13 Enigmas complexos para saciar a sua sede de aventura

Testes
há 8 meses

Eva chegou ao seu escritório na segunda-feira e descobriu que alguém havia excluído um relatório importante do seu computador. Ela sabia que na empresa havia 3 pessoas que ficariam felizes se ela perdesse o emprego. Eva adorava ler romances policiais e até queria ser detetive particular quando era mais jovem. É por isso que ela sabia que tinha que interrogar os suspeitos. Laura, a colega de Eva, disse: “Acabei de chegar! Ufa, o tempo está horrível — que chuva! Por que você está perguntando? Thomas, o contador, respondeu: “Eu estava tomando café e acabei de voltar.” Eliza, uma nova funcionária, disse: “Tive uma reunião com um cliente em um café. Acabei de voltar ao escritório.” Quem pode ter alguma coisa a ver com o relatório de Eva?

Eliza. Preste atenção nos pés dos suspeitos. Os sapatos de Thomas e Laura estão molhados — é por causa da chuva. Mas os saltos altos de Eliza estão perfeitamente secos. Ela deve ter mentido sobre sair para se encontrar com um cliente.

Eva achou isso estranho. Para confirmar suas suspeitas, ela decidiu vigiar Eliza. Mas, no dia seguinte, a garota desapareceu — e junto com alguns documentos muito importantes!

O chefe de Eva pediu que ela o ajudasse a recuperar os documentos. Ele não quis denunciar para a polícia ainda. Apesar de tudo, Eva estava feliz — ela poderia realizar seu sonho de se tornar uma detetive!
O computador de Eliza era protegido por uma senha. Após uma hora de tentativas frustradas, Eva finalmente notou um pedaço de papel no chão sob a mesa de Eliza. Ela o pegou. “Dou um pulo e me visto de noiva. O que sou eu?”
A resposta para este enigma pode ser a senha! Mas o que é isso?!

Pipoca!

Eva conseguiu ligar o computador. E logo encontrou um mapa com algumas coordenadas. Hora de entrar em ação!

O mapa a levou a um edifício moderno. Era uma academia. Ela entrou e perguntou à recepcionista sobre Eliza. Mas a mulher se recusou a dizer qualquer coisa, a menos que Eva se inscrevesse como aluna por um dia.
Uma vez lá dentro, Eva decidiu explorar o local. A certa altura, entrou nos chuveiros femininos e imediatamente percebeu que havia algo de errado! Mas o que exatamente?

Está vendo aquele homem refletido na janela? Quem é ele e o que ele está fazendo aqui?

Eva estava prestes a sair do banho quando tudo ficou escuro. Quando ela acordou algum tempo depois, percebeu que estava em uma pequena sala sem janelas. Havia uma porta com fechadura de combinação. Em sua mão, ela segurava um bilhete: "Inclua a palavra faltante na frase para que possa ser lida de trás para frente e da frente para trás: Após a ______
Qual é a senha?

A palavra da qual Eva precisa é “sopa”.

A garota conseguiu abrir a porta. Ela saiu correndo da sala, mas parou abruptamente e viu uma grande poltrona, onde estava sentado um homem. Era aquele mesmo dos chuveiros da academia! “Olha Você aqui!” ele exclamou alegremente. “Reconheço que no começo eu só queria derrubar seu chefe. Mas mudei de ideia. Quero jogar agora. Se você resolver todos os meus enigmas, eu lhe darei os documentos e te deixarei ir.”
Eva não tinha não podia fazer nada além de concordar. O homem disse: “Veja, eu tinha uma sala cheia de ouro. Uma vez, três ladrões entraram furtivamente naquela sala, dois deles saíram andando com os sacos cheios de ouro, mas depois que eles saíram, a sala estava vazia. Então, onde estava o terceiro ladrão?”

O terceiro criminoso estava em uma cadeira de rodas. Ele não andou — ele rodou para fora da sala.

“Bom trabalho!”, o homem gritou e apertou algum botão no braço de sua poltrona. Eva gritou ao sentir que estava caindo.
Estava escuro como breu no porão. De repente, uma tocha se acendeu na parede. Eva viu três portas. Atrás da primeira porta havia uma selva densa cheia de criaturas perigosas. Atrás da segunda porta, havia um gigantesco dinossauro cuspidor de fogo cuja respiração poderia queimar qualquer tipo de material. E atrás da terceira porta havia um lago cheio de água gelada. A água estava tão fria que poderia congelar qualquer coisa em apenas alguns segundos.
Que porta Eva deve escolher?

Ela deveria sair pela segunda porta. Mesmo que os dinossauros ainda existissem, eles não seriam capazes de cuspir fogo.

Foi a decisão correta. O dinossauro, na verdade, era uma estátua muito bem-feita. Mas havia apenas uma porta que dava para fora da sala — e também estava trancada! Argh! Eva estava começando a ficar impaciente.
Felizmente, havia outro bilhete com uma dica: Ele continha 3 desenhos: uma banana, um girassol, um arco-íris e uma maçã. Eva pensou um pouco, depois apertou 4 números no painel perto da porta. O código estava correto e a porta se abriu!
Quais números a garota digitou?

1373. Cada dígito corresponde ao número de cores dos objetos na imagem.

Eva viu um longo corredor. Ela andou por um tempo quando percebeu que o corredor estava prestes a se dividir em três. Eles estavam sinalizados: oeste, leste, sul. Ela também viu esta inscrição na parede.
Qual corredor ela deve escolher?

Eva olhou para a inscrição por alguns segundos. E concluiu: LESTE. Era para lá que ela precisava ir.

Mas surgiram mais três portas em seu caminho! No chão, havia três chaves que podiam abrir essas três portas.
Qual é o maior número de tentativas necessárias para descobrir a chave de cada porta?

Seis. 3 tentativas para a primeira chave e todas as três portas. 2 tentativas para a segunda chave e as duas portas restantes. E 1 tentativa para a terceira chave e a última porta.

Eva decidiu entrar pela porta da esquerda. E adivinha? Ela acabou na sala com a poltrona de novo! O homem também estava lá. Ele perguntou a ela: “Hoje é sexta-feira. Você precisa fazer algo 72 dias depois. Que dia da semana será?”

Eva soube muito rápido que seria domingo. Veja bem, 72 dias são 10 semanas + 2 dias. E o que significam dois dias a partir de sexta-feira? Domingo!

O homem estava ficando irritado. "Bem, e você é boa em matemática? Veja esta sequência. Quais são os próximos dois números?

Os próximos dois números devem ser 20 e 28. Existem dois grupos de números nesta sequência. 11, 14 e 17 e 19, 22 e 25. Em ambos, cada próximo número é 3 a mais que o anterior. Isso significa que, no primeiro grupo, o próximo número é 20 e, no segundo grupo, 28.

Então o homem propôs uma aposta à Eva. Ele disse que colocaria uma bola de gude vermelha e uma azul em uma caixa. Se a garota pegasse a bolinha azul, ele a deixaria ir. Mas, se ela escolhesse a bolinha vermelha, teria que ficar e ajudá-lo na casa por um ano.

Eva sabia que o homem iria trapacear — por que ele arriscaria assim? Ele provavelmente colocaria duas bolinhas vermelhas em vez de uma vermelha e uma azul! Mas como ela pode provar isso?
Depois de pensar um pouco, ela conseguiu ganhar a aposta! Como ela fez isso?

Eva pegou uma bolinha e rapidamente colocou na boca sem ele ver. A bola de gude que ficou na caixa foi a vermelha. De acordo com as regras, isso significava que a bolinha escolhida por Eva foi a azul. O homem não queria admitir que tentou trapacear.

“Certo! Eu não vou voltar atrás na minha palavra, mas aqui está um último enigma! Se você desvendá-lo, está livre para ir. Como você pode transformar ABACAXI em um número ímpar?”

Eva não precisou pensar muito. Ela removeu 5 letras e deixou as letras X e I, que juntas formam o número 11 em algarismos romanos, e esse número é ímpar.

O homem não podia fazer nada. Ele deu os documentos à Eva e a deixou partir. A menina saiu feliz — você acha que ela deveria seguir a carreira de detetive?

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados