menos de diferença eram de apenas 3%.

Desafios enfrentados por casais com grande diferença de idade

Todos os casais passam por seus desafios, mas algumas pedras no caminho são mais comuns para aqueles que têm idades afastadas. Por exemplo, a sociedade muitas vezes acredita que a pessoa mais nova está “explorando” a mais velha, principalmente quando a parte mais madura da relação é bem-sucedida e tem uma boa condição financeira.

Outro desafio muito comum é não conseguir se identificar com as amizades do parceiro ou parceira. A pessoa mais velha pode achar os amigos da mais nova muito imaturos, enquanto o lado mais jovem da relação pode ter a impressão de que os amigos do seu cônjuge são muito sérios. Não conseguir se divertir e ter um bom vínculo com os conhecidos do outro pode causar problemas significativos a longo prazo. Além disso, simplesmente estar em diferentes estágios da vida também pode ser um grande empecilho.

As adversidades mencionadas acima também podem surgir em casais que compartilham a mesma idade. Afinal, experiências divergentes podem levar pessoas a trilhar caminhos completamente distintos, tanto no âmbito amoroso quanto profissional. Contudo, é incontestável que a diferença de idade pode amplificar a falta de identificação em muitos casos.

Pontos para levar em consideração

Se você está entrando em um relacionamento com um parceiro mais novo ou mais velho, alguns pontos podem ser avaliados para saber se vocês terão uma parceria de sucesso. Observe se a pessoa tenta esconder que está namorando, critica muito suas amizades e tenta te controlar em vários aspectos da sua vida.

Também preste atenção na reação das pessoas mais próximas de você. Se aquelas amizades de longa data ou sua família não aprovam a união, talvez seja bom repensar. Muitas vezes, esses sinais são o prelúdio de um relacionamento que não vai durar ou que vai deixar uma das partes infeliz. Além disso, é sempre bom colocar as cartas na mesa e saber se vocês compartilham dos mesmos objetivos de vida, mesmo com a diferença de idade.

Apesar das ressalvas dos especialistas, casais com idades bem diferentes são muito comuns tanto no nosso dia a dia, quanto no mundo dos famosos. Vários deles, inclusive, já falaram com orgulho de como suas uniões são muito saudáveis.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados