14 Coisas que você nunca vai ver em uma mulher francesa

Mulher
há 3 anos

As francesas costumam ser consideradas mulheres de classe, com muito bom gosto e uma elegância que só elas têm. O que mais se destaca no look é um grande senso de proporção, que começa no sapato e vai até os detalhes do cabelo e da maquiagem.

Hoje, o Incrível.club mostra algumas tendências que você deveria recusar se quiser ficar parecida com Sophie Marceau e Marion Cotillard.

1. Meia-calça cor da pele

A ideia é que as pernas devem estar sem nada ou com meia-calça preta ou de alguma cor escura. Na realidade, imitar a cor da pele com uma meia-calça, para as francesas, é algo que consideram falta de respeito consigo mesmas.

2. Sutiãs push-up

A personagem de Charlotte Gainsbourg em Ninfomaníaca, de Lars von Trier, fez com que a moda dos bustos pequenos explodisse na França. Mas antes também não era vergonha ter bustos pequenos; o que ocorreu foi que, após o filme, levantar essa parte do corpo passou a ser considerado de mau gosto. As mulheres francesas mostram que a verdadeira sensualidade não está no tamanho, mas na energia da pessoa. Por isso, ao escolher um conjunto de roupa interior, elas raramente optam pelos modelos justos.

3. Exagero nos acessórios

As francesas raramente usam muitos acessórios. As pulseiras, os colares e os brincos nem sempre funcionam como um bom complemento de estilo, mas sim como um exagero. Em geral, a estratégia delas é escolher entre uma roupa chamativa, acessórios brilhantes ou um cinto e uma bolsa de destaque.

4. Logotipo de marcas famosas na roupa

As blogueiras francesas dizem que a verdadeira elegância está em você, e não nas marcas e nas roupas que você usa. Por isso, usar roupas, bolsas e sapatos com o logotipo grande é considerado algo de muito mau gosto. Mas o pior é quando eles aparecem em mais de uma peça. Isso, para elas, é imperdoável.

5. Um estilo bem definido de praia ou de cidade

As francesas costumam usar elementos de praia e de roupa de verão mesmo quando estão na cidade. Um vestido leve ou mesmo uma sandália, que costumam ser usados nas férias, combinam muito bem com o clima de verão mesmo na cidade. Elas não descartam o uso de um chapéu e fazem isso no litoral ou mesmo em uma grande cidade, como Paris.

6. Um look perfeito demais

Para as francesas, o exagero no uso da maquiagem e do penteado é sinal de mau gosto. Sair de casa como se você fosse para uma sessão de fotos não é algo bem visto. Para as mulheres francesas, é importante conservar um pouco de naturalidade e manter o look um pouco incompleto. O penteado muitas vezes parece que foi feito de maneira improvisada. Isso lhes dá leveza e liberdade. Elas nunca saem de casa como se tivessem pensado em cada detalhe do visual.

7. Músculos definidos

Os padrões defendidos por Brigitte Bardot ainda estão vivos na França. As mulheres de lá não são defensoras de um estilo com pernas, braços e abdômen muito definidos, algo que vemos em muitos outros países. Para elas, é importante manter um estilo natural. A norma é uma silhueta esbelta e elegante, e não musculosa.

8. Desprezo pelas jaquetas

No armário de uma francesa sempre iremos encontrar diferentes tipos de jaqueta, blazer e casacos, para as mais diferentes situações. Elas realmente adoram complementar o estilo com esses artigos e montam diferentes looks com eles. E elas têm muito bom senso para escolher a jaqueta que combine com a situação e que dê destaque para uma determinada parte do corpo, que pode ser os ombros, as pernas ou a cintura.

9. Saltos e plataformas muito altos

Os estilistas francesas dizem que os sapatos com salto muito alto, como os que cantoras como Lady Gaga usam, são um verdadeiro pesadelo. Eles deixam a mulher mais alta, mas chamativa demais. As francesas gostam de valorizar o clássico. Escolher sapatos assim significa fugir do que mais valorizam: a comodidade.

10. O desprezo pelo estilo de mães e avós

Para as francesas, as mulheres de gerações anteriores são verdadeiros ícones de beleza. Elas não medem forças na hora de priorizar o estilo dessas gerações ao invés da moda atual. Muitas vezes, é possível se confundir sobre quem é a mãe e quem é a filha, já que o estilo costuma ser parecido, ambas igualmente elegantes.

11. Roupas oversize sem destaque para a cintura

As roupas oversize são usadas ao sair do mar ou depois de tomar banho; fora disso, as francesas gostam de dar destaque para a cintura. Para elas, a elegância do corte é parte fundamental do estilo e é por isso que não é normal ver francesas com roupas grandes na rua.

12. Se deixar abalar pela idade

Nada é capaz de impedir que uma francesa seja elegante e sofisticada, muito menos a sua idade. Em geral, após os 40 ou os 50 anos é muito difícil ver uma francesa descuidada. Por isso, quando caminhamos pelas ruas ou entramos em bares e restaurantes, sempre vemos mulheres das mais diferentes idades sempre muito elegantes.

13. Casaco de pele em mulheres jovens

Usar casacos de pele natural com 20 anos de idade é o mesmo que usar uma bolsa Chanel ou usar um sapato com um logotipo enorme: algo que simplesmente não acontece. Os casacos de pele natural na França são um indicador de status e de idade, e as jovens não se rendem a eles.

14. Preocupação e ansiedade no rosto

“O sinal mais seguro de sabedoria é a constante serenidade”, escreveu o filósofo francês Michel de Montaigne. E ele tinha razão. As mulheres sérias e arrogantes costumam se distanciar dos outros. Uma mulher francesa sempre vai te responder com um sorriso e sobretudo com atenção, mesmo quando estiver de mau humor.

Você concorda com o estilo francês? Acha que você combina com as mulheres?

Pode ser adotado pelas brasileiras?

Comentários

Receber notificações

Mulheres não são robôs produzidos em fábrica para todas se comportarem igual. Francesas,chinesas,angolanas...cada uma com seu charme.

-
-
Resposta

Belas e elegantes, a mulher francesa é uma inspiração positiva que as brasileiras deveriam seguir. Chega de se expor demais e serem taxadas de sensual, e as vezes vulgar. Revelar menos e com isso manter a curiosidade dos homens, pois se mostrar tudo não sobra nada para revelar depois.

-
-
Resposta

Artigos relacionados