Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Sua esposa o deixou por ser “gordo” e "careca e ele mudou seus hábitos até se tornar um fisiculturista

2--5
951

As rupturas amorosas geralmente geram dois possíveis desdobramentos: dor ou superação. E felizmente Shirapyong, um japonês de 40 anos, conseguiu vencer o sofrimento depois que sua esposa o deixou. Com o coração completamente destroçado, ele aproveitou a situação para entrar em forma, transformando sua vida para sempre.

Incrível.club descobriu mais sobre a história desse homem que decidiu superar sua dor, melhorando seus hábitos e se tornando um fisiculturista.

Quando o amor virou as costas apenas por causa de sua aparência

Todos podemos aproveitar as situações tristes para renascer como fênix. E foi isso que esse japonês fez, depois que sua esposa o deixou alegando que ele era um sujeito “careca, gordo e de meia-idade”.

Ele decidiu tomar as rédeas da própria vida e mudar seus hábitos para mostrar que tudo é possível

Shirapyong é, hoje, cheio de músculos. No entanto, sua situação anterior era um pouco diferente. Embora costumasse praticar esportes, ele parou de se exercitar regularmente quando terminou a universidade.

Uma boa dieta e exercícios foram o ponto de partida

Mas Shirapyong, que estava deprimido e triste com a decisão de sua ex-mulher, encontrou coragem necessária para retornar à academia. Lá, começou uma dura rotina de exercícios, mudou a alimentação e, assim, transformou seu corpo e mente, a ponto de começar a participar de competições de fisiculturismo.

Agora, seu físico saudável faz com que se pareça com um personagem da série Dragon Ball

Apesar de nunca ter conquistado o primeiro lugar, é comum vê-lo entre o 10.º e 5.º nas competições. De fato, aos 40 anos de idade ele também participa de outros eventos realizando o cosplay de Tien Shinhan, personagem da série Dragon Ball.

O final feliz: ele conheceu outra pessoa com quem formou uma família

A história que o hoje fisiculturista compartilhou no Twitter se tornou viral no mundo todo. E depois de superar o rompimento com sua ex, ele começou a namorar uma fisiculturista, com quem agora tem um filho.

Shirapyong compartilhou sua história para motivar outras pessoas a mudarem de vida e irem atrás de seus sonhos

Sem dúvida, sua coragem diante da adversidade e sua autoestima foram essenciais para que conseguisse melhorar dentro e fora da academia. Mas sua história foi publicada não para mostrar seu físico, mas para inspirar outras pessoas a melhorarem suas vidas. Como ele sempre diz: “Não acho que seja tarde demais para começar”.

O que achou da história de Shirapyong? Você acredita que uma ruptura amorosa pode levar à mudança de hábito? Compartilhe seus pensamentos nos comentários!

2--5
951