Funcionários da Amazon podem levar seus cães ao trabalho todos os dias

A possibilidade de levar seu animal de estimação ao trabalho é uma raridade, especialmente porque nem todo tipo de atividade cria condições confortáveis ​​e seguras para os animais e para as pessoas. Mas se for um escritório moderno, por que não?

Em todo caso, é isso que a gigante de vendas online Amazon fez: não apenas permitiu que seus funcionários levassem seus cães para o trabalho, mas também criou espaços para os animais se divertir na sua sede, em Seattle, EUA. Como resultado, os caras tornaram-se uma espécie de empregados freelancers, com cujas presenças a empresa só sai ganhando.

Incrível.club descobriu detalhes sobre a vida desses funcionários fofos e ficou surpreso com o fato de existirem lugares para 6 mil deles nos escritórios da Amazon.

Quem imaginaria que seria possível algo assim?

Tudo começou quando um casal de funcionários levou seu animal de estimação ao trabalho, um Corgi galês chamado Rufus. O cão conquistou imediatamente o coração dos demais funcionários da empresa e passou a integrar a equipe.

Todos brincavam com o simpático e amigável cão, ofereciam saborosas guloseimas, pressionavam os botões do teclado com as patas dele e os clientes, ao saberem que a empresa tinha um cachorro, até começaram a lhe enviar presentes.

Infelizmente, Rufus não está mais entre nós, mas viveu uma vida longa e feliz. E é graças a esse amigão que agora todos os funcionários da sede da Amazon podem levar seu animal de estimação ao escritório, deixando o trabalho mais prazeroso.

“Desculpe, não conseguimos encontrar a página que você solicitou. Por favor, use o mecanismo de busca ou acesse a página inicial da Amazon”.

Milly

Conheça os cachorros da Amazon".

Até o momento, a empresa registrou cerca de 6 mil cães e alguns deles podem ser vistos no site da Amazon e, quando ocorre algum problema na página, em vez da usual mensagem de erro 404, surge a imagem deles na tela.

Da mesma forma que faz com os funcionários humanos (que têm acesso a uma série de guloseimas), a Amazon oferece aos cães muitos mimos: petiscos em todos os escritórios, um playground no 17.º andar de um dos prédios, com bebedouros, brinquedos, hidrantes e uma imitação de piso de grama.

Nos prédios da sede não faltam sacolas especiais para limpar os “presentes” dos animais de estimação, além disso, há um parque para os cachorros, onde eles podem brincar sem coleira.

Além disso, na Amazon há a tradição de organizar um festival anual chamado “Barktoberfest” (das palavras “bark” — latido — e “Oktoberfest”), uma festa para os cães e seus donos. Cães e deus donos costumam comparecer fantasiados para comemorar.

Em uma palavra, mais do que um ambiente de trabalho é simplesmente um conto de fadas, ao menos para aqueles que são loucos por cães.

Mas o desejo de agradar os funcionários não é a única razão pela qual a empresa incentiva a presença de animais de estimação no escritório. Segundo a “gerente de cães” da Amazon, Lara Hirschfield, os animais inesperadamente fizeram os funcionários se unir e hoje eles se reúnem diariamente graças a isso.

A declaração Lara tem respaldo nos argumentos de cientistas, que descobriram que a presença de um cão no local de trabalho encoraja as pessoas a cooperarem umas com as outras e também as torna mais sociáveis e amigáveis, em comparação com aqueles funcionários em cujos escritórios não há nenhum animal.

Embora não seja necessária nenhuma pesquisa científica para afirmar isso, é óbvio que funcionários felizes serão muito mais produtivos.

E os cães sabem perfeitamente como deixar seus humanos mais alegres.

Compartilhar este artigo