Pai herói perdeu tudo o que tinha para salvar suas gêmeas de 18 meses de um incêndio

Gente
há 1 mês

Quando o perigo bate à porta, o que um pai é capaz de fazer? Esta é a história de Ray Lucas, um homem comum que se viu diante de uma situação extraordinária. Em um dia que começou como qualquer outro, Ray teve que enfrentar o inimaginável para salvar suas filhas gêmeas de um incêndio devastador. Prepare-se para uma jornada de coragem, amor incondicional e a prova definitiva do instinto paternal.

Como um dia normal se transformou em um pesadelo

Ray Lucas, um jovem de 23 anos, e sua namorada Shi’Ann Brown voltavam de uma ida rápida à loja de conveniência para comprar leite quando se depararam com uma cena aterrorizante: sua casa em Michigan estava em chamas e suas filhas gêmeas estavam presas lá dentro. A mãe de Ray, que estava cuidando das meninas de 18 meses, estava em pânico no quintal da frente, tentando conseguir ajuda para as suas netas.

Correndo contra o tempo: o resgate das gêmeas

O fogo se espalhava por três andares da casa, incluindo o porão onde as gêmeas Malaysia e Milan estavam no berço. Ray não tinha certeza se o corpo de bombeiros chegaria a tempo. Então, ele mergulhou no prédio em chamas, descobrindo rapidamente que não conseguia ver nada por causa das chamas. Mas ele conhecia bem o caminho e seguiu para o porão.

Ray conta que agiu sem pensar muito nas consequências: “Fiquei sem palavras. A ação tomou conta de mim. Corri para dentro da casa para pegar minhas bebês.” Ele acrescenta: “Eu estava olhando como um pai. Fiz tudo o que qualquer outro pai faria ou deveria fazer.”

Ao chegar ao berço e fazer contato físico com suas filhas, ele disse: “Fiquei tão feliz que elas estavam respondendo.” Uma das meninas estava em pé no berço e a outra estava deitada, mas ambas estavam quietas. Ele acredita que suas filhas estavam em choque devido ao fogo e à fumaça ao redor delas.

Ray pegou suas filhas, segurou-as contra o peito para protegê-las e fez o caminho de volta para cima e para fora, retraçando seus passos na fumaça cegante. Ele entregou suas filhas à sua mãe e então percebeu que sua sobrinha também ainda estava presa no segundo andar da casa. Ray correu de volta para dentro e não conseguiu encontrá-la, então foi para o quintal e viu sua sobrinha através da janela do segundo andar.

A foto acima mostra a janela onde a menina estava. Ansioso por salvá-la também, Ray gritou para a sobrinha pular pela janela e a pegou com as mãos. Ele disse: “Fiquei extasiado que minhas bebês estavam bem e que todos conseguiram sair da situação. Não perdemos ninguém.”

O herói da família ganha uma segunda chance

No entanto, seu heroísmo teve um preço. “Meus braços queimaram, ambas as orelhas queimaram, o lado direito do rosto queimou e meu pescoço estava queimado”, disse Ray. Ele teve queimaduras de segundo e terceiro graus e, por três dias, Ray ficou cego porque suas córneas foram danificadas e incharam devido à exposição à fumaça. Em um momento, os médicos disseram a Ray que ele poderia não recuperar a visão, embora ele tenha conseguido.

“Minha visão, eu sinto, voltou ao normal, poderia estar melhor”, disse Ray. Mas ele observou que suas queimaduras o impediram de fazer coisas cotidianas. As gêmeas Malaysia e Milan também sofreram queimaduras graves. Ambas foram levadas para tratamento na UTI do Hospital Infantil de Michigan.

Milan teve queimaduras de segundo e terceiro graus na parte de trás das pernas e nos pés. Malaysia teve queimaduras de segundo a terceiro grau nos olhos, bochecha e braços. Ela precisa passar por treinamento físico e exercícios para recuperar a mobilidade em seus braços e soltar suas articulações.

Tanto Ray quanto suas filhas passaram cinco dias na unidade de terapia intensiva. No entanto, os médicos disseram ao pai que as queimaduras desaparecerão com o tempo, desde que sejam tomadas as devidas precauções. Embora suas lesões o tenham machucado fisicamente, Ray disse que está abalado: “Foi muito para mim mentalmente. Nunca estive em uma situação como essa antes.”

Reconstruindo a vida: o desafio após a tragédia

Ray e sua família perderam sua casa e todos os seus pertences. Embora a causa do incêndio ainda esteja sob investigação, o corpo de bombeiros informou que a fundação da casa estava arruinada. “A casa não queimou completamente, mas está condenada. Todos os pertences de todos se foram devido ao dano causado pela fumaça ou pelas chamas”, disse Ray.

Além disso, as contas médicas foram muito caras, segundo Ray. “Ainda não é real para mim... a situação ainda é tão surreal para mim”, disse Ray. No entanto, a comunidade se uniu à sua causa. Sua tia, Gwendolyn Powell-Dixon, criou uma página no GoFundMe para ajudar a família a reconstruir suas vidas com o objetivo inicial de arrecadar R$ 200 mil. A campanha já se encerrou com mais de 13 mil doações, somando quase R$ 2,5 milhões para esse super pai!

Ray Lucas e Shi’Ann Brown, os pais das gêmeas Malaysia e Milan, continuam a se recuperar física, mental e emocionalmente do trauma. A família está em busca de uma nova casa e de suprir as necessidades de curto e longo prazo das bebês, além de pagar por suprimentos médicos e contas hospitalares. Eles garantem que usarão as doações e contribuições sabiamente para atender às suas necessidades e não têm palavras para expressar a gratidão pelo apoio recebido.

A coragem de Ray Lucas para salvar suas filhas e sobrinha é realmente admirável. Porém, algumas pessoas estão dispostas a arriscar suas vidas por outros seres vivos, como cachorros!

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados