O que fazer se você estiver no caminho de um perigoso tornado de fogo?

Dicas
há 7 meses

O ar está seco e o vento está fora de controle. Você se sente como se estivesse diante de uma lareira. Mas não, está no seu quintal prestes a preparar um belo grelhado quando de repente vê as árvores tremendo incontrolavelmente. As folhas caem como confete. O vento acabou de levar embora sua última peça de roupa lavada.
Você olha em volta e todos estão confusos e assustados também. À distância, vê um horizonte vermelho de fogo na floresta e um grande vórtice tocando o céu. Você larga tudo e para pra ver isso. E terá sorte se escapar de um tornado, pois eles geralmente se movem a cerca de 50 km/h, mas podem chegar a até 110 km/h.

Imagine fugir de um tornado gigante, vindo na sua direção na velocidade do Usain Bolt! As estradas estão lotadas de pessoas tentando encontrar abrigo ou simplesmente sair da cidade. Você entra no carro e tenta dar a partida, mas o vento derruba uma placa, que quebra seu para-brisa! De qualquer forma, um grande tornado é forte o suficiente para tombar o seu carro completamente! Você tem que ir a pé.
Melhor, vá para a casa do seu amigo. Ali tem um porão profundo, abastecido com mantimentos. Sempre que um tornado passar voando, tente se proteger em algum lugar no subsolo. Se você não tem um porão, evite todas as janelas e tente ficar embaixo de algo resistente para se proteger.

Você está correndo para a casa desse amigo. Tudo ao seu redor está sendo varrido por ventos insanos. Mas quando você se vira, vê o tornado ficando avermelhado. Mal consegue ver, por causa dos destroços, mas o vórtice giratório... Está... Bem, está pegando fogo! É um tornado de fogo! Esses ventos de chamas girando podem atingir 225 km/h e ter entre quatro e meio e 45 m de altura e até 150 m de largura. Esses monstros ocorrem quando toneladas de fumaça começam a girar, e então a tempestade passa a agir como um tornado!
A propósito: minitornados de fogo podem ocorrer até mesmo em uma fogueira e são chamados de redemoinhos de fogo. Da próxima vez que for acampar ou acender a lareira da sua sala de estar, dê uma olhada. Você pode ver um girando ali. De qualquer forma, ele está cada vez mais perto, jogando cinzas por toda parte.

Já está muito difícil ver para onde ir. Você usa as mãos para abanar um pouco da fumaça e das cinzas que voam em volta do seu rosto... Mas é inútil. Então continua correndo o mais rápido que pode até avistar um caminhão enorme, estacionado bem ali no meio da estrada! Você rasteja por baixo.
É um daqueles caminhões com cerca de 20 rodas, que parecem tão grandes e pesados ​ de perto. Então você ouve um som de rangido e um zumbido. As rodas... Parecem mágicas. Suavemente, elas começam a se levantar do chão, como se o caminhão fosse parte de um show de mágica de Las Vegas. Conforme o tornado se aproxima, as rodas sobem ainda mais. É melhor estar longe daqui quando o caminhão cair de volta no chão... Então você sai rastejando e continua correndo. E encontra uma loja de conveniência para se proteger, tomando cuidado para não ficar muito perto do vidro.
Você entra na loja o máximo que pode, para esperar que tudo isso acabe. Mas ao seu redor a terra está queimando. Este furacão inflamado é um monstro e está avançando na sua direção. Você olha ao longe e vê outro tornado de fogo, destruindo outra parte da cidade.

Para que um tornado se forme, ele precisa de um espaço aberto. É por isso que muitos dos tornados que vemos no noticiário acontecem na mesma região dos EUA, onde não há muitas montanhas e é plana. Mas é claro, eles podem acontecer em qualquer lugar. Não é normal vê-los nos movimentados centros das maiores cidades da América. Eles precisam de muito espaço aberto para que o vórtice em rotação se forme. Mas hoje não é um dia normal.
Um tornado se forma em uma tempestade de supercélulas. É quando você tem duas temperaturas diferentes de ar. O vórtice que se vê nos tornados se forma quando o ar quente e a umidade entram por cima... Por baixo... É uma bagunça. O resultado final é a enorme nuvem em funil e espiral que vemos em todos os filmes de tornado. Os meteorologistas podem prever esses fenômenos de alguma forma, monitorando a quantidade de umidade no ar. Cada segundo conta, então mantenha a TV ligada na próxima vez que houver uma tempestade perto! Mas isso realmente não se aplica a um tornado de fogo.

Os ventos estão ficando mais fortes e você está sentindo o calor, mesmo dentro da loja. Lá fora, lança-chamas em espiral queimam tudo pelo caminho. Pode ser tarde demais para encontrar um abrigo subterrâneo. Você improvisa uma maneira para se proteger, escondendo-se embaixo da caixa registradora.
E agora... Você não consegue ver nada. Há cinzas por toda parte e as janelas estão todas quebradas. Obrigado, tornado! As cinzas são uma das partes mais perigosas de um tornado de fogo, a menos que você não esteja respirando ou vendo de perto. Sua melhor opção seria ficar o mais abaixado possível. Como a fumaça sobe, quanto mais embaixo, mais oxigênio pode haver lá. Percorrer o seu caminho rastejando impedirá que você seja atingido por objetos voando ou detritos.
Os incêndios estão se espalhando e há muito mais fumaça. As árvores do lado de fora pegaram fogo e há brasas acesas até onde a vista alcança. Elas podem viajar mais de um quilômetro e causar incêndios por conta própria. Agora está realmente ficando louco! As coisas na loja começam a voar, como se a fumaça já não fosse ruim o suficiente. Você se sente como se estivesse dentro de um vulcão em erupção cheio de lanches!

É apenas uma questão de tempo para que a mesa sob a qual você está se escondendo seja puxada para cima pelos ares. O som dentro da loja é intenso, é como sentar ao lado de um motor a jato. Você não sabe se está suando de calor ou de adrenalina. Mas de repente vê alguém do outro lado da loja acenando, tentando lhe dizer algo... Ali tem um depósito subterrâneo! É a salvação! Mas chegar lá será um verdadeiro problema. Você vê os parafusos da mesa se soltando, pronta para voar pelos ares! Então encontra uma garrafa de água ao seu lado e rasga um pedaço do tecido da sua camisa.
Ao usar um pano úmido, é possível filtrar parte das coisas desagradáveis ​​do ar para ajudá-lo a manter a respiração. Então, você rasteja para sair de baixo da mesa e segue para o depósito subterrâneo. Mas o chão está cheio de vidros quebrados, e há latas e outras coisas por toda parte. Até elas estão começando a esquentar! Você rasteja como uma preguiça, tentando evitar qualquer coisa pontuda. O tornado de fogo ainda está lá fora e chegando cada vez mais perto.

Você finalmente consegue e o balconista o puxa escada abaixo. Está escuro, mas há uma única lâmpada alimentada por bateria para ajudá-lo a ver. Quando se trata de tornados de fogo, o melhor é apenas esperar. A maioria dessas tempestades não dura tanto tempo. Então, você relaxa, ou tenta, e lava o rosto em uma pia próxima. Limpa toda a cinza preta e respira normalmente de novo.
Mas, à medida que fica um pouco mais relaxado, você sente o chão tremer. Tudo ao seu redor começa a cair. Você e o balconista se escondem atrás de uma pilha de enlatados. Então, o tornado se intensifica. A loja acima é erguida do chão! As únicas coisas que sobraram foram as fundações de aço e concreto... E alguns pilares aleatórios. A porta de aço que os separa do lado de fora mal consegue ficar presa. Você consegue ver os parafusos se soltando. Na verdade, vê o fogo entrando no depósito! Tudo ali dentro cai em um instante. O vento está ainda mais forte do que antes!

Mas, então, acabou. Esses poucos minutos pareceram horas. Você e o balconista saem e veem... Bem, não há muita coisa, para ser honesto. A loja de conveniência parece que foi arrancada do chão como se fosse um band-aid! E, ao seu redor, a cidade que nem dá mais para reconhecer. O grande problema com esses tornados de fogo são os incêndios que deixam para trás. Eles podem arruinar cidades, florestas, fazendas... E vidas.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados