11 Furos de roteiro na novela “Salve Jorge” que deram o que falar nas redes sociais

Arte
há 11 meses

Quem acompanhou a novela Salve Jorge, lá em 2013, deve se lembrar dos comentários causados pelos constantes furos no roteiro e pelas explicações da Glória Perez nas redes sociais. A autora da novela ia às redes constantemente para dar explicações aos espectadores sobre a trama da novela.

De fato, Salve Jorge foi considerada uma das novelas da Globo com mais furos de roteiro. A repercussão dos erros aumentou o interesse do público, e deixou a novela marcada na memória dos fãs. Agora, só podemos nos divertir relembrando furo por furo e reviver os sentimentos que tivemos na época.

Por isso, o Incrível.club reuniu esta lista com os principais furos de roteiro da novela Salve Jorge, além de outras inconsistências encontradas na história da Glória Perez.

1. Igreja de São Jorge: 24 horas por dia, 7 dias por semana

Morena (Nanda Costa) era uma pessoa destemida. Em um capítulo de Salve Jorge, ela estava com a filha bebê dentro de um carro blindado, e o carro sendo atacado. Mesmo assim, ela resolve sair do carro, para fugir a pé do atentado com a criança no colo, na calada da noite.

Até aí, tudo bem. Ela vai para a igreja de São Jorge que, inexplicavelmente, está aberta a essa hora. E não é só isso: ela encontra a Érica (Flávia Alessandra) na igreja, desmarcando o casamento, e entrega sua filha a ela. Em outro capítulo, Morena reencontra o namorado Théo (Rodrigo Lombardi) na mesma igreja, de madrugada. Pelo visto, a igreja se mantém funcionando até tarde da noite.

2. “Vem cá, te conheço?”

No dia em que Jéssica (Carolina Dieckmann) morreu, Morena gritou por socorro com a amiga nos braços, e foi Mustafa (Antonio Calloni) quem chegou para ajudar. Tempos depois, Morena e Mustafa se reencontram em uma boate em Istambul e não se reconheceram. Estranho né?

Glória Perez se defendeu no Twitter dizendo que é normal se esquecer das pessoas depois de um tempo sem se verem e que Mustafa não prestou atenção em Morena, mas sim em Jéssica, que estava morrendo. Bom, mesmo assim, foi a Morena quem pediu ajuda. Essa desculpa colou para você?

3. “Vem cá, te conheço?” — parte 2

Outro personagem “esquecido” era o Barros (Marcelo Airoldi). Ele já tinha interrogado Wanda (Totia Meirelles) quando ela se envolveu num acidente de carro com a Maitê (Cissa Guimarães). Mas quando ela foi prestar depoimento sobre a morte de Jéssica, Barros agiu como se não a conhecesse.

Dessa vez, não teve jeito, a autora precisou tampar o furo no roteiro com um diálogo mais à frente entre Barros e Helô (Giovanna Antonelli). Ele se lamenta por não ter reconhecido a Wanda, e a colega de trabalho o consola: “Pergunta se eu lembro de todas as caras que sentaram naquela cadeira para resolver coisas triviais? Quantas brigas de trânsito você se depara por dia?”

4. “Vem cá, te conheço?” — edição calçados

Voltando a Jéssica, até no dia da sua morte houve burburinho entre os fãs. Afinal, ela vivia dizendo que reconheceria os sapatos da chefe da máfia “mesmo se estivesse em um Maracanã lotado”. Não é bem isso que acontece quando Jéssica e Morena estão ajoelhadas ao lado da criminosa Lívia (Cláudia Raia).

Podemos ser mais compreensivos aqui e usar um pouco de suspensão de descrença para explicar que a Lívia estaria nervosa, por isso não reconheceu os tais sapatos. Além disso, mais tarde, ela acaba reconhecendo, numa situação menos provável, pouco antes de partir para uma melhor.

5. Maquiagem assim eu também quero!

Agora, suspensão de descrença nenhuma é capaz de nos fazer aceitar essa cena. Estamos falando daquela em que Morena e Lívia brigam num beco em Istambul, rolam pelo chão molhado, trocam chutes, socos e puxões de cabelo, no melhor estilo novelístico. Logo depois, Morena aparece no hotel com a maquiagem em perfeito estado. Conta para a gente, Morena, em que salão de beleza você vai.

6. Minha casa, minha vida, como garçonete na Turquia

Outra situação vivida por Morena deixou de cabelo em pé os fãs da novela que sempre tiraram dez em matemática. A personagem, com casamento marcado e um filho, larga tudo para trabalhar como garçonete em um café na Turquiacomprar uma casa para a sua mãe. Acontece que ela assinou um contrato de trabalho de apenas três meses, ganhando 1.500 reais por mês. Ao final do contrato, mesmo com gordas gorjetas, não seria suficiente para realizar esse sonho, não é mesmo?

7. Já ouvi falar de efeito sanfona, mas isso é exagero!

Algumas cenas de Salve Jorge foram gravadas fora de ordem, o que é normal no mundo do audiovisual. Mas isso acabou acarretando um erro de continuidade bem estranho. A barriga de grávida da Morena mudava de tamanho dependendo de onde ela estava. Além disso, o tempo de gestação na novela também era diferenciado: a personagem Tamar (Yanna Lavigne) engravidou antes de Morena, mas só deu à luz meses depois.

Pode parecer que estamos pegando no pé da Morena, mas é preciso dizer que a sua intérprete, Nanda Costa, fez um trabalho excelente e muito elogiado. No início, algumas pessoas estavam reticentes quanto à escalação da Nanda, já que ela nunca tinha vivido uma protagonista, mas a atriz se garantiu e mostrou segurança até nas cenas mais difíceis.

8. Todas as câmeras da Globo foram emprestadas ao BBB?

A vilã Lívia, vivida pela gloriosa Cláudia Raia, achou que deveria atacar outra personagem na novela, a Rachel (Ana Beatriz Nogueira), dentro de um elevador. Mais do que revoltados pelo ato de violência, os fãs não podiam acreditar que no elevador não havia sequer uma câmera de segurança que pudesse incriminar a assassina.

Mais uma vez, Glória Perez foi ao Twitter rebater as críticas, citando casos famosos de crimes em que as gravações convenientemente não puderam ser recuperadas. Ainda assim, ela colocou um diálogo entre Lívia e Wanda dizendo que tinha pessoas no hotel trabalhando para ela, e que cuidaram de sumir com a gravação.

9. Vera, de verdadeira

Outra crítica constante do público foi ao papel de Vera Fischer, Irina. Era uma piada entre os fãs o fato de que ela estava sentada em quase todas as cenas em que aparecia. Além disso, era sabido por todos que Irina odiava o Russo (Adriano Garib) por ele ter matado o seu amante. Só que, mais tarde, ambos são vistos parecendo velhos amigos, numa boate, assistindo às danças da Lohana (Thammy Miranda).

Nesse caso, até mesmo a Vera Fischer falou umas verdades, fazendo jus ao seu nome. Por ocasião do lançamento do seu livro Lucíola, aproveitou para alfinetar a maneira como a personagem foi escrita. “Não precisavam me chamar para fazer a novela (...) Poderiam colocar alguém que está começando, que precisa. É um personagem, que para mim, é quase humilhante”.

10. Vida de coadjuvante não é fácil...

Também foi alvo de críticas pelo público, o sumiço repentino de alguns personagens de apoio, sem motivo algum. Eles simplesmente deixavam de aparecer por várias semanas, depois voltavam sem explicação. Outros personagens não fizeram diferença nenhuma na trama, como a Márcia que deu um beijo no capitão Theo e mais nada aconteceu. Sacha Bali, Duda Nagle, Cris Vianna, Fernanda Paes Leme são alguns dos atores que ficaram com cara de “ué” nessa novela.

11. Do you speak “novelês”? (Ou, você fala “novelês”?)

Além de tudo, Salve Jorge foi criticada por uma característica comum na maioria das novelas escritas por Glória Perez. A autora costuma ambientar partes da trama em outros países, como Marrocos, Índia e Turquia, o que é ótimo para colocar o público em contato com outras culturas.

Seria mais um caso de suspensão de descrença, afinal o mesmo acontece em filmes americanos (todos os planetas da galáxia falam inglês), se não fosse pelo derradeiro furo dessa lista. Quando Jéssica fugiu e foi para uma delegacia na Turquia, ninguém conseguia entender o que ela dizia. Já quando Morena brigou com Lívia, o policial que surgiu entendia português, falava português e ainda tinha sotaque carioca!

“É preciso voar”, dizia Glória Perez sobre seus roteiros. Então, sugerimos que você voe direto para esta outra lista com mais erros e furos no roteiro dessa e de outras novelas também. Mas não antes de comentar que outros erros você não se conformava em ver quando assistia Salve Jorge.

Comentários

Receber notificações

A número 6, a Wanda disse claramente que pagaria 1500 DÓLARES, que na época, convertido em reais daria 3,035 e que em três meses dariam 9,105 de reais

-
-
Resposta

No número 6 da pra ver claramente que ela receberia R$ 5.000 e não
R$ 1.500. Sendo assim no final dos 3 meses teria R$ 15.000, fora as gorjetas, então seria sim possível!

-
-
Resposta

Artigos relacionados