Incrível

25+ Dicas de sobrevivência super eficientes para você evitar o pior

1161
30k

Alexander Oboimov, um explorador do Ártico, nunca esquecerá do dia em que um de seus alunos salvou um grupo inteiro que estava sob ataque de um urso polar faminto. E qual foi a estratégia usada pelo rapaz para evitar uma tragédia? Tirar as próprias roupas. Inicialmente, o estudante sacou as luvas e o gorro, atraindo a atenção do animal. Ao ver que o método estava funcionando, tirou o casaco. Enquanto o urso parou para cheirar a peça de roupa, todo o grupo teve tempo de chegar até uma embarcação e fugir.

O Incrível.club reuniu várias dicas de sobrevivência para te ajudar a sair são e salvo de eventuais situações perigosas.

25+ Dicas de sobrevivência super eficientes para você evitar o pior
  • O caso do urso polar é justamente o que acabamos de mencionar. Caso esteja sendo perseguido por um animal como esses, tire peças de roupa, como gorro ou luvas, jogue-as no chão e corra para longe. Ursos polares sofrem de Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade, condição também chamada de TDA-H. Por isso, é bem provável que o animal pare para cheirar as roupas, dando tempo para você escapar em segurança.
  • Ao sair de viagem, não se esqueça de deixar alguém informado sobre seu itinerário. Caso seja vítima de pessoas perigosas, deixe claro que haverá alguém esperando por você no seu destino em determinado horário. Isso evitará que você se torne uma vítima “fácil”.
  • Se, em uma situação de emergência, você precisar arrombar uma porta trancada, dê chutes fortes perto da maçaneta e da tranca. Evite usar as costas ou os ombros. Com chutes, a tranca abrirá mais facilmente.
  • Se estiver em um ônibus e o veículo for invadido por ladrões, finja estar dormindo. Assim, é bem possível que os criminosos não se dirijam a você, já que eles precisarão estar atentos a tudo o que acontece.
  • Ao ligar para serviços de emergência (polícia ou bombeiros, por exemplo), informe sempre sua localização primeiro e só depois relate o problema. Se a ligação cair antes de terminar de relatar a ocorrência, ao menos as autoridades saberão onde o problema está ocorrendo, podendo enviar viaturas se for o caso.
  • Incêndios provocados por curtos-circuitos costumam provocar um odor que lembra o de peixe e urina, quando submetidos ao calor. Caso sinta um aroma assim em sua casa ou prédio, você possivelmente está em perigo.
  • Se precisar fazer Reanimação Cardiopulmonar (RCP) em alguém, não interrompa o procedimento até a chegada dos paramédicos. A RCP não serve para fazer a pessoa acordar, e sim para evitar danos cerebrais ao forçar o fluxo de sangue para aquele órgão. E tente encontrar alguém para alternar a realização da RCP, já que você possivelmente se cansará em pouco tempo. Para ter uma ideia da frequência dos movimentos, uma dica de especialistas é executá-los pensando na música Stayin Alive, dos Bee Gees.
  • Se algum dia você estiver em um imóvel pegando fogo e ficar rodeado por fumaça, arraste-se pelo chão para encontrar a saída, mas faça isso com os pés à frente do corpo, não a cabeça. Assim, não correrá o risco de cair em uma escada e se ferir gravemente.
  • Gosta de caiaque? Então fique esperto caso a embarcação vire de cabeça para baixo. Em uma situação assim, é preciso soltar a trava que o prende à embarcação e nadar para o fundo de modo a liberar totalmente o corpo. Não tente virar o caiaque, pois é bem provável que você não consiga fazer isso, a menos que seja um remador experiente.
  • Nunca use alvejantes e produtos de limpeza à base de amônia ao mesmo tempo. A mistura dessas duas substâncias libera vapores tóxicos chamados cloraminas, que podem ser fatais quando inalados.
  • A recomendação que médicos dão para pessoas que estão sofrendo ataque cardíaco é tomar aspirina. O paciente deve mastigar a pílula e ingerir com um copo de água, em vez de engolir o comprimido inteiro. Dessa maneira, o medicamento é absorvido com mais rapidez.
25+ Dicas de sobrevivência super eficientes para você evitar o pior
  • Se alguém te parar na rua para perguntar as horas, não baixe a cabeça para olhar o relógio. Em vez disso, erga o braço de modo a manter o olhar tanto no relógio quanto no seu interlocutor. Se a pessoa estiver mal-intencionada e você der total atenção, ela ficará desconcertada. A mesma dica vale caso vá conferir as horas no celular.
  • Se estiver prestes a atravessar uma rua e vir o reflexo da luz solar no para-brisa de um veículo que se aproxima, só atravesse depois que o carro passar. O motorista pode ter a visão ofuscada pelo sol e não notar a sua presença.
  • Você dificilmente se verá nesta situação, mas o seguro morreu de velho: caso esteja sendo atacado por um alce (aqueles bichos são enormes!), faça o possível para se esconder atrás de uma árvore. Alces têm um ponto cego na visão periférica, então, o animal provavelmente não o enxergará, criando a chance ideal para a fuga.
  • Se você cair no mar, rio, ou qualquer outro curso de água, tente boiar, se acalmar e resistir ao instinto de nadar. Com a respiração e o corpo sob controle, será mais fácil nadar em segurança.
  • Caso veja alguém ser esfaqueado, não retire a faca do ferimento. O objeto age como um tampão no corte, reduzindo a perda de sangue. Tente fazer pressão em volta do ferimento usando um pedaço de tecido, e ligue para o SAMU (192) ou para os Bombeiros (193). Em Portugal, Número Europeu de Emergência: 112.
  • Manter-se parado e impassível diante de uma alcateia de lobos pode parecer aterrorizante — e, de fato, é. Mas pode ser a sua única chance de sobreviver diante de um ataque desses animais. Seu instinto é o de correr atrás das presas O mesmo vale no caso de cachorros agressivos.
  • Notou que está sendo perseguido? Então abrace a primeira pessoa que cruzar seu caminho e conte baixinho, perto do ouvido dela, o que está acontecendo. O mais provável é que a pessoa fingirá te conhecer, andando ao seu lado para dar segurança.
  • Se você estiver sozinho e engasgar, realize a manobra de Heimlich em si mesmo com a ajuda de uma superfície rígida, como uma mesa ou o encosto de uma cadeira. Com uma das mãos, empurre o outro punho contra o estômago enquanto permanece deitado sobre a superfície rígida. Mas procure ajuda o quanto antes. Você tem pouco tempo para sobreviver.
  • A ideia de que não se deve informar às autoridades sobre o desaparecimento de alguém em menos de 24 horas não passa de mito. Na verdade, quanto mais cedo a ocorrência for registrada, maiores são as chances de a vítima ser encontrada em segurança.
  • O que você precisa ter em mente para sobreviver à perseguição de um urso-negro é o fato de que eles escalam árvores muito rapidamente. Porém, têm dificuldades de descer colinas, já que ganham muita velocidade por conta do peso corporal. Então, em vez de subir em uma árvore, fuja morro abaixo.
  • Se você estiver mergulhando em mar aberto e perceber que, de repente, todos os peixes sumiram ou começaram a pular para fora da água, fique atento, pois isso não é bom sinal: indica a presença de tubarões na área. A mesma regra vale em áreas de mata habitadas por pequenos animais e predadores. Uma quietude repentina indica perigo à espreita.
  • Deixar as luzes de casa acesas à noite não é seguro, pois isso acaba funcionando como um farol que chama a atenção dos assaltantes. A maioria dos ladrões acredita que os proprietários deixam as luzes acesas quando estão de férias, em uma tentativa de mostrar que tem gente lá dentro. Porém, a estratégia transforma o imóvel em um alvo fácil.
  • Pessoas míopes que perdem os óculos e precisam ver algo com urgência podem fazer um pequeno orifício com as mãos usando os dedos indicador e polegar. A imagem que será vista pelo buraco será sempre mais nítida. Os dedos funcionarão como uma espécie de binóculo.

Temos certeza de que as dicas acima são úteis, mas esperamos sinceramente que você nunca precise colocá-las em prática. Você já se viu em perigo e precisou agir com sabedoria, mesmo no calor do momento? Deixe um comentário com seu relato!

Imagem de capa depositphotos.com
Illustrated by Polina Chernevina exclusivo para Incrível.club
1161
30k