5 Evidências de que precisamos adotar urgentemente o minimalismo

Todos os dias nos sobrecarregamos com coisas e informações desnecessárias, mas, em vez de prazer, acumulamos mais e mais estresse. O minimalismo, como modo de vida, ajudará a colocar as coisas em ordem. Trataremos dele neste post.

Os editores do Incrível.club estão muito fascinados por essa ideia e já planejaram se livrar de todo o lixo no próximo final de semana, tanto na cabeça quanto nos armários.

O que é minimalismo e com o que se come ?

Em algumas culturas, as ideias do minimalismo foram estabelecidas desde tempos imemoriais e são expressas não apenas em relação às coisas, mas também ao modo de pensar. Por exemplo, os países da Escandinávia.

Lembremos do estilo de interiores escandinavos, que ganhou grande popularidade: quartos espaçosos e luminosos, "cheios de ar" e decoração lacônica. Simplicidade, modéstia, atitude cuidadosa em relação à natureza são importantes bases da vida nesses países.

O mesmo pode ser dito sobre o estilo escandinavo de vestuário: tecidos naturais e de qualidade, formas simples, estampas orgânicas.

As pessoas se cansaram de tanta variedade e, pela primeira vez em sete anos, começaram a gastar menos dinheiro com roupas. Qual é a utilidade de comprar outra jaqueta da moda, de qualidade média, se você puder usá-la por no máximo 1 ou 2 temporadas? Não é melhor comprar um blusinha simples de bom material?

Muitas pessoas famosas e bem-sucedidas preferem não perder tempo escolhendo o que vestir, dedicando-o a fazer negócios ou compartilhá-lo com a família. Dois exemplos simples e claros são Mark Zuckerberg, que usa as mesmas camisas quase todos os dias, e Steve Jobs, que não gostava muito de variar suas roupas.

O minimalismo não é um sinal de economia e mesquinhez. O minimalismo é um tipo de consumo racional e razoável; significa liberar espaço de coisas e detalhes desnecessários.

Começando com a "desocupação" da casa e do espaço pessoal, muitas pessoas acabam limpando a cabeça. Claro, isso não é a panaceia para todos os problemas, mas quem o impede de tentar? Você não tem nada a perder.

5 razões pelas quais o minimalismo simplifica a vida

1. É cômodo

Você encontrará coisas mais rapidamente quando elas tiverem seu próprio lugar. Os objetos desnecessários distraem a atenção e impedem que você se concentre: eles apenas "carregam" o espaço. Além disso, não usamos a maioria deles.

Quanto mais coisas houver em sua casa, mais tempo precisará para colocá-las em ordem. Você realmente precisa dessa coleção de figurinhas que estão colecionando poeira na prateleira, ou dos cadernos escolares que você decidiu dar a seus netos e bisnetos?

A atriz Cameron Diaz uma vez confessou que se livrar de coisas e roupas, e fazer a limpeza, a ajuda a escapar dos problemas e, ao mesmo tempo, classificar os pensamentos em sua cabeça. Ordem na casa é ordem na mente.

2. Economize tempo, dinheiro, recursos naturais

Seu guarda-roupa não ficará pior se, em vez de 20 carteiras, você mantiver as 3 ou 4 de que mais gosta, porque tenho certeza que só usa estas. Quando compra coisas de qualidade, você as usará por mais tempo, ou seja, cuidará do meio ambiente.

Como dizem os ingleses, "não somos tão ricos a ponto de comprar coisas baratas". Talvez pareça um pouco esnobe, mas tem algo de verdade. Mesmo a duquesa de Cambridge não tem medo de aparecer várias vezes com o mesmo vestido.

Os minimalistas gastam menos dinheiro não porque sejam mesquinhos, mas porque fazem as perguntas certas antes de uma compra e tomam a decisão racionalmente.

3. As coisas não são um investimento

As coisas se tornam obsoletas quase no mesmo momento em que aparecem nas vitrines das lojas. E é improvável que até mesmo o carro mais sofisticado seja um investimento lucrativo. É claro que é ótimo ter a oportunidade de investir dinheiro em antiguidades e joias que garantirão uma velhice confortável em algum lugar paradisíaco, mas não nos referimos a esse tipo de exceção.

Entre as celebridades, há pelo menos uma pessoa que não investe dinheiro em coisas: Keanu Reeves. Ele usa o transporte público, veste-se modestamente e, aparentemente, não usa nenhuma das marcas conhecidas.

A antecipação da compra, por vezes, dá muito mais alegria do que o próprio produto, e a euforia de possuí-lo é muito rápida. Claro, isso não significa que se deve renunciar completamente aos prazeres ou às coisas que melhoram o estilo de vida. Apenas lembre-se de se perguntar se você realmente precisa disso ou daquilo antes de comprar.

4. Aprenda a gostar das coisas simples

Diga o que disser, as lembranças vivem em nossas cabeças ou, no máximo, em fotos e vídeos. Mas certamente não nas coisas.

Você nem sempre precisa de dinheiro para viver momentos memoráveis. O que você mais se lembra, a compra das cortinas perfeitas ou um piquenique com seus melhores amigos?

Um bom exemplo de uma pessoa que define as prioridades da vida corretamente é David Beckham. Seu Instagram está cheio de fotos com seus filhos, com quem passa muito tempo: ele viaja com eles, joga futebol, ajuda-os com o dever de casa e atua como modelo de penteados para sua filha Harper.

É por isso que é muito mais lucrativo investir dinheiro em seu próprio desenvolvimento ou em experiências e emoções. Afinal, estas são as coisas da vida que mais são lembradas.

5. Menos é mais

Quanto menos coisas desnecessárias houver em casa e no trabalho, menos distraído você ficará e menos tempo passará na resolução de problemas. O resto é uma bola de neve: ela faz com que você também liberte sua cabeça de pensamentos desnecessários, e pare de falar com pessoas que estão "sobrando" e simplesmente absorvem sua energia.

Todos estes "menos", como resultado, rendem muito mais tempo, espaço, dinheiro, diversão, ordem e concisão na vida, sem complicações.

Como levar o minimalismo para a sua vida

  • Coloque as coisas em ordem em casa e no trabalho. O espaço fica bagunçado com roupas, livros, cosméticos e até mesmo pelas guias do navegador.

  • Se você achar difícil se livrar de suas coisas favoritas, tente guardá-las em pacotes ou caixas e escondê-las: se durante as próximas duas semanas você se lembrar delas e se arrepender de tê-las retirado, devolva-as e aproveite-as. Mas com 90% de probabilidade, você simplesmente esquecerá o que colocou nessas caixas.

  • Itens e coisas desnecessárias podem ser doados para instituições de caridade, ou vendidos para lojas de segunda mão ou pela Internet. Também se pode organizar uma "venda de garagem" para amigos, ou levar todos os objetos para serem processados ​​por lojas de redes que oferecem um desconto. Aqui você pode ler algumas dicas sobre como organizar seu guarda-roupa.

  • Pare de ouvir fofocas, fale de forma honesta e com propriedade. Com o tempo, você verá como as pessoas tóxicas desaparecem sozinhas de sua vida.

  • Assuma a responsabilidade por seus pensamentos, tente pensar positivamente.

  • Concentre-se em seus objetivos e valores, não tente alcançar tudo de uma vez.

  • Pelo menos uma vez por semana, desligue o telefone e as notificações irritantes e passe tempo com seus entes queridos.

Você já ficou fascinado pelos princípios do minimalismo? O que adicionaria à nossa lista? Compartilhe seus pensamentos nos comentários, eles são muito importantes para nós.

Compartilhar este artigo