5 Razões que levam as pessoas a permanecerem em relacionamentos tóxicos

Segundo o psicoterapeuta Ginnie Love Thompson, todo relacionamento tem um nível de toxicidade. Muito embora seja normal que a vida a dois passe por altos e baixos, é muito importante reconhecer qual é o nosso limite e saber a hora de parar. Claro que nem sempre é fácil, e é por isso que muitos casais falam que vão se separar, mas nunca decidem dar esse passo.

Pensando nisso, o Incrível.club decidiu recorrer à Psicologia para tentar entender por que as pessoas permanecem em relacionamentos tóxicos e prejudiciais que já deveriam ter acabado. Confira detalhes no artigo de hoje e não deixe de ver o bônus no final, com histórias pessoais de alguns usuários que viveram essa situação na pele.

1. Medo da solidão

Segundo um estudo recente, o medo da solidão pode levar uma pessoa a permanecer em um relacionamento destrutivo por muito tempo. Isso acontece pelo simples fato de que as pessoas preferem um parceiro imperfeito à solteirice; ou seja, grande parte da sociedade faz as pessoas pensarem que estar solteiro ou “sozinho” é algo negativo, o que é um grande erro.

2. Autoestima baixa

Outros estudos sugerem que pessoas com baixa autoestima tendem a permanecer em relacionamentos tóxicos. Quando alguém passa muito tempo convivendo com comportamentos abusivos, não é raro cair na armadilha de se culpar pelas atitudes tóxicas do outro. Além disso, a baixa autoestima também pode fazer as pessoas questionarem sua importância e contribuição para o relacionamento.

3. Se sentir responsável pelas ações do outro

Depois de uma briga ou de um desentendimento sério, muitas vezes o agressor inverte os acontecimentos e faz a outra pessoa se sentir culpada, embora, na verdade, não seja. Essa situação é conhecida como violência psicológica (o temo em inglês é chamado de gaslighting).

Esse tipo de comportamento geralmente se desenvolve gradualmente; por isso é tão difícil para a “vítima” perceber o que está acontecendo. Sentir ansiedade e falta de autoconfiança nas próprias ações são sinais de violência psicológica.

4. Acreditar que as coisas podem mudar

Muitas pessoas que estão em relacionamentos tóxicos insistem na relação porque amam o parceiro e acreditam que as coisas algum dia vão melhorar. O que também acontece é a pessoa acreditar que o comportamento tóxico é apenas resultado de circunstâncias difíceis pelas quais o casal está passando. Ou seja, ela acredita que pode salvar o relacionamento. Claro que isso é possível, e não estamos dizendo que os relacionamentos não possam ser salvos após um momento de crise, mas normalmente os comportamentos tóxicos pioram à medida que o tempo vai passando e prejudicam cada vez mais as pessoas envolvidas.

5. Medo da rejeição

Uma outra razão que pode levar alguém a permanecer em um relacionamento tóxico é o medo da rejeição. A pessoa decide aguentar a situação pelo medo de ser rejeitada no futuro. Gente que tem medo da rejeição pode ter dificuldade de se expressar e até mesmo de se defender.

Bônus: experiências pessoais de usuários que viveram relacionamentos tóxicos

  • “Estive em um relacionamento tóxico por um longo período. Quando cheguei no meu limite, percebi que, se não me afastasse daquela situação o máximo possível, acabaria voltando. Foi então que decidi me mudar para bem longe. Sempre que me sentia mal, pensava: ’Sim, estou infeliz, mas pelo menos não estou sendo tratada como lixo por alguém que diz me amar’. Isso aconteceu há alguns anos, e desde então estou muito melhor. Fiz terapia, lidei com meus sentimentos e hoje estou muito feliz. Feliz por ter ido embora.” rainbowdeathcake / Reddit
  • “Não vale a pena ficar em um relacionamento tóxico. Olhando para trás, percebo que deveria ter terminado muitos anos antes. O término foi terrível e me machucou durante muito tempo, mas hoje minha vida é muito mais feliz.” LassLeader / Reddit
  • “Estive em um relacionamento de três anos com uma pessoa que fazia basicamente todas essas coisas. Me lembrar de tudo isso causa uma sensação muito louca. É uma maneira horrível de viver. A vida é muito mais do que isso.” hustlerose89 / Reddit
  • “Ele me deixava muito ansiosa e eu vivia com um nó no estômago. ’Será que hoje ele vai me amar? Será que amanhã vai terminar comigo? Vai me implorar para ficar na quarta-feira?’ Eu nunca sabia o que esperar. Até que percebi que o relacionamento não era saudável para mim. Estava mentalmente intoxicada. Finalmente percebi o que todos os meus amigos e familiares já tinham percebido: eu merecia coisa melhor. Quando constatei que estar solteira me faria mais feliz do que estar com ele, acordei. Embora seja difícil deixar um relacionamento tóxico, o futuro é muito melhor sem ele.” daytime_dreamer_ / Reddit
  • “Uma noite eu quase me matei de chorar, porque percebi crueldade nos olhos dele, como se a minha infelicidade lhe desse prazer. Aquilo doeu muito e foi então que percebi que meu parceiro deveria ser o meu abrigo, e não uma fonte de estresse ou ressentimento. No dia seguinte, terminei com ele. Atualmente estou apaixonada por um homem maravilhoso, e a forma como ele me trata não para de me surpreender.” chelksea / Reddit

Você já viveu alguma situação como essas? Conhece alguém que passou por uma experiência assim? Que dica daria para quem quer sair de um relacionamento tóxico?

Compartilhar este artigo