12 Enigmas com uma reviravolta mostram se você é um pensador singular

há 9 meses

Preparado? Aqui vai mais um treino de fritar o cérebro para você. Eeeee, vamos lá!

Depois das aulas, Margot estava estudando na biblioteca. Em um certo momento, ela foi ao banheiro. Quando a garota voltou, descobriu que sua carteira havia sumido. Margot chamou imediatamente a polícia. A bibliotecária disse que havia visto um cara. Mas ela tinha problemas de visão e não conseguia se lembrar de como ele era. Após ouvir uma descrição vaga, os policiais interrogaram três alunos.
O Osvaldo disse que estava estudando e não havia saído de sua mesa até a chegada da polícia.
O Fábio disse que viu a garota, mas nunca prestou atenção nela. Ele estava procurando alguns livros.
E o Lucas disse que estivera ocupado conversando com um amigo no telefone — ele não tinha visto nada.
Você consegue descobrir quem roubou a carteira?

Foi o Lucas. Ele disse que estava falando no telefone, mas isso é proibido na biblioteca. Se ele tivesse usado o telefone, teria sido imediatamente expulso. Então, ele é quem está mentindo.

Durante uma caminhada casual nas profundezas da floresta, Esmeralda se perdeu. Depois de horas vagando, ela viu a casa de uma bruxa. Esmeralda pediu à idosa que lhe mostrasse o caminho de volta. A bruxa recusou. Mas ela estava de bom humor e ofereceu um acordo. Ela deu três maçãs para a Esmeralda: duas delas estavam envenenadas e uma estava boa para comer.

A garota teria que pegar uma maçã e mordê-la. Se ela não fosse envenenada, a bruxa mostraria o caminho para casa. Esmeralda era uma garota inteligente e conseguiu fazer isso. Como ela soube qual maçã escolher?

Uma das maçãs tinha um bichinho, o que significa que era segura para comer.

Um aluno estava fazendo uma prova e estava por ser reprovado. O professor decidiu dar a ele mais uma chance e fazer uma última pergunta. Era a seguinte: “Qual é o nome da minha filha mais velha?” O aluno ficou confuso. O professor decidiu que a pergunta era muito difícil e lhe deu uma dica. Ele escreveu três números: 58, 3 e 11. Você pode ajudar o aluno a responder à pergunta?

É uma aula de química. O enigma tem relação com este assunto. Dê uma olhada na tabela periódica: o elemento de número cinquenta e oito é o Cério ou “Ce”. O elemento de número três é o Lítio, ou “Li”. E o elemento de número onze é o sódio ou “Na”. Se você juntar todos, obterá o nome “Celina”.

O professor gostou da brincadeira. Quando outro aluno estava tendo dificuldades com sua tarefa, ele deu outro quebra-cabeça. O homem falou: “Eu tenho filhas. Todas elas, exceto duas, têm cabelos escuros. Todas elas, exceto duas, têm cabelos loiros. E todas elas, exceto duas, têm cabelos ruivos. Quantas filhas eu tenho?” Você consegue ajudar o aluno?

Desta vez, o enigma não tem nada a ver com química. É lógica pura. O professor tem três filhas. Uma delas tem cabelos escuros, a segunda é loira e a terceira tem cabelos ruivos.

Benjamin estava caminhando no parque à noite quando alguém o nocauteou e roubou todas as suas coisas. Ele logo foi à polícia. Três pessoas — Cássio, Jeremias e Bernardo — estavam no parque naquele momento. Eles foram presos. O detetive deu a cada um deles um marcador e pediu que escrevessem seus nomes no quadro branco. Assim que terminaram, ele prendeu imediatamente a pessoa certa. Quem era o culpado e como o detetive descobriu?

O Jeremias. O Benjamin foi atingido no lado direito. Isso significa que a pessoa que fez isso era canhota. Entre os três suspeitos, o único canhoto é o Jeremias.

Um membro de uma expedição ao Polo Sul de repente descobre que está em uma caverna congelada. Ele não se lembrava do que havia acontecido. Mas ele sabia que precisava sair. O homem viu três portas e um bilhete dizendo o que havia atrás de cada uma delas. Atrás da primeira, havia um urso polar faminto.
Atrás da segunda porta, havia uma sala cheia de gás venenoso. E atrás da terceira, havia uma sala com estalactites pontiagudas caindo do teto a cada segundo. Qual porta o homem deve escolher para sobreviver?

Ele deve escolher a primeira porta. Ele está no Pólo Sul. Não há ursos polares lá.

Depois das aulas, Nara ainda estava na universidade. Ela precisava terminar seu projeto. Ela estava sentada no corredor e logo ficou com fome. A garota foi pegar um pouco de comida e deixou todas as suas coisas para trás. Quando voltou, Nara verificou suas coisas e chamou a polícia. Ela contou o que havia acontecido e relatou que sua carteira havia sido roubada.
Três outros alunos estavam nas proximidades. Todos eles foram questionados.
O Cláudio disse que estava mandando mensagens de texto para seus amigos.
O Roberto disse: “Eu SENTEI perto da Nara por um tempo. Mas eu não vi e nem toquei na carteira dela”.
A Gabriella disse que estava na sala de aula e saíra alguns minutos antes.
O detetive os escutou e saiu sem prender ninguém. Por quê?

O detetive lembrou que a Nara fora buscar comida. Isso significa que a carteira estava com ela e não poderia ter sido roubada. A garota mentiu.

Três mulheres — Sarah, Milla e Eleanora — foram às compras. Duas delas estão grávidas e uma é uma ladra profissional de melancia. (Sim, eu sei, mas preste atenção em mim) Você pode dizer qual delas roubou a melancia?

É a Milla. Ela está usando salto. Não é o tipo de sapato que uma mulher grávida usaria.

Aurora estava passando o verão no campo. Muitas vezes, ela fazia longas caminhadas sozinha na floresta. Um dia, ela viu uma enorme mansão. Era óbvio que ninguém morava lá. Então, entrou na casa. Estava empoeirada por dentro, mas ainda bonita. Aurora tirou algumas fotos e saiu do local.
Quando a garota voltou para casa, ela olhou suas fotos. Ela queria escolher as melhores para postar em suas redes sociais. Mas, então, viu uma das fotos e gritou.
Olhe cuidadosamente esta foto. Você consegue ver o que a assustou tanto?

Aurora percebeu que ela mesma estava na foto. Mas é impossível — ela estava sozinha na casa!

Estella e Deline são irmãs. A avó delas uma vez presenteou a Deline com uma pulseira. Mas as duas garotas amaram muito essa joia. Então, às vezes Estella entrava escondida no quarto da irmã e a “pegava emprestada”.

Um dia, a Deline voltou para casa e percebeu que a pulseira havia sumido. Ela bateu na porta da irmã. Estella abriu a porta, percebeu que era sua irmã e a fechou novamente.

Em alguns minutos, Deline conseguiu entrar na sala. Ela começou a procurar a pulseira. A Estela lhe disse que, desta vez, ela não havia pegado as joias da Deline. A Deline não encontrou nada e teve que sair. Mas, ao sair, ela se lembrou de algo e conseguiu pegar sua pulseira de volta.
Onde ela estava?

Quando Estella abriu a porta, ela estava com o cabelo solto. Mas depois, ela já estava com o cabelo amarrado. Naqueles poucos minutos, ela fez um coque e escondeu a pulseira no cabelo.

Em uma noite chuvosa de verão, a Sra. Miller voltou para casa depois do trabalho. Sua vizinha, a Sra. Smith, a visitou. As mulheres queriam tomar um chá juntas. A Sra. Smith disse que sua filha estava em uma festa. Ela encontrou um dos trigêmeos da Sra. Miller lá. A Sra. Miller perguntou qual era, mas sua amiga não sabia dizer. Sua filha nunca conseguia diferenciá-los
O problema era que os três estavam de castigo e não tinham permissão para sair até a semana seguinte. A Sra. Miller queria descobrir quem havia quebrado as regras. Ela ligou para os meninos e perguntou como eles haviam passado o dia.
Iuri, o artista, disse: “À noite, eu estava lá fora, desenhando”.
Ryan, o músico, disse: “Passei o dia todo dentro de casa, escrevendo uma nova canção”.
Lucas, que gostava de esportes, disse: “Fiz um treino e passei o resto do dia lendo”.
A Sra. Miller entendeu qual de seus filhos estava mentindo e o deixou de castigo por mais um mês. Quem é o mentiroso e como ela soube?

O Iuri mentiu. Ele disse que estava desenhando lá fora. Mas estava chovendo!

Mais um dia, outra caminhada na floresta. E Esmeralda se perdeu novamente. E ainda assim, ela conseguiu encontrar o caminho para a casa da bruxa. Desta vez, a mulher tinha outra tarefa para ela. A bruxa lhe deu uma barra de chocolate e uma faca. Ela iria realizar sete truques. Depois de cada um deles, Esmeralda tinha que dar a ela um sétimo da barra. Mas havia um problema: a faca era mágica e só podia fazer dois cortes. Também era impossível quebrar a barra ou cortá-la sem a faca.
Como é que Esmeralda cumpriu essas condições e voltou para casa?

Esmeralda fez dois cortes, dividindo a barra nas seguintes peças: um sétimo, dois sétimos e quatro sétimos. Após o primeiro truque, ela deu à bruxa a peça de um sétimo. Após o segundo, a menina ofereceu à mulher a peça de dois sétimos e tirou a de um sétimo. Depois do terceiro truque, ela devolveu à bruxa o menor pedaço. Após o quarto truque, Esmeralda tirou as duas primeiras peças e deu à mulher a peça de quatro sétimos.
Então ela lhe deu o menor pedaço novamente. Após o sexto truque, a menina tirou o menor pedaço e deu à bruxa a peça de dois sétimos. E após o último truque, ela deu à mulher a menor parte da barra novamente.

Pergunta bônus: Se Esmeralda é tão esperta, como ela continua se perdendo na floresta?... Não tenho resposta...

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados