Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Segundo a ciência, os homens amadurecem depois das mulheres

61-5
176

Muita gente diz que os homens, mesmo na idade adulta, continuam se comportando como crianças, e que, nos relacionamentos, é a mulher quem garante a dose de maturidade ao casal. A ciência resolveu investigar o assunto a fundo, descobrindo algo importante sobre essa crença tão difundida.

O Incrível.club quer compartilhar com você um estudo que teve como objetivo se aprofundar nas características de amadurecimento dos “marmanjos”, comparando-as, depois, com as das mulheres.

O que diz a ciência

Um estudo realizado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, revelou que o amadurecimento do cérebro humano se caracteriza pelo desenvolvimento prolongado de propriedades de redes funcionais e estruturais, o que se estende até a vida adulta. A pesquisa teve o intuito de descobrir exatamente quais são as características que sofrem transformações ao longo do amadurecimento e quais permanecem imutáveis, analisando, para isso, a conectividade estrutural de um total de 121 pessoas com idades entre 4 e 40 anos a partir de imagens por tensor de difusão, observando mudanças em diferentes funções e levando em consideração idade e gênero.

Os homens amadurecem mais tarde

Os resultados indicaram que, apesar de tanto o cérebro masculino quanto o feminino desenvolverem as mesmas capacidades para lidar com a vida cotidiana, os homens tendem a apresentar um atraso no desenvolvimento prolongado das redes funcionais. As mulheres, por sua vez, apresentam uma deterioração mais precoce. É daí que surge a afirmação de que os homens amadurecem mais tarde.

O cérebro delas é mais eficiente

À parte os resultados da pesquisa, outros dados revelam uma maior eficiência do cérebro feminino. Por exemplo, o professor de Fisiologia e Farmacologia da Faculdade de Medicina da Universidade Nacional Autônoma do México Eduardo Calixto explicou, em uma publicação recente, que, apesar de o cérebro dos homens ser maior que os das mulheres, o delas é mais eficiente, apresentando melhor memória, melhores conexões neurais, uma percepção mais detalhada das cores e mais apurada em relação a sabores. Calixto afirma que tudo decorre, em grande medida, de uma questão hormonal.

Graças à ciência, agora podemos dizer com mais segurança que, de fato, os cérebros das mulheres e dos homens funcionam de forma diferente, o que explica os comportamentos distintos e os graus de amadurecimento emocional apresentados pelas pessoas.

Você já precisou lidar com as diferenças entre homens e mulheres na vida cotidiana? Em sua opinião, os homens amadurecem, mesmo, mais tarde? Deixe um comentário!

61-5
176