Incrível
Incrível

11 Surpresas da natureza que te farão gritar: “é sério isso?”

Você já pensou que o mundo dos animais e dos insetos pode ser totalmente diferente daquilo que o senso comum faz imaginar? Eles são capazes de pensar, fazer pegadinhas com outros animais, causar intrigas, fazer amizades e trabalhar. Por exemplo, para encher um pequeno pote de mel, é preciso o esforço de 22.700 abelhas.

O Incrível.club reuniu dados curiosos sobre o mundo dos animais, especialmente os menores. Eles mostram que sabemos pouco sobre a natureza, e que ela é capaz nos surpreender a cada dia.

1. Aranhas que desenvolveram a capacidade de criar ’marionetes’ parecidas com elas mesmas como uma proteção contra inimigos

Para as aranhas do tipo Cyclosa, da família Araneidae, que vivem no Peru, a vida é um tanto divertida. Além de precisarem capturar suas presas, é importante também que elas não se deixem cair nas garras de outros predadores maiores. Para isso, essas aranhas desenvolveram a “técnica da marionete”, levando-a a uma perfeição tão grande que atualmente os pesquisadores discutem se elas fazem parte de um tipo de espécie que evoluiu ou se são completamente novas, um tipo de artrópode mais inteligente.

A partir de folhas e restos de insetos secos, essas aranhas constroem uma cópia de si mesmas e criam uma ilusão de movimento com a ajuda da teia, como se estivessem manejando uma marionete. Assim, desviam a atenção de eventuais predadores e conseguem permanecer escondidas.

2. O fungo ’inteligente’ que vai de um lugar para o outro, faz planos e até dieta

Experiências com o fungo physarum polycephalum demonstraram claramente que ele é dotado de um intelecto em particular. Além de ’pensar’, ele é capaz de planejar. O fungo consegue encontrar o mais rápido possível a saída de um labirinto desde que tenha um objetivo (comida), relembrar a trajetória do movimento e reagir a ações que se repitam algumas vezes.

O fungo se movimenta com a ajuda de protoplasma, que o permite ir para trás e para a frente. Esse ciclo leva cerca de 2 minutos para ser realizado.

Os pesquisadores comparam a inteligência desse fungo com a de insetos ’inteligentes’, como as formigas, por exemplo. Isso é algo realmente surpreendente, uma vez que os physarum polycephalum não possuem cérebro nem sistema nervoso.

Esses fungos podem ser vistos como exemplos de ’força de vontade’: não se alimentam com qualquer coisa, preferindo manter uma dieta equilibrada de proteínas e carboidratos, necessários para se manterem vivos, sem ingerir essas substâncias em excesso.

3. Pássaros que ficam ’bêbados’ e passam a assobiar de maneira diferente

Estudiosos da Universidade do Oregon, EUA, realizaram pesquisas com os pássaros diamantes-mandarins e descobriram que o álcool afeta a capacidade de cantar nas aves: caso surjam notas não peculiares para eles ou o ritmo seja interrompido, esses pássaros simplesmente desafinam.

Na realidade, na natureza, os pássaros frequentemente são objetos dos efeitos do álcool, principalmente por meio de frutos fermentados. Contudo, pode ser que eles comam frutos habituais e esses fermentem dentro do organismo: isso depende da estrutura do esôfago. Os pássaros podem acabar perdendo a coordenação e precisando de algo firme para se apoiarem. A mesma coisa que ocorre com os seres humanos, não é mesmo?

4. O cavalo que é do tamanho de um cachorro

Einstein é um minúsculo pônei nascido na Inglaterra, e é considerado o menor cavalo do mundo. Ele nasceu em 2010 e possui uma ótima saúde, pesando cerca de 8 quilos.

Especialistas precisaram discutir como identificariam o vencedor da categoria, já que existem no mundo alguns cavalos em miniatura.

Einstein ganhou por pesar menos que todos os outros e também por não ter nenhum tipo de transtorno no desenvolvimento, mantendo todas as proporções. Ele não é um cavalo com nanismo, e sim uma versão muito pequena do animal.

O campeão anterior da categoria pesava 26 quilos.

5. Cachorros são capazes de se apaixonar

Pesquisadores concluíram que os cachorros sentem um amor sincero por seus donos. Disso você não tinha dúvidas, certo? Quando seu cão entra em contato com pessoas ou com outros cães, seu organismo recebe uma descarga de oxitocina, que causa sentimentos parecidos com aqueles vivenciados por pessoas durante beijos e abraços.

Os cachorros não apenas são capazes de amor seus donos, mas também seus semelhantes. E assim como as pessoas, ficam tristes e sentem falta do seu ente querido durante períodos de ausência.

6. Os gatos veem os humanos como gatos gigantes

Você considera seu gato como um membro da família ou como uma criança pequena? Mas como será que seu gato te enxerga? O biólogo britânico John Bradshaw, há muitos anos, ao estudar o comportamento felino, chegou à conclusão de que esses pets veem as pessoas como gatos gigantes e não hostis.

Justamente por isso, eles pensam que você, por exemplo, gosta quando eles capturam um rato. É como um presente que estão dando para um amigo ;)

7. A migração de caranguejos na Ilha de Natal pode ser vista até de um avião

Um fenômeno incrível pode ser visto na Ilha de Natal, na Austrália, em novembro e dezembro. Cerca de 120 milhões de caranguejos saem das florestas tropicais em direção à costa do Oceano Índico para se reproduzir. Isso cria o que lembra um gigante tapete vermelho. Os caranguejos se movimentam com o objetivo de chegar ao destino junto com as primeiras chuvas torrenciais. Do contrário, poderiam morrer de desidratação pelo caminho. Toda aquela multidão vermelha consegue chegar a tempo no local após cerca de 18 dias.

Todos os anos, os australianos tentam ajudar o fenômeno natural: para facilitar a vida dos caranguejos, criam pontes e bloqueiam estradas. Tudo para que o maior número de crustáceos chegue com vida à água. O processo atrai a atenção de fotógrafos e ambientalistas de todo o mundo.

8. As vacas fazem amigos e conseguem identificar os melhores deles

A verdadeira amizade existe até no mundo animal, e o caso das vacas confirma essa afirmação. A bióloga britânica Krista McLennan chegou à conclusão de que os bovinos são muito apegados aos amigos desde que são filhotes, e ficam estressados quando se separam deles.

Os especialistas afirmam inclusive que favorecer o prosseguimento das relações entre os animais e o ato de deixar as vacas junto de seus amigos podem aumentar os níveis de produção de leite e diminuir o sofrimento animal, que frequentemente acontece quando as vacas são enviadas para o meio de um grupo de indivíduos desconhecidos.

9. Algumas flores são capazes de derreter a neve gerando calor para serem as primeiras polinizadas pelos insetos que despertam na primavera

Ser o primeiro! Esse lema é totalmente aplicável ao mundo das plantas. Pelo menos essa é a opinião da symplocarpus foetidus, ou repolho-de-gambá, flor com um jeitão bem diferente da maioria. A surpreendente planta é capaz de afetar a própria temperatura, levando-a a um nível entre 15 e 35º C, num fenômeno chamado de termorregulação.

Por isso, é capaz de fazer derreter a neve para ser a primeira entre as flores a sair para a superfície e ser logo polinizada pelos insetos em busca de flores. Além disso, os insetos são atraídos pelo forte odor exalado pelo vegetal.

10. As hognoses são as melhores comediantes do mundo das serpentes

As heterodon nasicus, mais conhecidas como serpente hognose, não têm veneno e são originárias da América do Norte. Uma das mais interessantes características desse animal é a divertida expressão de seu focinho, que nos lembra um sorriso quando a serpente abre ligeiramente a boca. Isso atrai muita gente, fazendo com que a heterodon nasicus seja muito adotada como pet.

Quando se sente ameaçado, o animal vira de costas, coloca a língua para fora e começa a exalar um odor desagradável, já que possui glândulas específicas: tudo para fazer com que o inimigo pense que ela está morta. E se você virar o ’cadáver’ de barriga para baixo, a serpente novamente vira de costas para mostrar que não está viva. Uma verdadeira atriz!

11. Os caracóis do mar colocam ovos, mas são hermafroditas

A grande maioria dos caracóis é hermafrodita. Porém, para gerar descendência, eles ainda precisam de um outro caracol. Eles se fecundam um ao outro, e ambos podem colocar ovos.

É interessante saber que alguns caracóis, por uma temporada, podem ser e atuar como do gênero masculino, tornando-se feminino na temporada seguinte de reprodução.

Que fato da lista acima você considerou o mais surpreendente? Tem outra informações curiosa sobre a natureza? Compartilhe conosco deixando um comentário!

Imagem de capa Feelawe.com
Incrível/Animais/11 Surpresas da natureza que te farão gritar: “é sério isso?”
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos