14 Pessoas distraídas que não entendem as indiretas por mais “diretas” que sejam

Gente
há 10 meses

Se os sinais forem muito sutis, há o risco de serem mal interpretados ou até passarem completamente despercebidos. E dar sinal de que gostamos de alguém, mas de forma neutra, não é a melhor opção para alcançar o objetivo desejado. De qualquer forma, por conta do medo que muitos enfrentam com uma possível rejeição, podem surgir situações bastante engraçadas.

  • Há pouco tempo, encontrei um rapaz no mercado por quem eu tinha uma “quedinha” na escola. Eu tinha 13 anos, ele 15. Certa vez brincávamos de bola na rua com várias pessoas, os pais dos nossos amigos decidiram ir para casa e nós ficamos sozinhos. Comecei a pensar, pronto, agora ele vai me beijar, e ele apenas disse: “Bem, foi divertido, vamos fazer isso de novo algum dia”, e foi embora. E lá estávamos nós, juntos novamente, relembrando o passado, quando ele soltou: “Nossa, eu queria tanto ter chegado em você naquele dia, minha mãe até perguntou o que eu estava esperando”. Dei a entender que agora seria o momento perfeito para ele recuperar o tempo perdido, mas o garoto olhou para mim e disse: “Foi ótimo, vamos nos ver mais, tchau”. © Marie Williams / Quora
  • Divido apartamento com um rapaz, que é bem bonito. Me apaixonei logo de cara. Mas ele sempre comia umas batatas queimadas, sanduíche e salsichas, então decidi cozinhar para nós dois. Comecei a fazer sopas, batatas douradas, saladas. E alguns dos pratos salguei demais, pensando que ele fosse perguntar: “Nossa, esse sal todo é porque está apaixonada?”, mas ele apenas comia e não falava nada. Hoje, eu o ouvi falar ao telefone: “Cara, ela cozinha tão mal, mas preciso comer tudo e aguentar porque gosto muito dela”. Seu tonto, e por que não disse nada?! © Chamber 6 / VK
  • Meu marido e eu tivemos uma briga há mais ou menos um mês. Compramos um apartamento novo, fizemos obras. Faltou comprar os móveis. Adquirimos o essencial, mas para mim faltava uma mesa de centro no quarto. Enchi o saco dele por um mês para me comprar uma ou irmos juntos escolher. Ele só dizia: “Não se apresse, tudo no seu tempo”. Aquilo me irritava de um jeito, fiz escândalos por semanas. Custava tanto assim fazer esse ato mínimo por mim?! Ontem decidi que iria comprar essa mesinha por conta própria e esperar ele voltar do trabalho para a montar na frente dele. Mas meu marido foi mais rápido: ele trouxe uma mesinha artesanal que mais parecia uma obra de arte. Ele mesmo a criou com as próprias mãos especialmente para o nosso apê. Eu que fui a tonta. © Chamber 6 / VK
  • Minha amiga pediu o namorado em casamento. Eles namoraram por quatro anos, e ela agora já tem 30 anos. No começo, ela tentou o levar em casamentos das amigas para ver se nascia alguma faísca nele, mas nada. Por fim, ela criou um pôster com os dizeres “Case comigo” e comprou duas alianças. A resposta dele foi: “Ah, você quer se casar?! Eu pensei que você estava insinuando que eu era introvertido, por isso não parava de me chamar para sair o tempo todo. Tá, tudo bem, podemos nos casar se você quiser”.
  • Eu estava no topo de uma montanha com um rapaz ao meu lado, observando o pôr do sol. Conversamos até às 2h da madrugada e, ao nos deitar embaixo do edredom, eu até deixei ele encostar a cabeça no meu ombro. Daí, nessa hora, ele vira para mim e solta: “E como saber que uma garota está a fim de você?” © frapp-my-ccino / Reddit
  • Eu era jovem e tonta. Um dia, conheci um rapaz um ano mais velho. Ele me dava atenção, mas me parecia que poderia ser coisa da minha cabeça. A última gota foi quando ele disse que eu tinha um belo brilho nos lábios. Agradeci, e ele soltou: “E que gosto tem esse brilho?” Acho que sumiu da minha mente qual era o gosto do gloss, daí fiquei em pé parada, tentando lembrar. “Morango, acho”, disse e segui meu caminho. Só depois de algumas semanas a minha ficha caiu. © Michelle — MAD PIRATE QUEEN / Quora
  • Esta história ocorreu ontem comigo. Um menino perguntou como saber que uma garota está flertando com você. Respondi que quando ela estiver conversando, uma garota interessada vai encostar em você várias vezes. Ele:
    — Hum, não lembro bem se isso acontece.
    — Claro que lembra, seu bobo — soltei, sorrindo e dando um tapinha no braço dele.
    — Não, realmente não lembro de nenhuma situação assim. © aimeeerp / Reddit
  • Uma garota tirou o meu chapéu, acariciou o meu cabelo e ainda perguntou por que meu cabelo era tão lindo. O que eu fiz foi começar a contar que eu tinha comprado um shampoo novo. © Guns_57 / Reddit
  • Quando eu ainda era solteira, tentei insinuar que queria um relacionamento com meu namorado na época. Qualquer relacionamento que fosse. Disse a ele que meus pais estavam viajando, eu teria o apartamento só para mim e ele poderia aparecer de noite. Ele apenas respondeu que eu tinha sorte porque a família dele nunca sai de casa. O que foi isso, sério?! Eu mesma tive de pedir a mão dele em casamento. Estamos casados há 25 anos. E todos esses 25 anos digo as coisas “na lata”, não fico dando voltas, senão vou acabar recebendo rosas em vez dos meus lírios queridos. © Mamba Tango / ADME
  • Havia uma garota que dividia a carteira comigo na escola. Tínhamos aulas em turmas misturadas: ela estava no último ano, e eu era mais jovem. Ela era líder de torcida, e eu não me dava muito bem com esportes. Assim, decidi para mim mesmo que ela era “muita areia para o meu caminhão”. Porém, durante um ano inteiro, sempre que ela sentava ao meu lado, ela batia a perna na minha. Enfim, terminamos a escola, 13 anos se passaram, e nos encontramos por acaso. Descobri que por todo aquele tempo, ela batia a perna de propósito, e eu nunca percebi. Já estamos casados há 23 anos. © Jack Brennen / Quora

    Terminei meu namoro por iniciativa dela. Dois meses depois, ela me deu a entender duas vezes, com atitudes “muito óbvias” de que queria voltar a namorar. Pensei no assunto e quando sentamos para conversar, ela disse que não queria nenhum relacionamento. Nunca entendi por que ela dava aqueles sinais, mas desisti. Duas semanas mais tarde, ela me chamou para viajarmos juntos. Há algum tipo de manual para entender as mulheres? © Overheard / Ideer
  • Quando eu era pequena, tive acesso a um catálogo da LEGO. Em uma das páginas, havia lindas casas de bonecas com integrantes da família e móveis. Eu queria tanto ganhar uma casa dessas de presente que passei mais de um mês “adormecendo” com o catálogo aberto naquela página. Pena que meus pais nunca sacaram minhas insinuações. Eu tinha vergonha de dizer abertamente o que queria. © Overheard / Ideer
  • Me apaixonei por um rapaz na universidade. Jantamos juntos algumas vezes depois das aulas. Eu dei vários sinais de diferentes maneiras, mas ele nunca entendia. Então chegou o Dia dos Namorados. Perguntei se ele queria sair comigo. Ele aceitou e me convidou para ir a um café que ainda não havíamos visitado. Quando cheguei lá, tudo decorado para o feriado, eu disse: “Ai, que sorte a minha de ter você como meu ’pretendente’”. Ele ficou vermelho, mas não rolou nada mais além disso, e eu parei de flertar com ele depois desse dia. Um ano se passou, e nos encontramos novamente. Confessei que era caidinha por ele na época, ele ficou surpreso e disse que pensava que eu estava “brincando”. © saigonino / Reddit
  • Comigo aconteceu a seguinte história. Eu conversava com uma garota e saíamos juntos nos fins de semana. Um mês depois, ela me apresentou um rapaz, dizendo que era o seu “namorado”. © Salchi_ / Reddit

Aqui está outra seleção sobre pessoas que não captam as indiretas por nada neste mundo.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados