E se você ficasse com seus fones de ouvido ligados para sempre

há 7 meses

Bateria, baixo, bateria, baixo. Andando pela rua com fones de ouvido... Tentando parecer descolado. Por dentro, porém, você está morrendo de medo.
5 minutos atrás, percebeu que seus fones de ouvido estão presos dentro das orelhas. Não é brincadeira, você tenta puxá-los para fora, mas eles não se mexem. A música também não está ajudando.
Parece que eles fazem parte da sua cabeça. Aqueles fones de ouvido bonitinhos com bluetooth, de alguma forma foram moldados nos seus ouvidos! Quando isso aconteceu?
Você se manda para casa e tenta puxá-los de novo, com mais força desta vez. Ah, mas não adianta... É como tentar arrancar seu dedo. Só há uma coisa a se fazer. Dormir e torcer para que amanhã tudo se resolva de alguma forma. Boa noite!

5 da manhã. Você se senta. E sente dor. Você dormiu a maior parte da noite sobre o seu lado esquerdo, basicamente empurrando o fone de ouvido ainda mais para dentro! Agora está tão dolorido, que você nem consegue encostar ali! Sem tempo para o café da manhã, você sai de casa correndo e pega uma carona até o hospital mais próximo.

O médico parece que acabou de ver um fantasma, isso não é um bom sinal. Ele admite que nunca viu nada parecido na vida.
O raio-X confirma isso: os fones de ouvido tornaram-se parte do seu crânio e não há nada que se possa fazer. Ele diz para você não dormir mais de lado e não ouvir muita música.
“Falando em música”, ele pergunta: “A qual dispositivo você está conectado agora?” Você aponta para o seu telefone. Então sua música favorita toca... Estranho.

Você olha para o médico e, naquele exato momento, sua música muda para uma batida pop mais animada. Essa música nem está na sua playlist! É horrível... ah, deixa pra lá. Ela se desliga sozinha. Não, espere. Você fez isso! Você acabou de parar a música com a sua mente! Incrívellllllll!
Você sai do hospital e vai para casa ouvindo uma música triste. Começa a chover, e você sente que sua vida está arruinada. Como vai sobreviver com fones de ouvido presos assim?

Todos aqueles pensamentos negativos e: PÁ! Outra música. Mas, desta vez, você não fez nada. Então, de quem é a música que você está ouvindo? Você percebe um cara andando bem na sua direção. Você para e espera que ele passe. Quando ele está a meio quarteirão de distância, a música para. Uma mulher com roupas estilosas e fones de ouvido se aproxima e de repente você ouve indie rock. Agora você para em um semáforo... E ouve 5 gêneros musicais diferentes, todos ao mesmo tempo! O que está acontecendo?

Com o poder da sua mente, você transforma todo aquele ruído em uma música suave. Um skatista passa. Você ouve um velho rock de garagem. “Espere um minuto... Eu consigo ouvir as playlists das outras pessoas!”. Você não se sente mais tão triste, e sim como um super-herói! Não é o maior superpoder, mas ainda assim, aceita.
Você passa por um canteiro de obras e olha para um jovem levantando toras de madeira. Você ouve um agradável dubstep. Então, o cara que opera o guindaste chama sua atenção. Começa a tocar música country nos seus fones de ouvido.

Você anda pela calçada e ouve as músicas preferidas de todos os pedestres. Há uma velhinha de óculos saindo de uma loja de departamentos. Você olha para ela, ela pisca. Então você começa a ouvir hip-hop! Ei, vovó!

Você vai adiante e vê uma linda mulher. As nuvens se dispersam e os raios de sol pegam no rosto dela. Ela suavemente sorri. Você vê os fones de ouvido nas orelhas dela... Uau! Parece que um laser passou direto pelo seu cérebro! Ela está ouvindo algum tipo de rock pesado, no volume máximo.

No final do dia, você está exausto de ouvir as playlists das outras pessoas. É hora de um merecido silêncio. Suas orelhas coçam muito, e você não consegue colocar os dedos lá. A pele delas está ficando meio irritada. Este superpoder está piorando a cada minuto.

No dia seguinte, você tenta lavar as orelhas, então coloca água... Mas não sai nada. Isso não é nada bom. A umidade excessiva no seu ouvido pode fazer com que muitas bactérias apareçam e fiquem por ali.

Você começa a se sentir estranho e acaba voltando para o hospital. O médico diz que vai ser impossível viver assim por muito tempo. Os fones de ouvido irritam sua pele, as células não recebem oxigênio suficiente... Toda essa sujeira e atividade dos micróbios podem prejudicar seriamente sua audição.

Ok, hora da coisa ficar séria. Você contrata um cientista maluco para criar bastões eletrônicos ultrafinos para limpeza dos ouvidos. Cada tubinho é flexível e fino o suficiente para passar pelos fones de ouvido. Um bastão remove todas as bactérias com um desinfetante e refresca o ouvido para que não inche muito. O segundo bastão é como um minissecador de cabelo, dando um jeito em qualquer umidade extra lá dentro.
Isso tudo significa ir ao médico duas vezes por semana! Depois de um mês, você descobre que sua audição está piorando, pouco a pouco. Esses bastõezinhos não estão ajudando nada!

Sua vida começa a parecer uma playlist aleatória constante. Você não consegue mais dormir a noite toda. Às 3 da manhã, um carro passa e você escuta uma música pop peculiar. Os vizinhos chegam tarde em casa e acordam você com uma playlist épica dos anos 80 do tipo “sobrevivemos mais um dia”.
Você consegue controlar o que ouve, mas apenas se estiver acordado. É hora de tomar medidas drásticas. Você aluga uma casa na extremidade de uma floresta, onde ninguém possa incomodá-lo.
Agora que você consegue finalmente dormir, começa a perceber que é muito interessante ouvir a música das outras pessoas. Você começa a entendê-las muito melhor.

Você tem um amigo que está sempre brincando e que adora se divertir. Mas, por alguma razão, a playlist dele tem músicas tristes e pra baixo. Um dia você decide falar com ele com sinceridade e descobre que ele está realmente infeliz, mas que se acostumou a se esconder atrás de uma máscara de engraçado. Depois de algumas semanas saindo juntos, você começa a ouvir uma boa música mais positiva no telefone dele. Ei, VOCÊ fez isso!

Logo, você decide pausar a música. Agora ouve podcasts e cursos educacionais em áudio. Você aprende novos idiomas incrivelmente rápido, já que pode ouvir 24 horas por dia! Você gosta de tudo, desde palestras de física quântica a entrevistas com pilotos de Fórmula 1. Seus fones de ouvido tornam você incrivelmente inteligente.
Um dia, enquanto ouve aulas sobre fontes de energia renováveis, você começa a se perguntar... Como seus fones de ouvido ainda estão carregados? Eles não deveriam ter desligado há muito tempo? Ãã...

Você vai até o centro de pesquisa em física mais próximo e conta aos cientistas sobre seu caso inusitado. Depois de muita pesquisa, eles descobrem que seus fones de ouvido obtêm energia de minúsculas descargas elétricas criadas pelo seu corpo. Eles também dizem que a sua pele e a cartilagem se fundiram à borracha e ao plástico dos fones de ouvido. Eles agora são oficialmente uma parte orgânica do seu corpo! Seus ouvidos se adaptam às novas condições e desenvolvem seu próprio sistema imunológico.
Você não precisa mais ir ao médico para fazer a limpeza. Tudo o que precisa fazer agora é limpar a parte externa dos fones de ouvido. Acabou essa de se preocupar com a sua saúde 24 horas! Uau!

Uma noite, você está ouvindo música clássica e, de repente, ela desliga. Você ouve um som abafado bizarro... São vozes humanas? Ou algum tipo de máquina ou animal? Não, definitivamente são vozes. Mas o som é muito baixinho, muito falhado... Você não consegue entender do que estão falando. No começo não te incomoda muito, mas as vozes começam a te visitar todas as noites. Elas falam línguas diferentes... Isso é simplesmente aterrorizante, e você está assustado.

Será que está enlouquecendo? Você tem medo de dormir com as luzes apagadas.
Um dia, você acorda com o som de centenas de vozes diferentes! Elas estão gritando... Ou rindo, ou pedindo algo. Você sai do quarto correndo e vai até a sacada para pegar um pouco de ar fresco. De repente, bum. As vozes param e tudo o que você ouve é um jazz suave. Você sai.
Logo está no meio de uma floresta, sem ninguém por perto. Você percebe que o volume e a qualidade do som mudam continuamente conforme os seus passos. Você olha para cima... Há uma antena enorme. Uau, seus fones de ouvido devem estar conectados a ela de alguma forma. Você estava ouvindo rádio o tempo todo!

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados