Um pai falava com sua filha enquanto ainda estava no útero da mãe. Ao nascer, sua reação à voz dele é uma das coisas mais doces de todos os tempos

Dizem que os bebês não se lembram de muitas coisas quando nascem. Não conseguem enxergar muito bem e são muito frágeis, mas conseguem reconhecer sons quando estão no útero. E se você não acredita em ciência, essa comovente história de um casal brasileiro provavelmente incentivará todos os futuros pais a falar com seus bebês durante a gravidez.

Aqui, no Incrível.club, ficamos só sorrisos ao saber dessa história comovente e, quando você descobrir como o bebê reagiu logo após o nascimento, isso certamente vai derreter o seu coração também.

Tarsila Rosa e Flávio Dantas aguardavam ansiosamente a chegada da primeira filha, Antonella. O pai estava tão empolgado em conhecer a filha que conversava com ela todos os dias pela manhã e depois de voltar do trabalho.

Flávio falava sobre o seu dia, e sempre repetia que a amava muito. Acariciava a barriga de Tarsila e dizia ao bebê que sempre estaria lá para ela.

Embora Flávio não tivesse certeza se suas palavras seriam capazes de chegar até sua filha, nunca parou de falar com ela durante toda a gravidez e, quando a bebê chegou ao mundo, ela mostrou a ele que o ouvia perfeitamente o tempo todo.

Depois que nasceu, Flávio repetiu as mesmas palavras que dizia durante a gravidez, e ela o respondeu com o sorriso mais sincero de todos os tempos. A bebê começou a sorrir assim que o pai começou a conversar e, felizmente, eles tinham uma câmera para capturar esse momento incrível.

Para tornar a ocasião ainda mais especial para o pai, Antonella nasceu no dia 11 de agosto, que era Dia dos Pais no Brasil.

Flávio expressou seus sentimentos por sua filha como “um amor que não cabe dentro do peito”, e a mãe de Antonella descreveu sua filha recém-nascida como “um presente enviado pelo meu Senhor”... Não há melhor maneira de dizer isso.

Flávio é soldado naval e a mãe de Antonella, Tarsila, trabalha em um quiosque como atendente e cozinheira. Antonella nasceu com pouco mais de 3,125 quilos e 49 centímetros e agora está saudável, cheia de amor e mimos junto de seus pais no Rio de Janeiro.

Você acha que os bebês realmente conseguem reconhecer sons enquanto estão na barriga da mãe? Concorda que os pais devem conversar com eles antes de nascerem? Conte para a gente o que você pensa nos comentários abaixo.

Compartilhar este artigo