Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

7 Situações que te impedem de ser feliz

----
11k

Muitos temos hábitos inconscientes que conseguem refrear a nossa felicidade. E é muito importante nos desvincularmos deles para que comecemos a aproveitar sinceramente as coisas boas da vida.

O Incrivel.club descobriu quais coisas exatamente obstruem nosso caminho na direção da felicidade positiva. É hora de alcançá-la!

1. A corrida constante por uma vida melhor

Observando os demais, muitas vezes pensamos que essas pessoas têm mais talento e sucesso. E nos esforçamos para obter uma educação melhor, encontrar um trabalho mais legal, comprar uma casa ou, em poucas palavras, tomar posse de todas as qualidades de uma vida marcada pelo luxo. Essa corrida é imensamente desgastante. As comparações são odiosas.

A solução é simples: concentre-se em si mesmo, em seus caminhos e suas metas.

2. Coisas pelas quais você sofreu no passado

"Todos os problemas vêm da infância". Essa frase soa familiar para você, certo? Sua mãe era autoritária e te pressionava sem parar, seu pai, um fraco que não te protegia, ou vice-versa. Seus pais não te ensinaram um modelo de vida correto - ou era correto para eles e talvez não funcione hoje em dia. Portanto, seu relacionamento (se você tiver) é "manco" e sua carreira profissional não anda como deveria.

A solução está em entender que lutar contra o passado é inútil, é necessário deixá-lo descansar em paz. No fim das contas tudo aquilo que você tem é seu agora, seu presente.

3. Objetos que você nunca vai usar

Nós amamos possuir as coisas, por isso vamos às promoções, procuramos por ofertas... Em vez de nos desfazermos das coisas sem necessidade! Geralmente recorremos à desculpa do "talvez possa me servir", "para o futuro", "eu posso usar ainda", "vou me arrepender se não comprar" ou "nossa, que descontão!"

A solução está em duas regras básicas:

  • Mais caro, de melhor qualidade, menos quantidade. É melhor comprar uma coisa boa e mais cara do que comprar três coisinhas baratas.
  • Quer comprar alguma coisa? Espere um dia. Em 80% dos casos, você nem vai se lembrar do desejo que teve ontem.

4. Aprenda a dizer "não"

Às vezes é muito difícil negarmos os pedidos de familiares e amigos por medo de ofendê-los ou feri-los. Em vez disso, inventamos desculpas do tipo "eu vou tentar" ou "não vou te prometer nada, mas seu eu puder..." E como resultado, ficamos atolados em compromissos sem fim com os quais estamos sempre nos preocupando.

A solução: se não quiser fazer algo, diga. É melhor não dar falsas esperanças de um possível resultado positivo e se expor como se fosse uma ameba indecisa incapaz de tomar uma decisão.

5. Expectativa de obter resultados imediatos

Julia tem 25 anos e decidiu fazer ballet. Sempre sonhou com isso e agora, ao ver as belas bailarinas, se inscreveu nas aulas de alongamento. Sabia que seria um processo doloroso e desagradável, mas prometeu a si mesma a aguentar por causa dos belos passos.

Meia hora depois de começar a sula, Julia, contorcendo-se de dor, se dá conta de que o trabalho levaria, pelo menos, um ano, ou talvez mais. Se tornar uma bailarina se mostrou ser uma utopia. Assim que Julia percebe o estado real das coisas, toda a sua disposição de alcançar o resultado se desfaz. A motivação se apaga e ela descobre que o desejo não era tão importante. É melhor ir tomar uma taça de vinho com as amigas.

A saída para Julia poderia ter sido compreender que um resultado real, correto e de qualidade se consegue superando as dificuldades. As meninas de 5 anos que vão às aulas de ballet e se alongam, também choram por causa da dor, mas ninguém presta atenção, porque para fazer isso não existe outro caminho.

Um fator ainda mais importante para alcançar um objetivo é a regularidade. Se Julia soubesse que na idade adulta as pessoas demoram 3 anos para se alongarem e conseguirem fazer uma posição como o split (e o fazem), um ano teria parecido ser um período lógico e razoável. Talvez, não haveria abandonado suas aulas e tivesse alcançado suas metas.

6. Esperar a aprovação dos outros

Nos acostumamos a esperar a aprovação dos nossos pais, amigos e colegas de escritório. Esperamos que nossa mãe ou nossa vizinha nos digam o que devemos fazer. Mas as pessoas que nos rodeiam, especialmente aquelas de quem nós não gostamos muito, podem nos ferir ou machucar. Para ser feliz, você deve deixar de prestar atenção aos outros e dar mais importância à sua própria opinião.

A solução: seja você mesma e esqueça-se de tentar agradar a todos.

7. Pedir desculpas sem nenhum motivo

Às vezes nos desculpamos quando alguém não nos entendeu direito, não apreciou o que dissemos e inclusive quando essa pessoa nos criticou. Nos dizem: "Você está tão esquisita hoje, não estou te reconhecendo!" E nós respondemos a eles de forma confusa: "Sinto muito, é que hoje eu não estou muito legal". Mas só temos de pedir desculpas quando prejudicamos a alguém! Nos outros casos, é completamente desnecessário.

A solução é parar de se desculpar por quem você realmente é, pelo que quer e naqueles casos em que não é absolutamente necessário.

Ilustradora Alena Tsarkova exclusivo para Incrível.club
----
11k