10 Filmes psicológicos em que o terror é maior em espaços fechados

Arte
há 11 meses

Se você considerar como elementos um único cômodo e um pequeno número de personagens, e depois adicionar uma situação tensa e dramática, sempre terá um excelente filme como resultado. É precisamente nessas condições cinematográficas que se podem observar as profundezas da alma humana, e a experiência acaba sendo cem vezes mais tensa, porque os protagonistas simplesmente não têm por onde escapar.

Incrível.club apresenta 10 filmes de diferentes gêneros, cuja ação se dá em espaços claustrofobicamente reduzidos e sem escapatória.

O Círculo, 2015

Este filme foi rodado em Los Angeles, em apenas 10 dias. Lembra do jogo televisivo The Weakest Link (O elo mais fraco), e com uma despedida, literalmente falando. Imagine: numa sala, 50 pessoas de status social, idade, raça, gênero e crenças diferentes estão reunidas. Mas elas estão unidas por uma coisa, um jogo no qual têm que decidir quem será o próximo a morrer. O interessante é que toda a ação dos personagens é baseada no chamado “o dilema do prisioneiro”, que pressupõe principalmente que os jogadores escolham a traição de seus pares, para seu próprio benefício.

Mas, sinceramente, avisamos que, aqui, as perguntas são mais que as respostas. É por isso que o filme não é recomendado para quem facilmente se confunde com o enredo, mas para aqueles que estão interessados ​​no comportamento da natureza humana em situações extremas.

Sombras da Vida, 2017

Um dos favoritos do festival de cinema independente Sundance Film Festival, realizado com 100 mil dólares (o que seriam alguns centavos para Hollywood), com estrelas de renome, um operador incrível e uma perfeita ausência de publicidade: isso é tudo em Sombras da vida. Sim, você adivinhou: na imagem acima há realmente um fantasma, envolto num simples lençol branco. Mas quem poderia imaginar um filme sobre um cara num lençol, preso em sua casa depois de morto e que sua história pudesse ser tão difundida? Praticamente todos os diálogos e as emoções dos personagens são substituídos por tomadas longas e estáticas, que, paradoxalmente, mostram a velocidade do tempo e, ao mesmo tempo, uma sensação de dor.

Sendo honesto, este filme não é recomendado para os amantes de ação ou cinema de um sentido profundo. É uma história de emoções que não devem ser entendidas, mas sentidas.

The Belko Experiment, 2016

The Belko Experiment é uma espécie de variação de O Senhor das Moscas, quando é mostrado aos espectadores do que o ser humano é capaz para sobreviver, a partir o momento em que as regras morais e as normas de uma sociedade civilizada não funcionam mais. Uma cena simples aqui mudou para um “Open Space”. Para ser exato, 80 funcionários de uma empresa estão trancados num escritório e depois explicam que devem matar todos aqueles que os incomodam. No início, os rapazes interpretam como uma brincadeira, mas literalmente depois de meia hora começam a dar machadadas. Em geral, tudo o que acontece é completamente previsível: honestidade, violência e algo sem sentido, ou seja, a própria vida.

Um bônus para os amantes da série: a participação do ator que interpreta o Dr. Perry Cox em Scrubs, mas aqui ele não está totalmente divertido.

Pânico em Alto Mar, 2006

Pânico em Alto Mar é possivelmente um clássico no gênero de dramas, transferindo para o espaço aberto uma superfície marítima ilimitada. Na trama, alguns jovens alugam um iate. Ao sair para o mar aberto, no meio das brincadeiras, todos pulam na água, mas, de repente, percebem que esqueceram de jogar a escada, sem que seja impossível voltar ao barco... Bem, como não pensaram nisso?

Esta é uma história de medo entre a luta das pessoas com a natureza e entre si para voltar ao iate. Além disso, torna-se mais intrigante quando você vê no final dos créditos a legenda “Inspirado em fatos reais”.

O Dia da Saia, 2008

O cinema francês é sempre diferenciado principalmente por sua emotividade, e O Dia da Saia sustenta plenamente isso. O filme fala de uma professora que trabalha numa escola para adolescentes infratores. Antes das aulas, a professora toma antidepressivos. Os adolescentes não a percebem como professora até que ela encontra uma arma na mochila de um de seus alunos e faz deles seus reféns...

Pensamos que a mesma situação, por si só, reflete o quão será tenso tudo o que acontece depois. Além disso, deixando de lado as emoções, o filme mostra praticamente todos os problemas atuais da sociedade, tomando como material uma única aula na escola.

Nothing, 2004

Se você não é novato no gênero thrillers psicológicos, então provavelmente conhece o nome de Vincenzo Natali, ou, pelo menos, o nome de seu lendário filme Cube. Em Nothing, ele novamente experimenta esse formato, afinal de contas a palavra “experimento” é a que é melhor cabe aqui: Nothing é um filme incomum. É uma história meio comédia, meio drama, que nos fala de dois fracassados que descobrem em si a capacidade de transformar tudo de que não gostam em “nada” e mudar a realidade ao seu redor, a tal ponto, que praticamente nada reste.

Assista até os créditos finais. Depois deles, há um episódio completamente engraçado.

Perfeitos Desconhecidos, 2016

Nós incluímos este drama cômico italiano por um longo tempo em nossas compilações. No entanto, não podemos omitir quando falamos sobre este tema, uma vez que é uma referência no seu gênero. Imagine: um grupo de amigos organiza reuniões de vez em quando e, numa delas, têm a ideia de um jogo curioso: ler em voz alta todas as mensagens e atender às chamadas dos celulares apenas no viva-voz. Certamente você vai imaginar que tudo isso não termina de uma maneira feliz. Eles têm muito a esconder em seus telefones! Provavelmente como nos smartphones de cada um de nós.

Spoiler: o final é assombroso.

Exam, 2009

Se começarmos a partir da sinopse, então diante de nós temos uma cópia dos 8 filmes anteriores: 8 candidatos numa sala fechada por 80 minutos tentam responder a uma única pergunta de uma grande empresa, que projetou este teste para determinar o melhor candidato para uma posição de prestígio. Mas, na verdade, este filme difere dos outros porque não há lutas, sangue, efeitos especiais ou mistérios surpreendentes. Mas ele todo o deixará preocupado e tenso, e no final, você dirá: “É sério que tudo foi tão simples assim!?”

O Homem da Terra, 2007

Bem, reunimos numa sala um antropólogo, um arqueólogo, um biólogo, um psicólogo, um cristão, um jovem estudante, uma jovem senhora apaixonada e um homem e, de repente, você diz a todos que eles têm 14 mil anos de idade. E não, isso não é uma piada, mas um drama que nos mostra quão inflexível é a nossa fé quando tudo está tenso e reprimido, e a incapacidade de aceitar fatos que diferem da nossa percepção do mundo.

Se você é uma pessoa que adora especular, talvez seja uma história fantástica (ou talvez não).

Demônio, 2010

No final desta compilação, chegamos a um trabalho do roteirista do filme Fragmentado, agravando ainda mais o tema: a ação não se desenvolve num cativeiro, mas na cabine de um elevador. Sim, concordamos que o nome aqui nos dá uma ideia de que o filme é sobre demônios ou alguma outra criatura estranha, mas não é bem isso. De fato, aqui, o sobrenatural está em segundo plano, o principal é o aspecto psicológico do comportamento das pessoas em situações extremas. Para ser mais específico sobre o enredo: 5 pessoas estão presas num elevador e, em algum momento, percebem que entre elas está a presença do próprio demônio.

É um filme recomendado para as pessoas que gostam de interpretar o detetive, porque neste filme é muito difícil adivinhar quem é o diabo “porque as pessoas fingem ser o próprio”.

Você conhece outros filmes semelhantes que podemos adicionar a esta lista? Nós gostaríamos que compartilhasse os nomes nos comentários.

Imagem de capa Exam / Hazeldine Films

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados