Incrível
Incrível

Psicólogo revela 7 métodos para conquistar seu interlocutor

O professor de psicologia da Universidade Brown, nos EUA Joachim Krüger avalia que o comportamento social é regido por dois motivos principais: o primeiro é o desejo de nos darmos bem uns com os outros, uma vez que o isolamento social é perigoso para o ser humano. O segundo é o desejo de protegermos nosso próprio status dentro de um grupo.

Essas razões estão em constante conflito. Mas existem algumas ações que ajudam a tornar as duas coisas mais fáceis de serem realizadas, de modo a conquistar a pessoa que está falando conosco sem a necessidade de expormos demais nossa vida pessoal.

O Incrível.club decidiu mostrar para você de forma detalhada que são as melhores estratégias nesse sentido.

1. Mantenha o contato visual correto

A visão desempenha um papel importante durante a conversa, porque ajuda a praticar a empatia e aprofundar as relações. Portanto, para dar uma boa impressão ao interlocutor, é importante não só ouvir seu discurso, como também manter um bom contato visual. Mas aqui o mais importante é não exagerar e fazê-lo corretamente.

Os especialistas recomendam olhar para seu interlocutor diretamente e direcionar seu olhar para os olhos ou para a área da ponte nasal. Não olhe de baixo para cima, nem dirija seu olhar para a área da boca do interlocutor

2. Chame a pessoa por seu nome

Se quer ganhar a confiança de uma pessoa, lembre-se de chamá-la pelo nome durante a conversa. Principalmente se vocês se conheceram há pouco. Isso demonstra ao interlocutor que ele não é um "estranho em meio à multidão".

Esse gesto ajuda a revelar-se ao interlocutor e fará com que ele se sinta único. Além disso, a repetição do nome ajudará você a memorizar como se chama o desconhecido e não passará vergonha caso vocês se encontrem novamente.

3. Faça gestos conscientes, mas não exagere

Outro método para ganhar a confiança de seu interlocutor é o mimetismo ou a imitação. Obviamente que não estamos dizendo para imitar a pessoa de forma pejorativa ou engraçada. Aqui é mais importante estar atento à pequenas nuances e repetições "acidentais". Muitas vezes, fazemos essas coisas de maneira inconsciente. Quando o interlocutor arruma seus cabelos, coça sua bochecha ou senta-se com as pernas cruzadas, fazemos o mesmo. Aqui, a sutileza consiste em perceber isso e tentar "imitá-lo" com um pouco mais de frequência.

Em um estudo realizado em 2009, os pesquisadores descobriram que os homens consideravam as mulheres mais bonitas e mais interessantes durante uma conversa quando elas repetiam alguns movimentos feitos por eles. O conceito de mimetismo funciona não apenas com o sexo oposto, como também é útil para ganhar a confiança de uma pessoa quando se está fazendo negócios, por exemplo. Mas tenha cuidado: se uma pessoa perceber que você está deliberadamente repetindo os movimentos dela, pode pensar sobre você de maneira negativa

4. Fique atento (a) à postura

A psicóloga Sian Beilock, da Califórnia (EUA), em seu livro "How the Body Knows Its Mind: The Surprising Power of the Physical Environment to Influence How You Think and Feel" (sem tradução para o português), diz que nossa postura tem uma forte influência na maneira como nos sentimos. E, além disso, é um sinal para nossos interlocutores. Sendo assim, uma pessoa que endireita os ombros, mantém os braços abertos e está completamente em posição ereta, demonstra ao interlocutor que é amigável e ao mesmo tempo, confia em si mesma.

Se você se comunicar sem manter uma postura correta e frequentemente olhar para baixo, o interlocutor sentirá imediatamente que está acima de você.

5. Seja cordial

Alguns truques aparentemente insignificantes podem mudar totalmente a primeira impressão sobre você. A temperatura de suas mãos, por exemplo. Pesquisadores afirmaram que mãos quentes induzem sentimentos gentis nas pessoas.

Uma xícara de café, um cachecol ou uma blusa de frio não só o ajudarão a notar algo bom nas pessoas, mas também causarão uma boa percepção por parte de seu interlocutor, ainda que inconsciente.

6. Utilize o mimetismo linguístico

Para ganhar a confiança de outra pessoa, é necessário tentar falar com ela na mesma língua. Obviamente que, aqui, não estamos nos referindo ao idioma espanhol, inglês, chinês ou qualquer outro. É importante observar as nuances verbais do interlocutor e usar o mimetismo da linguagem.

Como chama sua casa? Talvez seja uma casinha ou, talvez, zombando, seja um palácio? A maneira como você nomeia tais coisas depende de como essa pessoa irá tratá-lo (a). Tente notar essas sutilezas (diminutivos e aumentativos, por exemplo) e use palavras similares durante a conversa.

7. Peça ajuda

Se você quer não só causar uma boa impressão, mas, em geral, ganhar a confiança de uma pessoa e possivelmente no futuro se comunicar com ela com frequência, então o efeito de Benjamin Franklin ajudará você.

A ideia é que qualquer pessoa vai querer ajudá-lo com mais entusiasmo se, antes disso, você pedir algo pequeno e não propuser sua ajuda. O que acontece é que sentimos compaixão por aqueles que ajudamos.

Franklin, um dos idealizadores da independência dos EUA, em sua autobiografia escreveu que comprovou sua ideia com um político rival, com quem era impossível encontrar uma linguagem comum. Certa vez, escreveu uma carta a ele, dizendo que gostaria de um livro emprestado. Seu adversário aceitou. Após alguns dias, Franklin devolveu o livro com uma nota de agradecimento. Depois disso, o rival tornou-se mais cortês e estava disposto a ajudar Franklin em outros assuntos.

E o que você adicionaria a essa lista?

Ilustradora Natalia Breeva exclusivo para Incrível.club
Incrível/Psicologia/Psicólogo revela 7 métodos para conquistar seu interlocutor
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos