7 Lições de sobrevivência para pessoas introvertidas

Psicologia
há 11 meses

Muitos introvertidos convivem com a pressão para serem mais ativos e sociáveis. Mas o que fazer se, por natureza, você sente muita dificuldade para estabelecer contato com outras pessoas?

Se você é introvertido, o Incrível.club apresenta neste post dicas para ajudá-lo a melhorar seu modo de se relacionar e aproveitar suas qualidades.

1. Ajuste sua agenda e suas atividades


É um fato bem conhecido que os introvertidos preferem a solidão e se cansam rapidamente de uma comunicação excessiva e de horários apertados. Para não se prejudicar, é importante prestar atenção aos seus horários e a você mesmo. Faça pausas no trabalho antes de se sentir fatigado. Ao planejar a carga diária, lembre-se de sua personalidade e de suas capacidades físicas. Por exemplo, será difícil suportar dois dias seguidos completamente repletos de atividades. Comunique-se apenas com pessoas realmente próximas e importantes, não disperse com todos aqueles que desejam chamar sua atenção. Não deixe de relaxar. Quem disse que é ruim não fazer nada e se jogar no chão, ouvindo sua música favorita? Se o passatempo ocioso ajuda você a se sintonizar para conquistar novas montanhas, por que não?

2. Lembre-se de seus pontos fortes

Ao contrário do que prega o senso comum, os introvertidos possuem muitas qualidades e vantagens. Eles sabem ouvir o outro com atenção e como se aprofundar nos detalhes. Mostram empatia, cuidado e compreensão em relação ao outro. Eles são equilibrados, reflexivos e tranquilos, capazes de analisar um problema com profundidade. Abraham Lincoln, Bill Gates, Albert Einstein, Mark Zuckerberg, Mahatma Gandhi, Steven Spielberg, Marilyn Monroe se declararam introvertidos por natureza. Então, mudar sua essência para agradar a opinião pública é a última coisa que você deveria fazer. É uma ideia muito melhor usar o que a natureza lhe deu para atingir seus objetivos.

3. Comunique-se virtualmente

A rede social mundial simplificou muito a vida dos introvertidos: é muito mais fácil para eles expressarem seus pensamentos por escrito; dessa forma, conseguem realmente se abrir. Bem, por que não definir esta qualidade como sua vantagem e usá-la ao máximo? Será suficiente transferir a maior porcentagem possível de comunicação do trabalho (e talvez pessoal) para o formato virtual. Não requer uma reação instantânea e permite que você pense cuidadosamente, concentre-se e formule pensamentos claros e estruturados. Dessa forma, conseguirá ter sucesso nas negociações e conhecer mais pessoas.

4. Experimente o trabalho à distância

A opção ideal é ir ao escritório quando não há muitos colegas presentes (de manhã, à noite ou nos finais de semana). Mas nem todos os empregadores conseguem proporcionar ao empregado um horário tão livre. Uma boa opção é o trabalho à distância. Existem muitas opções de trabalho independentes, interessantes e bem remunerados pela Internet. O principal é ter um objetivo. A perspectiva é tentadora: ter seu próprio tempo, trabalhar de forma autônoma, sozinho e em seu lugar favorito. Além disso, a avaliação dos trabalhadores independentes pelos empregadores é muito mais objetiva, sem levar em conta o que você disse a outro colega ou com que tipo de roupa você foi ao escritório. O home office é um jogo que vale a pena jogar.

5. Use truques para conversar


Existem várias técnicas que podem ajudá-lo a contornar as regras da comunicação do mundo dos extrovertidos. Primeiro: uma pausa na conversa não é motivo de preocupação (você pode diminuir a velocidade da fala para que, no contexto de um fluxo verbal ativo, um minuto de silêncio não pareça um tempo de espera constrangedor). Em segundo lugar: não é necessário manter uma conversa educada sobre qualquer assunto em um evento social (em vez disso, basta se juntar a um pequeno grupo de pessoas agradáveis e escolher livremente entre ou participar da conversa ou ouvir atentamente). Terceiro: reduza a tensão durante o contato visual — sim, sim, é possível, você só precisa se sentar ao lado do interlocutor e não cara a cara, isso é tudo.

6. Crie um espaço confortável


Dedique um momento ao seu passatempo favorito, para fazer algo sozinho ou simplesmente não fazer nada e recuperar sua energia. Reflita sobre sua opinião e desejos. É bom que haja, para este propósito, um “cantinho”. Você pode criá-lo em sua própria casa, adaptando um lugar afastado e discreto. Ou pode procurá-lo. Um pequeno parque tranquilo, um loft ou um café acolhedor, a sala de reuniões do escritório ou uma sala de leitura na biblioteca, não importa onde. O principal é ter a oportunidade de escapar do barulho e da atividade ao seu redor para um “porto tranquilo”, pelo menos por um tempo.

7. Não esconda suas conquistas

Os introvertidos não são fanáticos pela auto-promoção, portanto, independentemente de suas verdadeiras realizações, permanecem na sombra daqueles que não hesitam em falar de si mesmos abertamente. Mas é importante cuidar da própria imagem: informar sobre seus talentos, habilidades e capacidades, comentar suas vitórias, conquistas e resultados. Claro, isso deve ser feito apenas quando necessário. Os introvertidos estão certos sobre o fato de não ser necessário falar em cada esquina sobre suas vitórias. Isso os faz parecerem menos insolentes. Mas é preciso divulgar um pouco suas conquistas e, para isso, use a Internet: as redes sociais são uma excelente plataforma de apresentação para mostrar um excelente currículo ou suas realizações.

Bônus: desenvolva-se!

Os introvertidos não são personalidades chatas. Simplesmente, quando estão sozinhos, carregam suas baterias. Eles realmente gostariam de se comunicar cara a cara com você, mas são focados no seu mundo interno. E isso não é ruim. Ao contrário, é uma ótima oportunidade para o autodesenvolvimento, uma fonte inesgotável de inspiração para melhorar este mundo, para criar algo próprio. Portanto, se você se encaixa na categoria dos introvertidos, diga sim às viagens e aos passeios individuais para ir a exposições, shows e concertos. Também aproveite para ler livros ou assistir a filmes sob um cobertor quente e para refletir sobre o mundo em um lugar calmo!

Ilustradora Ekaterina Gapanovich exclusivo para Incrível.club

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados