Incrível
Incrível

As principais tendências da moda para 2020 (e o que definitivamente deve sair do seu guarda-roupa este ano)

O que será relevante este ano e na próxima temporada de moda é determinado pelos principais designers e pelas grandes casas de moda. São eles que influenciam o que vai ser usado e qual é o vetor de desenvolvimento das tendências no mundo da moda. Os desfiles são realizados 6 meses antes do início da temporada. E se você olhar para as coleções de gigantes da indústria da moda como Celine, Prada, Louis Vuitton e Balenciaga, o risco de acabar enchendo o armário com coisas que serão irrelevantes amanhã será minimizado. Ao mesmo tempo, é importante lembrar que você não tem que dar crédito à moda moderna, ela não é uma diretriz, apenas um direcionamento. Podemos vestir quase tudo, dando preferência não às tendências temporárias, mas à procura do nosso estilo pessoal.

Incrível.club analisou as últimas coleções das marcas famosas para 2020 e concluiu quais tendências devem ser deixadas para trás em 2019 e o que vai bombar este ano. Confira!

11. Grampos de cabelo

Sob a influência da designer Simone Rocha, apareceram os grampos de cabelo com pérolas, brilhantes e até multicoloridos em 2018, que primeiro ganharam as passarelas e depois o Instagram dos fashionistas e as ruas da cidade. No outono de 2019, essa tendência começou a sair de moda, e no início de 2020 tornou-se uma anti-tendência. Se você deseja usar algum acessório no cabelo, é melhor substituir os grampos por um lenço ou, por exemplo, as fitas de veludo, como nos desfiles de Giambattista Valli, Erdem e outros estilistas.

10. Malha de ciclismo

O que é bom na passarela, nem sempre se encaixa bem no cotidiano, e a malha de ciclismo está nessa categoria. Portanto, é melhor deixar essa peça de roupa apenas para um uso esportivo. Para o dia a dia, substitua por calças pantalona ou shorts jeans como os estilistas da Yves Saint Laurent, Brandon Maxwell, Rag & Bone demonstraram em suas coleções.

9. Bolsas de rede

As bolsas de rede foram apenas uma tendência passageira. E se você adquiriu uma quando estava na moda, melhor aposentá-la.

No entanto, as microbags estão com tudo graças ao designer Simon Porte Jacquemus que as apresentou na sua coleção de 2017, e por incrível que pareça, essa moda está em uma onda crescente este ano. Nas coleções da primavera-verão 2020, elas apareceram nos desfiles das casas de moda como Borbonese, Marco de Vincenzo, Chloé.

8. Pochetes em formato oval

Outra tendência (como os grampos de cabelo e as bolsas de rede) que veio dos anos 90. Ela começou a perder posições no verão passado, e os estilistas começaram a sugerir usá-la de diferentes formas, como embaixo dos braços, e agora, por exemplo, no formato de pequenas bolsas retangulares em forma de cinto.

7. Botas UGG

Muitas pessoas adoram essas botas porque se sentem confortáveis nelas, como se estivessem de chinelos. No entanto, uma sola completamente plana não é boa para a saúde — ao usar esses sapatos a carga sob nossa coluna aumenta. Além disso, eles ficaram completamente fora de moda.

Portanto, é melhor preferir por botas mais simples que parecem ser mais elegantes que as UGGs e, que ao mesmo tempo, não sejam inferiores em conforto. Esse tipo de botas foi sucesso nas passarelas da temporada de outono-inverno 2019-2020, por exemplo, nas casas de moda como Dior, Prada, Alexander McQueen, Chanel.

6. Ugly shoes

Os ugly shoes conquistaram o mundo graças a marca Balenciaga. Nos últimos anos, esses tênis desse tipo com um design futurístico foram usados tanto com vestidos românticos, como em ternos de negócios. Mas está tendência está em declínio, e os fabricantes começaram a olhar de perto os clássicos esportivos antigos com um visual mais atual.

É verdade que os fãs de calçados com design futuristas não precisam se preocupar: os ugly shoes estão sendo substituídos por sandálias com o mesmo estilo. Essa tendência começou a ganhar impulso no verão de 2019 e promete conquistar as ruas da cidade e os blogs de moda em 2020.

5. Jeans Skinny

Certamente todos têm no guarda-roupa um jeans skinny favorito, e você pode continuar a usá-lo tranquilamente. No entanto, você precisa combiná-lo com as peças certas, como um suéter mais larguinho ou uma camisa branca volumosa com um estilo masculino.

Mas você não deve comprar mais jeans com essa silhueta. Agora, os jeans que estão em alta são os folgadinhos e largos que foram sucesso nos desfiles da Balmain, Isabel Marant, Alexander Wang.

4. Cardigãs

Os cardigãs modernos devem ser mais volumosos. A nova silhueta da peça envolve mais liberdade e conforto, geralmente a linha do ombro nos novos designs vão até a metade do ombro, e com uma manga volumosa e larga. Fora isso, o minimalismo também é uma tendência para esses modelos: sem strass ou rendas. Relevante ou não, você que determina o uso do cardigã em seu próprio estilo. Mas se quiser estar na moda, é melhor deixar os modelos mais curtos na prateleira da loja. Esses produtos já não estão mais em alta. Os novos modelos foram mostrados nas coleções da Max Mara, Dior, Stella Jean.

3. Vestido com saia de babado

Indiscutivelmente, a saia de babado dá uma figura mais feminina ao look. No entanto, os itens do nosso guarda-roupa com essa silhueta estão desatualizados há vários anos. E o fato de a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton, usar essa peça de roupa não significa que você deve incluí-la em seu guarda-roupa. Esse modelo é mais usado pela duquesa devido ao protocolo da realeza.

Atualmente, os vestidos com cortes simples e livres, bem como os vestidos de bainha, são mais relevantes. Eles foram também tendência nos desfiles da Rochas, Blumarine, Roberto Cavalli.

2. Botas Moon Boot

Essas botas são chamadas assim por sua semelhança com os sapatos que Neil Armstrong pisou na Lua em 1969. Elas são um pouco estranhas, e estão caindo no desuso a cada estação que passa. Então, é melhor deixá-la para estações de esqui e não a incluir no seu look cotidiano.

1. Casaco com plumagem

Os casacos de pele com plumagem são coisas do passado e não são mais relevantes, mesmo no inverno. É melhor dar preferência a casacos com silhuetas mais retas e com cortes livres. Eles foram apresentados nas coleções da Max Mara, Chanel, Alexander Wang.

Qual dessas tendências para 2020 você está pronta para adotar no dia a dia? Conte para a gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo