Alonguei meus músculos 10 minutos por dia durante 1 mês (os resultados foram surpreendentes)

há 1 ano

Desde a minha primeira aula de educação física na escola primária, ouvi muitas coisas boas sobre o alongamento muscular. Mas confesso que não levei essas informações muito a sério naquela época. Quando fiz 30 anos, comecei a sentir dores nas costas de vez em quando. Nenhum medicamento que tomei me ajudou, por isso tive de encontrar outras soluções. Foi quando decidi fazer uma experiência e incorporar o alongamento à rotina diária. Cumpri essa rotina 10 minutos por dia durante um mês e agora posso notar algumas mudanças inesperadas no meu corpo.

Especialmente para o Incrível.club, gostaria de compartilhar os resultados que notei após essa experiência e espero realmente incentivar os leitores a seguirem o meu exemplo.

Minha rotina de alongamento:

  • Dobrar a cabeça em direção ao joelho: Sente-se no chão com a perna direita estendida para o lado, o joelho esquerdo dobrado e a sola do pé esquerdo perto da coxa direita interna. Vire para o lado direito e pegue o pé direito com as duas mãos. Mantenha a posição por 60 segundos, depois mude de lado.
  • Pose do sapo: Com os pés no chão, sob os glúteos e os joelhos afastados, levante as nádegas e caminhe com as mãos para a frente ao longo do chão o máximo que puder. Deixe as pernas se separarem até sentir um alongamento nas coxas. Mantenha essa posição por 2 minutos.
  • Pose de cobra: Deite-se de barriga para baixo, estique as pernas para trás e coloque as mãos no chão, sob os ombros. Levante a parte superior do corpo do chão, endireitando os cotovelos. Mantenha essa posição por 2 minutos.
  • Posição do cachorro olhando para baixo: coloque as mãos e os pés no chão, afastados da largura dos ombros. Mantendo os braços e as pernas retos, procure sustentar essa posição por cerca de 2 minutos.
  • Giro sentado de espinha dorsal: Sente-se no chão e estenda as pernas à sua frente. Dobre o joelho esquerdo e coloque o cotovelo direito sobre ele. Coloque a mão esquerda no chão atrás e olhe por cima do ombro esquerdo. Mantenha a posição por cerca de 60 segundos, depois troque de lado e repita o movimento.

Os resultados obtidos:

8. Comecei a dormir melhor

dor nas costas não era meu único problema antes do experimento. Também tive alguns problemas para dormir muito chatos. Insônia e cansaço ao despertar eram situações bem conhecidas. Mas eu realmente não esperava que o alongamento me ajudasse a descansar melhor.

Acontece que o alongamento antes de ir para a cama pode aliviar a tensão muscular e evitar cãibras que interrompem o sono. Quando não há nada que o incomoda à noite, a qualidade do seu sono melhora e você se sente mais descansado pela manhã. Então, parei de tomar chá de camomila. Alongamento é o melhor remédio!

7. Finalmente sinto meu próprio corpo

É claro que o alongamento é uma maneira ótima de obter um ótimo corpo. Mas esse não é o ponto aqui. Para mim, exercícios de alongamento se tornaram uma maneira de recuperar meu corpo.

Quando você passa o dia todo sentado no escritório, literalmente não sente suas pernas na volta para casa. Comigo era assim. Mas, quando comecei com essa rotina, percebi que meu corpo precisava da minha atenção mais do que eu imaginava. Essa maior consciência corporal que se desenvolveu como resultado do alongamento me permitiu continuar alongando de maneira mais inteligente, trabalhando os músculos mais fracos e que precisavam de tonificação.

6. Sinto-me menos sedentária

Eu costumava ter problemas para ficar acordada durante o meu longo e árduo dia de trabalho. Por volta da metade da tarde, me sentia tão lenta e inativa que tudo o que eu podia fazer era pensar em procurar um lugar onde pudesse tirar um cochilo enquanto meu chefe estava ocupado com outras coisas.

alongamento feito diretamente na minha mesa de trabalho por 10 minutos todo dia me ajudou a aumentar significativamente o nível de energia. Já não me sinto inativa. Pelo contrário, a minha produtividade no trabalho melhorou e adotei o hábito de caminhar durante a minha hora de almoço. Adeus, cansaço do meio-dia!

5. Minha dor nas costas desapareceu

A dor constante nas costas foi o que me fez começar o experimento. Eu sempre ouvia que o alongamento ajuda a curar e a prevenir a dor na lombar, fortalecendo os músculos e reduzindo o risco de tensão muscular. Surpreendentemente, isso era verdade.

Como uma pessoa que tem de estar sentada a maior parte do tempo, que não tem tempo para fazer uma rotina de exercícios todos os dias, tive de escolher algo que pudesse reduzir a rigidez nas minhas costas e restaurar a mobilidade dos meus músculos glúteos sem tomar muito tempo Descobri que o alongamento foi uma ótima escolha.

Depois de um mês fazendo exercícios de alongamento, finalmente me sinto aliviada. Não sinto mais dor. Além disso, meus músculos se tornaram mais fortes e não há mais nós em meus ombros.

4. Meus exames de sangue melhoraram

Alguns estudos mostram que os exercícios de alongamento também ajudam a reduzir o colesterol e a manter os níveis de glicose controlados, evitando o endurecimento das artérias e aumentando o fluxo sanguíneo em todos os órgãos internos. Então, também decidi testar esse ponto.

Antes do experimento, eu realmente não me importava com minha saúde. A falta de exercícios regulares, maus hábitos alimentares e sedentarismo contribuíram para o meu colesterol alto e níveis de açúcar também elevados. No entanto, o alongamento diário me ajudou muito: os resultados dos exames de sangue voltaram ao normal.

3. Minha coordenação melhorou

“O alongamento pode prevenir a tensão muscular e fazer seu corpo se sentir equilibrado novamente”, foi o que li há um mês. Bem, não posso dizer que tive alguns problemas de coordenação no passado: se você ficar parado numa cadeira o dia todo, não precisa ter um perfeito senso de equilíbrio, não é?

No entanto, senti que algo estava errado quando tentei andar de bicicleta há alguns anos. Eu simplesmente não conseguia manter o equilíbrio e comecei a me inclinar uma hora aqui e outra ali. Hoje, não consigo entender como uma tarefa que já havia sido tão fácil se tornou tão difícil para mim, mas tenho orgulho de dizer que finalmente mostrei à gravidade quem está no comando!

2. Sinto menos estresse

Quando você está estressado, geralmente seus músculos estão tensos. Isso é chamado de psicossomática. Na teoria, parece bastante sensato, mas eu nunca teria pensado que o alongamento funcionasse melhor do que qualquer sedativo.

Já mencionei que minha produtividade no trabalho melhorou. Mas isso não aconteceu apenas devido ao aumento de energia. O alongamento também me ajudou a acalmar minha mente e a restaurar minha sensação de bem-estar. Estar mentalmente calma fez com que eu me sentisse mais relaxada e conseguisse trabalhar com uma mente mais clara, sem pensamentos negativos ou irritantes.

1. Não sinto frio o tempo todo

Você provavelmente sabe que o alongamento aumenta o suprimento de sangue para o tecido muscular. No entanto, eu pessoalmente não tinha ideia de que esse benefício se referisse não apenas aos meus músculos, mas a todos os meus órgãos internos e partes do corpo também.

Sem me mexer demais, costumava sentir frio sempre, especialmente nas mãos e nos pés. O que eu fazia para aquecê-los não funcionou a longo prazo, já que minhas mãos congelavam novamente depois de alguns minutos de exercício.

Uma rotina de alongamento me permitiu melhorar o transporte de oxigênio, assim como o de sangue, que é rico em nutrientes, por todo o corpo. Agora, devido a uma melhor circulação, meu corpo todo mantém uma temperatura normal naturalmente.

Com que frequência você alonga seus músculos? Os exercícios de alongamento ajudam a se sentir melhor? Compartilhe sua experiência nos comentários abaixo!

Ilustrado por: Ekaterina Gapanovich exclusivo para Incrível.club

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados