Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

A verdade sobre como ficaram os restaurantes de “O Pesadelo da Cozinha” após as gravações

2-21
81k

Um dos jurados do reality MasterChef Brasil, o chef Erick Jacquin, ganhou um enorme destaque com o programa solo Pesadelo na Cozinha. Nessa atração culinária, o francês dá conselhos para recuperar restaurantes que estão à beira da falência.

As reações explosivas do conselheiro francês às situações absurdas que acontecem nas diferentes cozinhas são tão impagáveis que ele virou uma sensação nas redes sociais. Mas será que a consultoria do Jacquin é realmente boa? Ou os restaurantes voltam a ser exatamente o que eram antes das gravações?

Nós, do Incrível.club, reunimos depoimentos de pessoas que visitaram os estabelecimentos para ver se o pesadelo continua, ou se ficou no passado. Acompanhe!

Pé de Fava

O restaurante Pé de Fava, em Guarulhos (São Paulo), acabou bombando nas redes sociais depois que Jacquin ficou tenso ao descobrir que o freezer era desligado todas as noites, para economizar energia. Mas, hoje, esse “pesadelo” não acontece mais. O alagoano Fábio Lima, dono do restaurante, fez um acordo com um açougue local para que as proteínas chegassem fresquinhas lá todos os dias — assim, a economia continua e a saúde de nenhum cliente corre mais risco.

O Pé de Fava está bem mais movimentado após o programa. “Recebo ligação de gente do Amazonas até o Rio Grande do Sul”, brincou o dono durante sua conversa com o youtuber Gaba.

Após as gravações, Fábio implementou uma churrasqueira na parte exterior do restaurante, tem planos de criar uma cozinha maior no andar de cima e quer aumentar a equipe do estabelecimento.

O forte da casa ainda é o buffet liberado por 14,99 reais e, até o momento, os pratos que o Jacquin elaborou para o cardápio não estão sendo servidos. A não ser o baião de dois, que é vendido separadamente. Segundo o youtuber Gaba, o prato é bom e o tempero é levinho.

“Não sinto aquele tempero forte do nordeste. É mais leve. É exatamente como o Jacquin falou, é um paulistano fazendo comida nordestina”, disse.

Esporte Bar e Restaurante (Antigo Bar)

chef Jacquin deu uma pegada tão vintage ao Esporte Bar e Restaurante, que o restaurante de Santo Amaro passou a se chamar Antigo Bar. Um mês após a exibição do programa, o estabelecimento mantém a decoração atraente deixada pela equipe do Pesadelo na Cozinha e a movimentação dobrou na hora do almoço.

Durante as gravações, o dono do local, JC, recebeu broncas do Jacquin por chegar atrasado. O ex-participante do programa garante que, hoje, consegue organizar o seu tempo melhor. E outra ótima notícia: ele disse que não usa mais a água da pia para fazer sucos. Só mineral!

Se antes, os espetinhos eram comprados, hoje os funcionários do restaurante produzem os próprios espetinhos. “Dá um pouco mais de trabalho, mas a qualidade é outra. Foi um sucesso [...]. Para falar a verdade, o programa me salvou”, disse JC.

O youtuber Gaba também visitou o restaurante e disse que a comida estava boa, especialmente o frango dessosado com creme de milho. Na parte dos doces, ele disse que não achou o sabor dos minichurros “maravilhoso” e preferiu o gosto do abacaxi com raspas de limão.

Alquimia

Como será que anda a cozinha da Carmem e do britânico Stefane? Com o intuito de trazer mais qualidade ao restaurante, a equipe chamou um novo chef para ajudar na cozinha após o Pesadelo na Cozinha.

Os youtubers do canal Vale a Pena visitaram o local e disseram que eles continuam com o mesmo cardápio elaborado pelo chef Jacquin. O ambiente e a decoração, segundo eles, são bem agradáveis.

Os donos do restaurante disseram que o movimento não cresceu de forma tão relevante após o programa. No entanto, eles seguem confiantes, com a esperança de “começar de novo”.

“Eu estava esperando [do programa] algo mais para a frente. Tudo que aconteceu aqui eu acredito que foi para um propósito maior. Se chegasse muita gente... eu acho que tudo que vem rápido, vai rápido. Então, tudo para a gente é germinar”, disse a Carmem.

Durante a visita ao Alquimia, os youtubers experimentaram o ceviche de salmão — aquele mesmo, que o chef Jacquin julgou ter cebola a mais. Eles não acharam o prato nem bom, nem ruim, mas sim “diferente”.

Hero’s Burger

O restaurante temático de super-heróis, Hero’s Burger, participou do quarto episódio da segunda temporada de Pesadelo na Cozinha.

O estabelecimento continua servindo o prato elaborado por Érick Jacquin, que é um hambúrguer grelhado com emulsão de whisky, ovo, batata frita e salada. A Marcela Perez, do canal Segredinhos, experimentou a sugestão do chef e disse que “gostou muito” da carne. E outra mudança ocorrida após o programa: a batata frita não é mais congelada.

El Maktub

Outro local que também foi salvo da falência foi restaurante árabe El Maktub, localizado em São Paulo. O estabelecimento até ganhou memes nas redes sociais por disponibilizar preservativos logo na entrada. Se você estranhou isso, imagina como foi a reação do Jacquin.

Assim que as gravações começaram, o chef logo percebeu que se tratava de um negócio em família. Após o programa, a dona do estabelecimento, Kadige, disse que foi justamente a assessoria do chef que a fez enxergar o quanto ela misturava problemas “profissionais” com “familiares”. Tanto é que houve alterações na equipe da cozinha.

Durante o programa, Jacquin reclamou que o cardápio tinha muitas opções internacionais, como hambúrgers. Mas o Felipe Ávlis, do canal Vale a Pena?, visitou o El Maktub e mostrou que o restaurante tem bem mais opções árabes agora. Segundo o youtuber, a comida estava bem temperada ou melhor, como diz o chef francês, tinha mais “tômpero” do que antes.

Bawarchi

Você se lembra do restaurante indiano Bawarchi? O problemas de higiene do local eram tão graves que o chef Jacquin passou mal durante as gravações.

Quem visitou o Bawarchi após o Pesadelo na Cozinha foi a vice-campeã da quarta temporada do MasterChef Brasil, Deborah Werneck. O prato Tandoori Mix, segundo ela, tinha um frango macio, mas o camarão estava “passado”. Pelas fotos já podemos ver que o típico pão indiano Naan, que foi rejeitado pelo Jacquin, melhorou muito de qualidade. Se antes ele era bastante molhado, hoje a massa está crocante.

Quanto à higiene do local, o proprietário garantiu que esse problema ficou no passado. Após o programa, a equipe foi reforçada e hoje, duas pessoas são responsáveis apenas pela limpeza do local.

Joka’s Grill

O conselheiro francês também foi o salvador do Joka’s Grill, um restaurante de comida caseira localizado no Itaim Bibi, em São Paulo. Apesar da região ser bastante movimentada, o restaurante vivia com baixo faturamento e estava quase falindo. Jacquin entendeu que precisava melhorar a qualidade dos pratos para poder atrair mais clientela.

O proprietário do local, João Nolasco, revelou que a equipe ainda está fazendo adaptações para poder oferecer o cardápio do chef Jacquin. Antes, eles compravam alimentos diariamente. Mas após as gravações, a logística de compra foi alterada e equipe consegue mais tempo para descansar.

Em visita ao Joka’s Grill, os youtubers do canal Vale a Pena? pediram o mesmo prato que o Jacquin falou mal: o filé de salmão grelhado, com legumes, batata frita e arroz. Eles acharam que o prato estava uma delícia e o tempero bastante caseiro.

Você já teve a oportunidade de conhecer alguns dos restaurantes que passaram pelo Pesadelo na Cozinha? Conte para a gente nos comentários como foi a sua experiência.

2-21
81k