Como combinar corretamente a meia-calça com roupas e calçados

Dicas
há 11 meses

A primeira meia-calça no estilo da que conhecemos hoje surgiu nos Estados Unidos, na década de 1960. A invenção, felizmente, coincidiu com o auge da moda da minissaia. Antes disso, as mulheres precisavam usar meias, e os vestidos curtos exigiam a utilização das traiçoeiras ligas.

Hoje, as meias-calças formam uma parte importante do guarda-roupa feminino, mas estilistas, blogueiros de moda e as consumidoras ainda discutem sobre a melhor forma de usá-las.

É possível que você já tenha visto modelos e manequins nas lojas vestidos dos pés à cabeça, mas sem meia-calça. Portanto, as moradoras sobretudo das regiões frias precisam escolher a meia-calça correta por conta própria.

Nós, do Incrível.club, resolvemos investigar quais são as regras que envolvem o uso dessa peça, e quando elas são opcionais ou mesmo proibidas.

Na verdade, não existem regras muito rígidas para o uso de meia-calça, já que as tendências de moda mudam a cada temporada. Por isso, você pode sentir-se livre para experimentar. No entanto, para exibir um look bem pensado, é bom conhecer alguns detalhes, pautas e tabus da moda.

Ao escolher sua meia-calça, preste atenção ao seguinte:

  • A situação ou o estilo de roupa a ser usada (trabalho no escritório, festa formal ou informal, passeio pela cidade, etc.).
  • Sua idade.
  • Tendências de moda e suas preferências pessoais.
  • Condições climáticas.

Regras gerais

Embora estejamos vivendo na Era da experimentação em relação às roupas, é melhor seguir a seguinte regra: quanto mais grossa for a meia-calça, mais grossa deve ser a roupa, e mais pesados devem ser os calçados. Algodão fino e materiais sintéticos combinam com meias até fio 40: peças de fio até 20 são consideradas finas, enquanto as de fio 40 são para primavera e outono. As opções mais grossas e quentinhas casam bem com saias e vestidos tricotados, em lã ou jeans. Mas lembre-se que mais muito grossas não combinam com um look de negócios.

Não queira economizar na qualidade das meias-calças. Os produtos baratos rasgam e esticam com facilidade, criando um efeito pouco atraente. Sem falar que as meias finas e baratas em tons naturais costumam ter o problema da cor distribuída de maneira desigual.

Elimine da sua lista de compras as meias com efeito bronzeado ou com brilho.

E não esqueça das condições climáticas. Caso esteja calor na rua, você não vai precisar de meia-calça. Se for tímida, use calça ou uma saia mais comprida.

Durante a temporada de frio, as meias-calças não te deixarão mais atraente, sem falar que você pode pegar um resfriado. Caso vá ficar na rua por alguns minutos, indo de casa para o carro, do carro para o escritório, etc., você pode usar meias de fio 20. Se, durante o outono ou fim da primavera, não estiver fazendo tanto frio, evite as meias-calças pretas e grossas.

Nunca use meia-calça com meias por cima delas (a exceção é se você usar meia para evitar o desgaste da meia-calça, mas isso só vale com botas ou calçados fechados).

Meias-calças brancas costumam aparecem em desfiles de moda, mas na vida cotidiana, são difíceis de serem combinadas. Em muitos casos, elas são associadas a roupas de crianças.

Combinação com o calçado

Ainda que pareça estranho, a combinação de meia com calçado aberto não chega a ser um tabu. O mais importante é observar certas condições:

  • O calçado deve ter salto.
  • A meia-calça não pode ser na cor da pele.
  • As costuras ou reforços nas pontas, presentes na região dos dedos, não podem ficar visíveis.
  • As meias-calças não podem ser transparentes, e a alternativa “de inverno” também não serve.

Combinando sandálias abertas e meia-calça você pode criar um look informal de ares grunge ou, o contrário, um visual para um coquetel à noite.

As peças não necessariamente precisam ser de cores idênticas.

As meias-calças, sejam qual for sua densidade, não devem ser usadas com calçados leves sem salto: bailarinas, mocassins, sandálias, por exemplo. Contudo, a combinação com tênis vem ganhando cada vez mais popularidade entre as mulheres, justamente por dar um toque moderno a um look casual. Meias-calças mais grossas combinam com calçados fechados, botinas e botas.

Durante muito tempo, considerou-se que os calçados deveriam ser mais escuros que as meias-calças. Mas hoje, estilistas ousados jogaram essa regra no passado. Porém, em alguns casos, você precisará dar atenção especial à combinação de cores: meias-calças e sapatos na mesma cor podem acabar deixando seu visual um tanto ridículo. Por outro lado, meias-calças grossas e calçados pretos combinam bem e alongam as pernas.

Сores básicas

Blogueiros de moda e estilistas continuam discutindo sobre a possibilidade do uso de meias transparentes. Muitas mulheres consideram tais peças ideais para usar no escritório. O mais importante é lembrar que meias-calças transparentes foram criadas para dar a impressão de que não há nada envolvendo suas pernas. As outras, pelo contrário, devem mostrar que suas pernas estão cobertas. Portanto, prefira cores mate, que combinem com o tom da pele. Antes de comprar meias-calças novas, confira as fotos na embalagem e ou no site do fabricante, ou então use as tabelas de cores. E lembrando: em reuniões de trabalho, é melhor não usar meias-calças transparentes.

Meias-calças pretas são um elemento polêmico do guarda-roupa. Por um lado, parecem ser universais, se ajustando a qualquer peça. Por outro, podem fazer um contraste com seu vestido claro, dando um ar agressivo ao look. As meias-calças pretas e grossas complementam o estilo cotidiano, mas o nylon fino de cor preta pode destruir sua aparência caso esteja indo a uma renião de negócios ou um evento festivo.

Em vez do preto, para atender aos requisitos do código de vestuário vigente na maioria dos ambientes de trabalho, prefira cores interessantes, mas não chamativas: grafite, antracite (a cor do asfalto molhado), mocha. Elas podem ser combinadas com peças escuras e claras. As meias-calças finas não sobrecarregam o look, apenas mostram que suas pernas não estão nuas.

Meias-calças em cores diferentes

Meias-calças em cores fortes sempre dão um ar de informalidade ao look, então é preciso levar em consideração a situação em que usará esse visual. É difícil combinar corretamente modelos coloridos com peças diferentes. Caso esteja em dúvida com relação a sua escolha, siga as seguintes dicas: não misture mais de 3 ou 4 cores e combine tons quentes com os quentes, e frios com os frios.

E sempre melhor evitar comprar meias-calças transparentes com desenhos. Até porque estampas nas meias podem dar a impressão de que suas pernas estão cobertas por hematomas e arranhões. Por outro lado, meias-calças transparentes com imitações de tatuagens e que chegaram ao mercado há pouco tempo podem ser úteis para criar um look específico, para uma festa, por exemplo. A chave nesse caso é escolher as proporções corretas.

Meias-calças com desenhos e estampas vão bem com peças de roupa de uma única cor. A opção ideal de estampa são as bolinhas: elas ficam interessantes e não chamativas.

Meias arrastão ou com costura atrás são imprescindíveis no guarda-roupa da mulher que quer criar looks realmente elegantes. Mas não a use com minissaia, vestido aberto, calçado aberto ou pesado demais.

Meias-calças e o comprimento da saia

Usar meias-calças finas com uma minissaia e jaqueta curta quando a temperatura cai não é muito apropriado: além de não ser muito elegante, você não estará protegida do vento frio. Quando o tempo esfriar, aposte em meias-calças com saia curta e um casaco mais longo.

Que tipo de meia-calça você prefere? Tem suas próprias regras sobre combinações entre meias-calças, calçados e roupa? Comente!

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados