Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10+ Atores e atrizes que parecem sempre interpretar o mesmo personagem

8-3-
15k

Geralmente os astros de Hollywood são alçados ao estrelato com um determinado papel que impulsiona sua carreira. Depois disso, alguns deles conseguem interpretar novos personagens que desafiam seus dons cênicos, enquanto outros são lembrados pelo público graças a certas características que parecem permear toda sua filmografia, fazendo com que, independentemente do filme que estejamos vendo, sempre enxerguemos algo que parece estranhamente familiar.

Neste post, o Incrível.club quer apresentar 11 atores e atrizes que parecem interpretar sempre o mesmo papel. Não estamos afirmando que eles jamais fizeram nada diferente, mas é impossível negar que, para o bem ou para o mal, todos acabaram marcados por determinadas coincidências. Confira!

1. John Wayne

Seu nome é sinônimo de justiceiro do “Velho Oeste”, e não é à toa. A bem-sucedida carreira do ator norte-americano incluiu diversos personagens cowboys ou que pelo menos estavam imersos naquele universo do faroeste. Muito disso se deve ao seu papel em No Tempo das Diligências, de 1939, que revitalizou o gênero do “bang-bang” em um movimento que chegou até os anos 60. Seu único Oscar, aliás, foi com o filme Bravura Indômita, de 1969.

2. Keira Knightley

Caso a humanidade desenvolvesse uma tecnologia capaz de nos levar de volta ao passado, temos certeza de que Keira estaria entre as primeiras pessoas aptas a realizar tal jornada. De Piratas do Caribe A Duquesa, passando por Anna KareninaDesejo e Reparação, a atriz britânica se consagrou como escolha certeira para papéis de época. Em uma entrevista, ela revelou que seu interesse por filmes ambientados no passado se explica pelo fato de que tais produções funcionam como “uma válvula de escape, assim como acontece com outras pessoas em relação a filmes de ficção científica ou fantasia”.

3. Noel Gugliemi

Talvez você não soubesse o nome desse ator, mas certamente já o viu em muitos filmes, já que Gugliemi construiu uma carreira fazendo papéis de bandidos e foras da lei em filmes como Velozes e Furiosos, Dia de TreinamentoBatman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

Sua trajetória artística começou depois de muitas reviravoltas na vida. Em uma entrevista, ele contou: “passei de uma vida normal ao abandono, ao mundo do crime e depois cheguei à vida de ator”, fazendo referência ao período em que conviveu com membros de gangues da vida real após ser abandonado pelos pais, aos 13 anos. Sua salvação foi uma pessoa que o levou a uma aula de artes cênicas, o que abriu caminho para um papel em um comercial. E o resto, como dizem, é história.

4. Melissa McCarthy

Essa atriz de comédias começou na TV fazendo parte do elenco da série Gilmore Girls e ficou muito conhecida ao estrelar o filme Mike & Molly. Daí em diante, ela passou a ser vista frequentemente em longas e excetuando-se algumas produções, McCarthy parece ter ficado presa ao papel de mulher plus size escandalosa e divertida. É o que vemos em comédias como Uma Ladra sem Limites, A Espiã que Sabia de Menos e o obrigatório Missão Madrinha de Casamento, que rendeu à artista uma indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2012.

Hoje em dia, muitos dos filmes com Melissa no elenco são produzidos por sua empresa, a “On the Day Productions”, comandada por seu marido, o também ator Ben Falcone.

5. Seth Rogen

Conhecido pelo humor ácido e risada contagiante, Seth Rogen não apenas atua, como também dirige, produz e escreve muitos dos filmes dos quais participa. Contudo, na grande maioria das produções nas quais aparece na frente das câmeras, Seth parece fazer sempre o personagem que está sob efeito de substâncias, mas que é simpático demais para ser odiado. Exemplos disso são seus trabalhos em Segurando as Pontas, Ligeiramente Grávidos É o Fim.

Curiosamente, um de seus papéis de maior sucesso e que não tem a ver com o estereótipo que o marcou foi dando voz a Mantis, na animação Kung Fu Panda.

6. Milla Jovovich

Depois de uma estreia estratosférica ainda muito jovem, Milla passou do mundo da moda para o cinema com o filme De Volta à Lagoa Azul, consagrando-se como estrela internacional graças ao longa de ficção científica O Quinto Elemento, em que interpretou a intrépida alienígena Leeloo.

Pouco tempo depois, a bela recebeu outra proposta, aquela que acabaria definindo-a no cinema: protagonizar a adaptação cinematográfica do jogo de videogame com zumbis Resident Evil, em que deu vida à protagonista, Alice. Do distante ano de 2002 para cá, muito tempo se passou, e não poderíamos deixar de pontuar que Milla apareceu nos seis filmes da franquia lançados até aqui.

Entre cada uma dessas produções, a atriz trabalhou em outros longas, mas na maioria deles interpretou alguma “versão” dos personagens Alice ou Leeloo, ou seja: uma heroína ou vilã fatal e excêntrica, em um mundo altamente fantasioso. É o caso de Hellboy, UltravioletaOs Três Mosqueteiros.

7. Liam Neeson

ator irlandês é um caso muito peculiar. É como se, em metade de sua carreira, ele interpretasse papéis bem definidos e mais dramáticos, como em A Lista de Schindler, Batman Begins ou Silêncio; e na outra metade estivesse sempre sobrevivendo ou perseguindo quem fez mal à sua filha, ou esposa, ou... bem, vocês já entenderam.

O início de tudo parece ter sido em 2008, com Busca Implacável. Após o sucesso desse filme, Neeson aparentemente encontrou um nicho para investir. Na última década, ele atuou em Sem Escalas, de 2014 (no qual procura um terrorista em um avião), Vingança a Sangue Frio, de 2019 (em que quer vingar a morte do filho), e Desconhecido, de 2011 — em que sai em busca de uma pessoa que roubou sua identidade.

8. Katherine Heigl

A carreira de Heigl já estava bem encaminhada quando ela conquistou o papel de Izzie na aclamada serie médica Grey’s Anatomy. Porém, depois de vários desentendimentos com a produtora Shonda Rhimes e com os roteiristas envolvendo o rumo que a personagem estava tomando, ela resolveu dedicar-se à família.

Após isso, Katherine se estabeleceu como atriz de comédias românticas, quase sempre dando vida a mulheres difíceis de serem conquistadas, como em Vestida para Casar, A Verdade Nua e CruaNoite de Ano Novo. Recentemente, ela voltou a atuar na televisão, mais especificamente na série Homens de Terno. Estamos ansiosos para conferir o que o futuro reserva para a atriz.

9. Emma Roberts

A postura de menina malvada, a aparência de aluna popular e as frases ácidas formam o conjunto que define boa parte das personagens já vividas por Emma Roberts na TV e no cinema. Exemplo disso é sua participação em Pânico 4, de 2011, assim como os papéis com os quais se tornou mais conhecida: a bruxa Madison Montgomery, da terceira temporada de American Horror Story, e seu papel protagonista em Scream Queens.

Para sua interpretação de Chanel nessa última produção, a atriz se inspirou em Regina George, de Meninas Malvadas, e nas personagens de Meryl Streep e Goldie Hawn em A Morte lhe Cai Bem.

10. Jackie Chan

Um dos atores mais famosos e rentáveis da atualidade (em 2019, ele foi o quinto mais bem pago), Jackie Chan já deixou sua marca no cinema graças a arriscadas cenas de ação, em que atua sem recorrer ao trabalho de dublês.

Mas se por um lado ele é versátil em sequências de luta, o mesmo não se traduz quanto à variedade dos papéis que interpreta. Independentemente do gênero do longa, seu personagem sempre aparecerá demonstrando conhecimento nas artes marciais, seja tomando conta de crianças (como em Missão Quase Impossível), na pele de um mordomo (como em Volta ao Mundo em 80 Dias — Uma Aposta Muito Louca) ou de um policial (como na saga A Hora do Rush).

11. Jason Bateman

Jason costuma ser o protagonista dos filmes, só que vivendo um tipo de homem comum, ou seja, o personagem “normal” que serve de referência para o público perante os demais papéis da trama, que costumam ser... mais peculiares ou excêntricos.

Se existe alguém bom para trabalhos desse tipo, é Jason Bateman. Sua expressão, seu porte físico e sua forma de atuar em produções como HancockQuero Matar Meu Chefe servem como um meio de manter o equilíbrio entre os demais integrantes do elenco. Sim, alguém precisa assumir tal função, mas nós esperamos que não continue sendo só ele.

Atualmente, é protagonista na série Ozark, da Netflix, em que pode, enfim, explorar outras facetas, já que vive um pai de família que mergulha no mundo criminoso da lavagem de dinheiro.

Interpretar outros padrões de personagens não é um trabalho fácil, nem mesmo para os grandes astros e estrelas. Além disso, existe um ditado popular que afirma: “Em time que está ganhando não se mexe”. E você, o que acha? Vê como positivo ou negativo o fato de determinado ator fazer sempre papéis parecidos? Comente!

8-3-
15k