Incrível
Incrível

12 Detalhes que provam como não é preciso usar fórmulas mágicas para ter um cabelo arrasador

A internet está cheia de conselhos e truques confusos e contraditórios sobre como cuidar do cabelo. Em geral, as pessoas que se deixam guiar por sites não confiáveis acabam indo ao cabeleireiro ou para cortar o cabelo, ou para pedir dicas sobre quais produtos usar. Nesse sentido, para entender as peculiaridades do cabelo, antes de tomar qualquer decisão, o melhor é aprender com os especialistas.

Confira os detalhes que o Incrível.club separou sobre as peculiaridades do cabelo e como cuidar dele corretamente.

1. Cresce uma média de 1,2 cm por mês

Vejamos alguns detalhes sobre o cabelo. Em geral, ele cresce mais ou menos 1,2 cm por mês; temos uma média de 120 mil folículos e todos eles passam por diferentes fases durante o ciclo de vida: crescimento, transição, descanso e queda. É importante saber que o cabelo vai seguir o seu ciclo natural, quer você o corte ou não.

2. A caspa também é chamada de dermatite seborreica

Muitas pessoas pensam que a caspa é um problema que surge quando o couro cabeludo está seco demais. Na verdade, ela aparece quando o cabelo está oleoso, pois se trata do crescimento de um fungo natural chamado Malassezia. Quanto mais oleoso, mais caspas pode haver. Nesse caso, o recomendável é usar um bom shampoo, aplicar máscaras e fazer outros tratamentos capilares, além de seguir uma dieta rica em vitamina B e zinco, consumindo produtos como abacate e gengibre.

3. Seu couro cabeludo deve ser tratado como o resto da sua pele

Certifique-se de que o seu couro cabeludo esteja limpo e bem hidratado, como você faz com a sua pele. Se fizer muito exercício, lave mais profundamente, para eliminar todas as impurezas.

4. Mais cabelo = Mais glândulas sebáceas

Se os seus fios são mais finos talvez você já tenha notado que se não lavar o cabelo diariamente, as raízes ficam mais oleosas. Isso acontece porque quem os tem finos, costuma ter mais cabelo no couro cabeludo. Como cada fio está unido a uma glândula sebácea, isso significa mais oleosidade.

5. Lavar o cabelo é hidratá-lo

Embora muitas pessoas com cabelo cacheado nem sempre queiram lavá-lo, é importante que elas saibam que a lavagem é parte do processo de hidratação. Nesse sentido, quanto mais limpo estiver o cabelo, mais hidratado estará.

6. Cresce de forma cônica

Como os pelos crescem naturalmente cônicos, ao raspá-los, eliminamos apenas as pontas. Já quando utilizamos cera, eliminamos o velo do folículo e ele passa a crescer desde o começo. No entanto, nenhum dos métodos evita que sigam crescendo de forma cônica, por isso que raspar os pelos não faz com que cresçam mais grossos.

7. A forma como secamos o cabelo pode danificá-lo

O que importa não é se você seca o cabelo com um secador ou deixa que ele seque sozinho, o importante é como isso é feito. Ao prender o cabelo ainda molhado, esfregá-lo muito com uma toalha ou apertá-lo com força, você pode causar os mesmos problemas que aparecem quando usa um secador em temperatura muito quente.

8. O shampoo elimina os fios que já estavam soltos

O que o shampoo faz é eliminar os fios que já haviam saído do folículo piloso e estavam prontos para cair. É bastante normal as pessoas perderem até cem fios por dia. Ao contrário do que muitos pensam, o shampoo não causa a queda de cabelo, pelo contrário, ele ajuda a mantê-lo saudável e crescendo forte.

9. A idade em que os fios brancos começam a aparecer depende da genética

A melanina é o que dá cor ao cabelo; quando você deixa da produzi-la, ele começa a ficar grisalho. Ou seja, o aparecimento dos fios brancos é, em grande medida, uma questão genética. Por exemplo, se sua mãe ou seu pai ficaram grisalhos jovens, há uma probabilidade maior de você passar pelo mesmo processo, mas, obviamente, o estresse também tem um papel nessa dinâmica. O importante é não arrancar os fios brancos, porque isso apenas danifica os folículos.

10. As pontas duplas são consequência do desgaste diário

Usar secador, secar com uma toalha, escovar, expor os fios ao vento, usar um gorro no inverno, tudo isso pode danificar o seu cabelo. No entanto, o maior problema é que ele não se regenera, por isso é muito importante cuidar dele com carinho. Cortar é a única forma de eliminar as pontas duplas.

11. Dormir bem ajuda a melhorar a saúde do cabelo

Quando dormimos, o corpo produz um hormônio chamado melatonina, que regula o sono e ajuda no crescimento do cabelo. Nesse sentido, a falta de sono pode diminuir a produção de melatonina e intensificar a queda dos fios.

Por outro lado, a falta de sono pode levar ao estresse e causar eflúvio telógeno, uma condição que pode provocar uma queda prematura dos fios.

12. Massagens no couro cabeludo ajudam no crescimento

Alguns estudos afirmam que massagear o couro cabeludo faz muito bem ao cabelo e ajuda a diminuir a queda dos fios. Isso acontece porque a massagem estica as células dos folículos. Além disso, ela dilata os vasos sanguíneos embaixo da pele, contribuindo para o crescimento do cabelo.

Você pode massageá-lo, enquanto toma banho, usando os dedos delicadamente e fazendo círculos, ou usar ferramentas de massagem. Se quiser, aplique óleos essenciais, como o de lavanda.

Você lava o cabelo diariamente? Já colocou em prática algum conselho que fez muito mal às suas madeixas? Conte nos comentários!


Observação: Este artigo foi atualizado em Abril de 2022 para corrigir o material de origem e/ou imprecisões factuais.
Incrível/Mulher/12 Detalhes que provam como não é preciso usar fórmulas mágicas para ter um cabelo arrasador
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos