Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

O que é a ’depressão sorridente’ e o que você pode fazer se alguém que você ama a tem

6-82
18k

Se você procurar pela hashtag #Faceofdepression (face da depressão) nas redes sociais, encontrará centenas de fotos mostrando pessoas felizes e sorridentes que, na verdade, estão sofrendo de depressão. Muitas vezes, essas fotos são postadas pelas próprias pessoas, mas com mais frequência são compartilhadas por parentes e amigos que querem ajudar seus entes queridos e contar ao mundo sobre esse problema. Infelizmente, algumas dessas fotos são postadas tarde demais, quando as pessoas que sorriam nelas já se foram.

Nós, do Incrível.club, queremos explicar o que é a depressão sorridente e como reconhecê-la em alguém que você ama. E mais importante: como ajudar a pessoa a lidar com esse problema.

Entenda o que é a “depressão sorridente”

“Isso foi dias antes de meu marido tirar a própria vida. Os pensamentos suicidas estão presentes, mas você nunca saberá”.

Ter depressão sorridente significa que você está tentando parecer feliz e alegre para os outros embora por dentro sofra profundamente. As pessoas que a têm não parecem estar sofrendo, é por isso que seus amigos e familiares não suspeitam de que algo esteja errado. Além disso, às vezes as próprias vítimas não percebem que têm problemas; portanto, não procuram apoio ou ajuda. Pessoas com depressão sorridente geralmente vivem vidas sociais ativas, têm famílias, amigos e empregos, parecem ser bem-sucedidas e muito felizes, mas você nunca sabe o que se esconde por trás dessa fachada aparentemente normal.

A pior parte desse problema é que parece haver uma conexão entre a depressão sorridente e pensamentos suicidas. Essas pessoas podem parecer cheias de energia e entusiasmadas, mas na verdade podem estar se sentindo inúteis e desesperadas. Depois que o vocalista do Linkin Park, Chester Bennington, tirou a própria vida, sua esposa, Talinda, compartilhou uma foto do cantor apenas alguns dias antes do suicídio. Chester estava sorrindo e se divertindo com a família, e ninguém sabia que pensamentos estavam passando por sua cabeça naquele momento.

“Última foto minha e de minha mãe em um jantar. Ela cometeu suicídio um mês depois, pouco antes do meu aniversário de 21 anos”

Embora a depressão sorridente esteja escondida atrás de uma máscara de felicidade, existem maneiras de reconhecê-la. Os sinais mais frequentes de depressão sorridente incluem:

  • Diminuição do interesse em hobbies e atividades que a pessoa amava fazer antes;
  • Mudanças no peso e no apetite;
  • Fadiga e baixa concentração;
  • Insônia;
  • Pensamentos repetidos em situações negativas;
  • Felicidade forçada e artificial.

Veja como você pode ajudar alguém que sofre de depressão sorridente:

“Meu melhor amigo, uma semana antes de cometer suicídio. Preste atenção em seus amigos.”

  • Ajude a pessoa a perceber que têm um problema. Muita gente não quer admitir que está deprimida porque, infelizmente, o tema ainda é visto como “frescura” ou “mimimi”. Mostre que você sabe da importância e da seriedade do problema e deixe claro que está disposto a ajudar, não importa o que aconteça.
  • Seja um bom ouvinte. Isso significa que você deve ouvir ativamente a pessoa que deseja ajudar, deixando que ela sinta que você realmente ouve e entende o que ela está dizendo. Não basta dizer que tudo vai ficar bem. Tente pensar em conjunto com ela sobre quais medidas podem ser tomadas para lidar com a situação e ofereça sua ajuda se achar que pode fazer algo.
  • Ajude a aumentar a autoestima. Alguns especialistas sugerem que nossa autoestima é o nosso “sistema imunológico emocional” e, quando enfraquece, começamos a nos sentir deprimidos e desanimados. Tente ajudar seu amigo ou parente a encontrar uma atividade ou projeto significativo que possa fazer com que se sinta produtivo e bem-sucedido novamente.

Uma das últimas fotos de Robin Williams tiradas antes de seu suicídio em 2014

  • Preste mais atenção nas pessoas que você ama. Mandar uma mensagem ou duas (ou telefonar) perguntando se está tudo bem pode parecer um ato bobo ou inútil, mas não é. Ligue para seus amigos e familiares sempre que pensar neles, pergunte como estão e não fique satisfeito com um simples “estou bem”. Envolva-se e não deixe de notar os sintomas alarmantes que descrevemos acima.
  • Ajude-os a agir de maneira “normal”. Tente incentivar a pessoa que sofre de depressão a sorrir e a fazer todas as coisas que uma pessoa “saudável” faria. Convide-a para fazerem coisas juntos. Pode ser fazer compras, ir ao cinema ou correr no parque todas as manhãs. Nossas ações físicas afetam nossos sentimentos e emoções e agir como uma pessoa mais feliz pode ajudar seu amigo a se sentir melhor.

“A última foto da minha irmãzinha, tirada um mês antes de ela cometer suicídio.”

  • Sugira que adotem uma dieta mais saudável e comecem a se exercitar. Pessoas com depressão podem achar difícil ir à academia, mas fazer exercícios em casa pode ser bom para elas. Especialistas acreditam que alguns tipos de depressão podem ser causados pela falta de certos elementos em nosso corpo (como serotonina ou vitamina D, por exemplo), e essa deficiência pode ser corrigida com a ajuda de uma dieta saudável.
  • Sugira tentar terapia e tratamentos médicos. Pode ser extremamente difícil interromper o ciclo de depressão por conta própria. Um terapeuta pode ajudar seu amigo ou familiar a combater a depressão de maneira mais rápida e eficaz. Faça com que seu ente querido entenda que não há nada de errado em procurar tratamento profissional: isso não é vergonhoso muito menos um sinal de fraqueza.

Algum de seus amigos ou parentes já sofreu de depressão? O que você fez para ajudá-los? Como eles conseguiram vencê-la? Comente!

Imagem de capa baileyann5683 / Reddit
6-82
18k
Compartilhar este artigo