Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

11 Aspectos da vida comum que sutilmente podem atrapalhar nossa vida

4-46
340

Quem não gosta de se lembrar daqueles bons tempos quando o chocolate era mais gostoso e as pessoas mais felizes? O fato é que essas lembranças estão longe da verdade. A nossa vida ficou mais fácil e confortável em vários aspectos. A jornada de trabalho diminuiu, surgiram aparelhos que ajudam na limpeza da casa e nos permitem horas livres para nos dedicarmos aos nossos passatempos. Mas o progresso também tem seu lado negativo.

Nós, do Incrível.club, fizemos uma lista de coisas insignificantes com as quais convivemos, mas que conseguem nos irritar.

Eletrodomésticos quebram mais rápido

Nos ditos ’bons tempos’, as pessoas compravam eletrodomésticos pensando que durariam para sempre e, talvez, os deixassem de herança. Os eletrodomésticos modernos não duram tanto. É claro que tudo depende do fabricante, mas em média duram de seis a quinze anos. As chaleiras elétricas são mais frágeis. Elas costumam estragar em um ano.

Os celulares não chegam a durar nem dois anos. Consertá-los é um trabalho ingrato. Se o seu celular parar de baixar atualizações, é melhor jogá-lo fora.

Entretanto, a fragilidade dos eletrodomésticos tem suas vantagens. Os fabricantes trabalham constantemente em questões como economia de eletricidade e água. Portanto, há uma chance dos novos aparelhos consumirem menos recursos. Geralmente, é mais lucrativo trocar de celular a cada ano. E ainda é possível vender o antigo pela metade do preço e economizar na compra de um novo.

Tomamos decisões de acordo com opinião dos desconhecidos

Longe vão os tempos em que pedíamos a opinião dos amigos para escolher um produto. As pesquisas mostram que 97% dos consumidores, entre 18 e 34 anos, leem os comentários e avaliações na Internet. Todos deixam avaliações sobre tudo. Até um motorista de táxi pode lhe avaliar após a viagem e diminuir seus pontos, só porque você não conversou muito com ele.

Mas há alguns benefícios. É uma boa opção para os empresários melhorarem seus serviços e justificarem as boas avaliações. Mesmo que uma empresa tenha alguns pareceres negativos dos clientes, as pessoas confiam mais nas positivas.

Perdemos muito tempo na escolha de um filme ou seriado

As plataformas de streaming, como a Netflix, tornaram nossa vida mais fascinante e, simultaneamente, mais difícil. Perdemos de sete a nove minutos por dia para escolher a que assistir. E 21% dos espectadores simplesmente desligam a TV porque não conseguem escolher. E quanto mais filmes e seriados disponíveis, mais difícil a escolha.

Essa situação também prejudica as emissoras. Por isso, elas trabalham para melhorar a programação de acordo com o que os espectadores esperam.

Temos mais roupa para comprar, mas a qualidade piora

A cada ano são fabricados 80 bilhões de novas peças de roupa. Compramos 400% de roupas a mais do que há vinte anos. Muitas pessoas preferem as marcas baratas. Para que gastar muito dinheiro em algo que descartaremos no próximo ano? Sabendo disso, as marcas populares tentam baixar os preços ainda mais, economizando nos salários dos trabalhadores e na qualidade dos materiais. A fabricação de roupas desse tipo gera não apenas as reclamações dos consumidores, como prejudica o meio-ambiente.

Isso não quer dizer que a roupa de qualidade tenha sumido das lojas. Ela simplesmente se perde em meio a tantas outras de pouca qualidade. Nem uma grife famosa, nem o preço altíssimo são sinônimos de qualidade. Para descobrir quanto tempo uma peça vai durar, é preciso fazer alguns testes: checar a qualidade dos pontos, avaliar a densidade do tecido, esticar e ver se ele volta ao normal. Zíper de metal e botões adicionais são sempre uma vantagem.

As conversas acontecem online

Às vezes, você escreve a mensagem: “Qual é a tarefa de matemática?” e, em vez de mandar para o grupo da escola, a envia para o do trabalho. Hoje em dia é muito comum discutir os problemas nos chats e não pessoalmente. Certamente, há vários grupos em cada celular. Por um lado, as pessoas podem resolver alguns problemas mais rapidamente; por outro, é muito difícil encontrar uma informação nesse fluxo infinito de mensagens.

É necessário colocar algumas restrições nos grupos de trabalho, por exemplo: pedir aos colegas para não mandarem mensagens sem objetivo, ou criar outro grupo só para memes e piadas. E você deve prestar atenção ao que escreve e onde o faz. Mas é fácil apagar uma mensagem que foi enviada acidentalmente.

Temos de criar senhas para substituir as que esquecemos

Vários aplicativos e dispositivos eletrônicos têm senhas com as quais podemos acessar celulares, contas, cartões bancários, e-mails, etc. Os especialistas recomendam criar essas “palavras mágicas” combinando letras e números, não usar as mesmas senhas para todas as contas e trocá-las depois de alguns meses. Por isso, temos de nos lembrar de inúmeras combinações. A maioria delas pode ser recuperada, mas, às vezes, o esquecimento pode nos levar a situações inesperadas e nada agradáveis.

Para não sofrermos criando senhas novas, podemos instalar um aplicativo em nosso aparelho que gera e salva várias combinações. Se não quisermos gastar dinheiro com isso, podemos usar um caderno especialmente para as senhas e guardar em um lugar seguro. O importante é não deixar à vista de todos.

As embalagens dos produtos diminuem a cada ano

Às vezes, notamos que alguns produtos comuns, como refrigerante, leite, manteiga, têm ’encolhido’, mas o preço continua mesmo. É desagradável porque gastando o mesmo dinheiro, compramos menos. Esse mistério tem uma explicação. Os especialistas em marketing descobriram que os consumidores reagem mais passivamente quando veem as embalagens diminuídas com o mesmo preço, do que em relação ao seu encarecimento. Então, se for necessário aumentar o valor por qualquer motivo (mudança na taxa de câmbio, má colheita, etc.), é mais fácil diminuir a embalagem.

No entanto, não há motivos para se alarmar, pois, o volume dos produtos não pode diminuir para sempre. É muito improvável que alguém compre uma lata de refrigerante, ou uma caixa de leite de 100 ml. E, claro, o melhor é que os preços não subam.

Muitas pessoas não apenas lavam, como descascam as maçãs

Ao comprar maçãs, peras e pepinos nos mercados não costumamos morder imediatamente os frutos suculentos. Primeiro, temos de não apenas lavar, mas também descascar. Parece ser uma boa ideia porque a casca tem pesticidas. Entretanto, ela tem mais vitaminas e nutrientes do que a polpa, além de ser rica em fibras que ajudam a saciar a fome.

Alimentos orgânicos têm menos pesticidas. A maioria dos produtos químicos na superfície das frutas pode ser lavada com água morna e uma esponja. Se usarmos uma mistura de vinagre e bicarbonato de sódio, eliminaremos ainda mais os produtos químicos.

O celular quase sem bateria é um terror

“Olá! Fui no supermercado, na volta vou passar na Ana. O jantar está no forno. Qualquer coisa, ligue para ela, 274-5688. Beijo”.

Estamos acostumados a nos preocupar com o nível da bateria do celular e ficamos estressados quando ela descarrega rápido. Uma pesquisa da LG mostrou que 90% das pessoas ficam ansiosas com isso. Os sinais comuns dessa ansiedade são: pedir a desconhecidos para carregar o seu celular, ir a um restaurante ou a um café só para carregá-lo, ter uma coleção de, no mínimo, três carregadores e tentar pegar ’de empréstimo’ mais um. 32% dos consultados na pesquisa podem largar tudo e ir para casa ’ressuscitar’ o seu aparelho.

É muito difícil superar uma fobia. E hoje em dia é praticamente impossível, pois, a família e os colegas esperam que a pessoa esteja conectada o tempo todo. Então, é necessário ficar atento ao nível da bateria. Para baixar o consumo, basta fechar alguns aplicativos, diminuir o brilho da tela e desligar o telefone, pelo menos durante a noite. Se quiser reduzir a dependência do celular será necessário deixá-lo desligado por alguns dias.

Spam infinito de celular

Uma pesquisa mostrou que, somente no Brasil, ligações e mensagens spam aumentaram 21,6% em 2019, em relação ao ano anterior. E quase metade delas (48%) tem origem em contatos de operadoras de telefonia oferecendo promoções e trocas de plano.

É necessário seguir os seguintes passos para impedir essas mensagens irritantes. Primeiro, é preciso bloquear os números dos quais já recebeu alguma informação indesejada. Você também deve avisar a sua operadora sobre o spam. Independente do sistema que você usa, Android ou Apple, existe um filtro de spam nas configurações. Também há vários aplicativos (normalmente, pagos) que bloqueiam as ligações e as mensagens spam.

As carteiras estão cheias, não de dinheiro, mas de cartões de desconto

Quase todos os mercados, restaurantes e outras empresas, cujos serviços usamos, têm seu programa de fidelidade. O cliente recebe um cartão e alguns bônus. Ao sair de casa, precisamos verificar se colocamos na carteira, não apenas o dinheiro, mas também os cartões e os cupons necessários.

Antes de participar de um desses programas, é necessário ler com cautela o contrato e verificar quais dados pessoais a empresa precisa, ou seu e-mail poderá se entupir de spam. É bom fazer o teste: analisar quais cartões são realmente úteis para economizar, e o resto jogar fora sem piedade.

O que você adicionaria a essa lista? Comente.

Imagem de capa Pixabay
4-46
340
Compartilhar este artigo