Aljona Savchenko: disputou 5 Olimpíadas e realizou seu sonho

Gente
há 4 anos

Ocasionalmente, dentro de esportes profissionais ocorrem histórias cujo drama é o mesmo dos filmes mais famosos. Sem exageros, a trajetória da grande atleta ucraniana da patinação no gelo Aljona Savchenko é uma delas. Para alcançar seus sonhos, essa atleta teve que superar muitos obstáculos, mas não desistiu até atingir seu objetivo.

Incrível.club acredita que todo mundo deva conhecer pessoas tão persistentes e talentosas, é por isso que queremos contar a história dessa garota “delicada”, porém forte.

Tudo começou nos anos 80, numa cidade ucraniana chamada Obujov. Precisamente ali, a pequena Aljona escolheu alguns patins de gelo como presente de aniversário e apaixonou-se pela patinação artística. Ela começou a praticar este esporte profissionalmente aos cinco anos de idade. Sua família não teve oportunidade de se mudar para a capital Kiev, então por 9 anos Aljona precisou viajar 45 quilômetros todos os dias.

A garota optou pela patinação em dupla, portanto precisava de um parceiro estável e confiável. O segundo parceiro de Aljona foi Stanislav Morozov e juntos eles ganharam o campeonato mundial juvenil, em 2000. Porém, nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002, em Salt Lake City, eles ficaram apenas na na 15ª posição. Logo, Stanislav sofreu uma lesão grave e Savchenko teve que encontrar outro parceiro.

Nem na Ucrânia nem na Rússia ela encontrou um parceiro e patrocínio. Então, lhe recomendaram procurar o treinador alemão Ingo Steuer, que tinha um parceiro disponível chamado Robin Szolkowy. Aljona Savchenko mudou-se para a Alemanha, mudou sua nacionalidade esportiva e assim começou a dupla Savchenko e Szolkowy, que seguiu por dez anos completos.

Pouco a pouco, o casal começou a colecionar vitórias: primeiro no campeonato alemão e, depois de algum tempo, venceu os campeonatos europeu e mundial. Nas Olimpíadas de inveno de 2006, em Turim, Savchenko e Szolkowy ficaram em sexto lugar, mas não pararam.

Nos Jogos Olímpicos seguintes, em Vancouver-2010, Savchenko e Szolkowy foram considerados favoritos, já que nessa época haviam ganhado tudo. Após o programa curto, eles perderam menos de um ponto contra um casal chinês, mas no programa livre, Robin caiu e o resultado final foi uma medalha de bronze.

A patinação artística é um dos esportes mais perigosos, mas os problemas com a saúde não impediram Aljona. Seu objetivo era claro e preciso: a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos, o que significava que a luta devia continuar. Foram várias competições e vitórias em eventos internacionais. Muitos acreditavam que os Jogos Olímpicos de Sochi poderiam ser a última oportunidade para os atletas, mas novamente eles não tiveram sorte na competição principal: uma queda durante a execução do programa e outra medalha de bronze.

Tempo depois dos Jogos de Sochi, Szolkowy disse que sua carreira tinha acabado. Nessa época, Aljona já tinha 30 anos, mas ainda não estava satisfeita. Encontrou um novo parceiro: o jovem francês Bruno Massot. Durante muito tempo, ele não recebeu permissão para ir para a Alemanha, mas, finalmente, os oficiais conseguiram chegar a um acordo e o casal começou a participar de competições. “Quero ganhar a medalha de ouro das Olimpíadas de 2018 com meu novo parceiro Bruno, estou muito feliz por ele ter aceitado ser meu par”, disse Aljona.

Poucas pessoas acreditavam em seu sucesso. Bruno era considerado um “menino de madeira”, Aljona não era mais tão jovem do ponto de vista esportivo, para não mencionar as muitas lesões não curadas. Por que ela precisava do ouro? Era seu sonho e ela não desistiria dele.

Pouco a pouco, o casal começou a trabalhar e a vencer em grandes competições, e colocou todas as suas forças nos Jogos Olímpicos de Pyongyang. A medalha de prata no Campeonato Mundial foi o maior prêmio que Savchenko e Massot puderam ganhar antes das Olimpíadas de Inverno de 2018. Mas em 15 de fevereiro de 2018, seu sonho foi finalmente realizado.

No programa curto, Bruno cometeu um erro e o casal ficou em quarto lugar, perdendo quase 6 pontos. Tudo indicava que a medalha de ouro estava perdida. Mas ao executar um programa extremamente difícil, literalmente de tirar o fôlego, Savchenko e Massot não só quebraram o recorde mundial como bateram todos os competidores, conquistando a medalha tão desejada. Aqui você pode ver a apresentação.

Aljona Savchenko fez uma pausa como atleta e agora está trabalhando como treinadora. Talvez a sua carreira ainda não tenha terminado e possamos ver outra execução dessa grande patinadora.

Depois de terminar a temporada olímpica e a vitória no Campeonato Mundial, Aljona postou o seguinte no seu Instagram:

Agradeço a todos aqueles que riram dos meus sonhos: eles inspiraram minha imaginação. Agradeço a todos aqueles que quiseram me colocar em sua estrutura: eles me ensinaram o valor da liberdade. Agradeço a todos que mentiram para mim: mostraram-me o poder da verdade. Agradeço a todos que não acreditaram em mim: eles me ensinaram a querer mover montanhas. Agradeço a todos que me descartaram: despertaram minha coragem. Agradeço a todos que me deixaram: deram espaço para criar. Agradeço a todos que me traíram e me maltrataram: me ensinaram a estar sempre em alerta. Agradeço a todos que me feriram: me ensinaram a crescer na dor. Mais importante, agradeço a todos aqueles que me amam como eu sou. Eles me dão força para viver.

Quanta experiência, perdas dolorosas, altos e baixos, mudança de cidadania e pares de patins. Tudo isso para realizar o sonho de toda a sua vida. Se não fosse por esse caráter de aço, por essa força de vontade, seu talento absoluto e uma grande experiência, seria improvável que esta estrela brilhasse como tem feito até agora, alcançando a mais importante vitória de sua vida. Com o seu exemplo, ela nos mostra que não há nada impossível, só é preciso trabalhar e se esforçar.

O que você acha? Daria um bom roteiro para um filme de Hollywood, nãe é mesmo?

O que você gostaria de saber sobre as vitórias de grandes esportistas? Compartilhe sua opinião nos comentários abaixo.

Imagem de capa AP/EAST NEWS

Comentários

Receber notificações

Artigos relacionados