10 Maneiras simples de se manter motivado enquanto trabalha em home office

Quem nunca sonhou em poder trabalhar em casa, evitando aquele trânsito intenso da hora do rush com ônibus, trens e metrôs superlotados? Nos últimos tempos, o trabalho remoto se tornou realidade para muitos. Porém, manter a vida pessoal e a profissional no mesmo ambiente pode ser mais complicado e desafiador do que imaginamos. E isso, claro, prejudica nossa saúde mental.

Pensando no seu bem-estar, o Incrível.club listou algumas dicas para você pôr em prática e dar um up na sua saúde e na sua autoestima. Venha conferir!

1. Levante cedo (mas tenha um sono de qualidade)

Você já se sentiu tão cansado e desmotivado que não tinha vontade, sequer, de se levantar da cama? Não sente mais prazer em fazer coisas simples, como ouvir uma música ou assistir a um filme? Para mudar isso, comece estabelecendo uma rotina regular de horários para acordar e dormir. Dormir de sete a oito horas por dia é o ideal para manter a saúde. Evite qualquer distração antes de dormir, como celulares ou a TV. Mantenha um ambiente agradável para ter uma noite de sono tranquila, livre de ruídos e de claridade.

2. Anote sua rotina

Para não se sentir perdido durante o dia, comece planejando sua rotina. Anote os horários para acordar e dormir, as tarefas importantes, as refeições, os medicamentos que tem de tomar e até mesmo aquelas atividades que te dão prazer, como assistir a um filme, fazer exercícios físicos ou mesmo tomar um cafezinho.

3. Se alimente de forma saudável

Nada como ter a geladeira e a despensa bem pertinho, disponível para ser atacada a qualquer momento, certo? Mais ou menos. Sempre há o risco de “perder a mão” e se alimentar de forma não saudável nessas escapadinhas em casa. Para manter a saúde, com energia e foco no trabalho, evite consumir alimentos industrializados, invista em frutas, sucos naturais, hortaliças, legumes e oleaginosas, como nozes, castanhas, etc. Estabeleça um horário para as refeições e até mesmo para a pausa do cafezinho e o chá da tarde.

4. Se possível, deixe as janelas abertas para a circulação do ar

Estar em um ambiente claro e arejado traz o benefício de combater a proliferação de microrganismos que fazem mal à saúde, evitando, assim, alergias e problemas respiratórios. Deixar as janelas abertas promove a circulação e a renovação do ar, impedindo que a casa fique com odores indesejáveis e mofo. Além disso, trabalhar em um local iluminado é essencial para a nossa saúde; afinal, precisamos usar computadores e celulares por longas horas. Estar em um espaço claro agride menos os olhos — a claridade faz com que a pupila fique menos aberta, garantindo, assim, nossa saúde visual a longo prazo.

5. Mantenha o ambiente limpo e organizado

Já se deparou com uma mesa completamente bagunçada, com papéis para todos os lados, farelos de comida, respingos de bebidas e poeira? Nem dá vontade de trabalhar, certo? Por isso, para melhorar o ambiente e principalmente a sua saúde mental, antes de iniciar as tarefas, organize o espaço. Retire a poeira do móvel e os objetos desnecessários, arrume os papéis e, se possível, procure ter uma planta por perto. Tudo isso te ajudará a ser mais produtivo.

6. Mantenha o foco

Você está numa reunião por videoconferência e, de repente, as crianças buscam atenção, os cachorros latem e os vizinhos barulhentos não param de gritar e de empurrar móveis, tudo ao mesmo tempo. O que fazer quando nem sempre podemos fugir de tais situações? Manter o foco e a disciplina é fundamental. Planeje atividades que mantenham as crianças ocupadas, como livros e brinquedos que estimulem aspectos como a imaginação, a criatividade e a coordenação motora. Mas o que fazer com os ruídos que vêm de fora? Procure um local para trabalhar no qual consiga ter um pouco de silêncio, coloque uma música ambiente e, se for o caso, ligue um ventilador (que produz o chamado ruído branco) para que possa abafar o barulho provocado por seu vizinho ou pelo cachorro latindo.

7. Mantenha sua aparência em dia

Nos tempos do trabalho presencial, muitas pessoas tinham o costume de cuidar da aparência, estar com os cabelos e unhas sempre em dia e tinham prazer em se arrumar para ir ao trabalho. Agora, com o home office, muitas coisas mudaram: os cuidados ficaram de lado e, convenhamos, é muito confortável passar o dia inteiro de pijama, com os cabelos bagunçados. Estudos comprovam, no entanto, que trabalhar vestindo pijama piora a nossa saúde mental. Por isso, assim que acordar, tome um banho, vista a sua melhor roupa, passe um perfume e capriche na maquiagem e no penteado. Isso te ajudará a manter o foco e a produtividade.

8. Faça pequenas pausas

Você não está mais tão produtivo como no início do período de trabalho remoto? Não consegue interagir com a equipe de trabalho e mantém a câmera desligada por mais tempo durante as reuniões, além de sentir um cansaço que parece não ter fim? Para evitar esse esgotamento, faça pausas a cada hora, por cerca de 10 a 15 minutos. Durante esse tempo, evite checar suas redes sociais. Dê preferências a livros, filmes ou séries, escute uma música que te anime, medite, prepare um lanche e ingira bastante líquido. E o mais importante: não espere o cansaço chegar para, então, fazer uma pausa. Programe seus momentos de descanso.

9. Mexa o corpo

Ficar na mesma posição por horas causa dores no corpo, principalmente quando não contamos com uma cadeira e uma mesa adequadas. Por isso, se for trocar os móveis para se adaptar à vida no home office, procure as cadeiras com braços. Elas ajudam a descansar o antebraço, evitando lesões. Além disso, ajuste a altura da tela do computador para que sua cabeça fique ereta e mantenha o quadril e os joelhos em um ângulo de 90º para evitar dores na lombar. Além disso, faça alongamentos com frequência, principalmente antes e após o uso do computador.

10. Relaxe

estresse provoca alterações emocionais e físicas. É uma reação natural do nosso organismo, que se mantém em estado de alerta por situações de perigo real ou imaginário (o medo de não dar conta do acúmulo de tarefas com pouco tempo para entrega, por exemplo). Sinais que indicam que você está estressado: dores de cabeça constantes, insônia, irritabilidade com coisas simples, problemas de pele, queda de cabelo, aumento da pressão arterial e até mesmo alguns esquecimentos por falta de foco. Para combater isso, tenha momentos de lazer, e se possível, aproveite bem os finais de semana. Faça atividades ao ar livre, como caminhadas de pelo menos 20 minutos ou leve seu cachorro para passear.

Esteja atento à sua saúde mental, compreenda o que está sentindo e caso esses sintomas se prolonguem, procure uma ajuda médica.

Você se identificou com algumas dessas situações? Qual sua dica para se manter motivado? Conte para a gente e não se esqueça de compartilhar com seus amigos!

Compartilhar este artigo