5 Sinais que podem ajudar a identificar a personalidade do seu gato

Psicologia
há 11 meses

Ao que parece, os nossos amiguinhos felinos podem ser muito mais parecidos conosco do que imaginamos. A Dra. Lauren Finka é uma veterinária da Universidade de Lincoln que chegou a uma conclusão inusitada, depois de examinar mais de 200 gatos e seus donos: os gatinhos podem se enquadrar em cinco tipos diferentes de personalidade. Essas diferenças são baseadas na genética, nas experiências vividas com outros animaizinhos ou humanos e na aprendizagem.

Venha saber qual dessas personalidades o seu gato possui e entender de que forma podem ser observadas no dia a dia.

Gatos-humanos gostam de estar perto de humanos

Eles te seguem para onde quer que vá, pedem por carinho, querem sua atenção e interagem sempre que têm oportunidade. Se seu felino prioriza mais a interação com humanos do que propriamente com animais da espécie dele, é porque pode ser um gato-humano.

Os gatinhos com esse tipo de personalidade sentem-se muito seguros com os humanos, porque, desde cedo, foram criados e acostumados no meio deles, e demonstram todo esse afeto ronronando (aquele ruído comum feito pelos gatos) ou fazendo massagens com as patas. Um jeito de correspondermos a esse carinho é sempre ter o cuidado de dar comida fresquinha, escová-los e, claro, mimá-los com muitas carícias.

Por outro lado, há o gato-gato

A personalidade de um gato-humano para um gato-gato não é lá muito diferente, a não ser pelos últimos preferirem a companhia de seus outros amigos felinos. Por esses gatinhos conviverem com outros gatos ou com a mamãe deles até uma idade mais adequada (normalmente, até se tornarem adultos), é normal que prefiram relacionar-se com outros de sua espécie, uma vez que também entendem muito melhor a linguagem felina.

Um gato-gato pode ser identificado por seu alto nível de agradabilidade, isto é, através de seu interesse e disposição para fazer amizade com seus amigos peludos, assim como também podem se ajustar muito facilmente à companhia deles. Ou seja, não têm como hábito sentirem-se tristes quando os humanos se ausentam de casa por um longo período de horas.

O gato caçador é o mais selvagem

Os gatos têm fama de serem excelentes predadores, mas há uns que têm esse instinto muito mais aflorado que outros, daí o motivo de serem conhecidos como gatos do tipo caçador. Como o próprio nome indica, a caça para eles é imprescindível e sabem perseguir sua presa como ninguém. Ser selvagem é um traço nítido em suas personalidades, por isso, costumam preferir ambientes externos.

Se seu gatinho gosta de correr pelo ambiente, sempre com muita energia, seja brincando com objetos ou com presas imaginárias, é porque você está lidando com um verdadeiro caçador. Eles também são ótimos atletas: amam saltar, especialmente para os pontos mais altos.

Enquanto o gato curioso é o mais autoconfiante

O bisbilhoteiro mais fofo que você vai conhecer. A esses felinos nada escapa, pois são investigadores perspicazes: curiosos por natureza e ansiosos para explorar o mundo, seja dentro de casa ou lá fora. Como estão sempre prontos para farejar qualquer coisa, ou alguém que não seja familiar, sabem bem o que se passa dentro do espaço onde habitam.

Encontrou seu gato dentro de uma caixa que achava impossível de entrar? Ou seu amiguinho peludo acabou encontrando um objeto que você pensou estar bem guardado? É porque a curiosidade deles fala sempre mais alto. Além disso, são extremamente sociáveis, normalmente porque já são habituados desde pequenos com todo o tipo de animais, pessoas e objetos.

Por fim, há o gato solitário

Mesmo com seu jeitinho rabugento, ainda conquista corações. Pode ser mais sensível ao toque, ou ao ambiente em que está, então qualquer barulho que ouça o deixará de imediato em alerta. É, por isso, mais independente e mais protetor do seu espaço, desfrutando dele ao máximo. À mesma medida que, por vezes, gosta de interagir, muito facilmente solta um “me deixe em paz, humano”.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados