10 Filmes premiados que foram dirigidos por mulheres

Arte
há 11 meses

O mundo do cinema é quase completamente dominado pelos homens. Embora nos últimos anos tenham sido dados pequenos passos para alcançar mais igualdade, a maioria dos papéis principais é obtida pelos rapazes. Além disso, a discriminação salarial é um fato real: a Forbes publicou em 2017 uma lista em que indicou as atrizes mais bem pagas, e uma semana depois publicou o mesmo ranking, mas os atores com melhor salário. A distância entre um número e outro foi realmente surpreendente, e deixou todos de boca aberta.

Por isso, no Incrível.club queremos celebrar as vitórias das mulheres na indústria cinematográfica com esta lista de filmes que foram premiados e dirigidos por elas.

Invencível

Invencível foi dirigido pela atriz Angelina Jolie e chegou aos cinemas em 2014. Este é um filme em que o drama e a guerra se juntam para contar a história de Louis Zamperini, um esportista olímpico que participou da Segunda Guerra Mundial e que, após um acidente em seu avião, afundou no mar até ser resgatado pelos japoneses. Zamperini tornou-se um prisioneiro de guerra que foi torturado até que os Estados Unidos atacaram o país asiático e terminaram o conflito.

Este é um filme baseado na vida real e uma adaptação cinematográfica do livro de Laura Hillenbrand, Invencível: Uma história real de coragem, sobrevivência e redenção. Foi indicado a três Oscars em 2015: Melhor Fotografia, Melhor Mixagem de Som e Melhor Edição de Som. Além disso, recebeu indicações para outros 16 prêmios em diferentes categorias, tais como: Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Efeito Visual em filmes de ação real, entre outros. Além disso, ganhou muitos prêmios, incluindo um BAFTA para o Emerging Star.

Esta foi a primeira foto divulgada ao público sobre o filme, e trata-se de Angelina Jolie com o verdadeiro Louis Zamperini.

Frozen — Uma Aventura Congelante

Frozen — Uma Aventura Congelante, um dos filmes mais conhecidos da Disney, foi dirigido por Jennifer Lee e chegou às telonas em 2014. Conta a história da princesa de Arendelle, Elsa, que se tranca no seu quarto para evitar magoar com seus poderes de gelo sua irmã mais nova Ana. Quando Elsa é coroada rainha, ela fere Ana num descuido, e foge para criar seu próprio mundo congelado longe de todos, condenando assim a vila ao inverno eterno. Finalmente, ela descobre que apenas o amor é capaz de controlar seus poderes e acaba com o frio do povo.

Ganhou quase todos os prêmios aos quais foi indicado e está na posição 416 dos melhores
filmes da história. Recebeu os prêmios Oscar 2014 de Melhor Filme de Animação e Melhor Canção Original (“Let it go”). Também conquistou o prêmio de Melhor Filme de Animação de 2014 no Globo de Ouro, BAFTA, Prêmio Escolha da Crítica, Annie Awards, Broadcast Film Critics Association, Chicago Film Critics Association, Prêmios Online Film Critics Society, Satellite Awards e Nickelodeon’s Kids ’Choice Awards.

A Dama de Ferro

A Dama de Ferro chegou aos cinemas em 2011, com direção de Phyllida Lloyd. O filme conta a historia de Margaret Thatcher, ex primeira-ministra da Inglaterra.

O filme foi indicado a 10 categorias nos premios BAFTA (dos quais ganhou 3), da Crítica Cinematográfica, Oscar (ganhou 1), Globos de Ouro (levou 2) e SAG.

Minhas Mães e Meu Pai

Dirigida por Lisa Cholodenko, Minhas Mães e Meu Pai estreou nos cinemas em 2010 e centra sua história num casal de lésbicas que decide ter um filho, cada uma com o mesmo doador de esperma. Depois de 18 anos, os meninos decidem conhecer o pai deles.

O filme foi indicado em 15 categorias: 4 no Oscar, 4 no Globo de Ouro (ganhou 2), 4 no BAFTA e 3 no prêmio do Sindicato dos Atores.

Cinco Graças

A turco-francesa Deniz Gamze Ergüven foi encarregada da direção de Cinco Graças. O filme recria a história de cinco irmãs, que enfrentam vários conflitos durante o seu desenvolvimento numa sociedade turca altamente conservadora.

Recebeu cinco indicações, das quais ganhou prêmios nas seguintes categorias: Melhor Filme e Melhor Primeiro Filme, de Prix Lumière; Prêmio LUX; e prêmio Goya de Melhor Filme Europeu.

Valente

Valente chegou às salas de cinema em 2012 e foi dirigido por Brenda Chapman. Recria a história da princesa Mérida, que vai à floresta em busca de uma peça para completar um presente para seu pai.

Foi indicado em 10 categorias, das quais ganhou o título de Melhor Filme de Animação 2013; Melhor Produção de Animação e Melhor Edição de Animação no Oscar; Melhor Longa-Metragem de Animação no Prêmio BAFTA; e Melhor Longa-Metragem de Animação no Globo de Ouro.

Pequena Miss Sunshine

A comédia romântica americana foi dirigida por Valerie Faris e chegou aos cinemas em 2006. Pequena Miss Sunshine conta a história de uma família que viaja numa Kombi para que sua filha participe de um concurso de beleza de meninas.

Entre muitos prêmios recebidos, destaque para o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante e Melhor Roteiro, e o BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Roteiro Original. No total, o filme foi indicado para 25 prêmios, dos quais ganhou 14.

Educação

O filme inglês Educação chegou à tela grande em 2009. Dirigida por Lone Scherfig, conta a história de uma jovem brilhante e bonita com um futuro promissor e aspirações para entrar na Universidade de Oxford. No entanto, tudo desmorona quando ela conhece um homem muito mais velho do que ela, que mostra como é a vida dos adultos, da qual lhe custará sair.

Conquistou o título de melhor atriz nos prêmios BAFTA. Foi indicado a vários outros prêmios, incluindo o Oscar de Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Roteiro Adaptado.

Inverno da Alma

Inverno da Alma chegou aos cinemas em 2010 e foi dirigido por Debra Granik. Conta a história de uma menina de 17 anos que é a provedora de seus irmãos e de sua mãe deficiente. No entanto, tudo fica complicado quando ela descobre que seu pai hipotecou a casa para sair da prisão e, no caso de não ir a julgamento, eles a perderão. Ree Dolly, interpretada por Jennifer Lawrence, assume a tarefa de procurar o homem numa rede criminosa local.

O filme ganhou 17 prêmios cinematográficos no total.

A Vida Secreta das Palavras

O longa-metragem foi dirigido pela espanhola Isabel Coixet e conta a história de uma jovem que trabalha como enfermeira de um homem que sofreu um acidente e perdeu a visão. Entre eles cresce um relacionamento em que a Vida Secreta das Palavras adquire sentido.

O filme foi lançado em 2005 e tornou-se o mais premiado da edição XX dos Prêmios Goya, onde ganhou nas categorias de Melhor Filme do Ano, Melhor Direção, Melhor Roteiro Original e Melhor Gestão da Produção. Também ficou com o título de Melhor Filme Ibero-Americano no Ariel Awards.

Você sabia que esses filmes foram dirigidos por mulheres e receberam vários prêmios? Você conhece outros que poderíamos ter incluído nesta lista? Conte pra gente na seção de comentários e visite o Incrível.club para encontrar mais conteúdo interessante e surpreendente.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados