Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Empresa fabrica violões com a madeira que não usa e os presenteia a crianças internadas

2---
184

Uma empresa que produz forros e paredes de madeira nos Estados Unidos teve uma ideia inusitada para ajudar quem precisa: fabricar violões de brinquedo e doá-los a crianças hospitalizadas. É uma medida simples que combina solidariedade, reciclagem, musicoterapia e até artesanato — uma vez que o processo envolve o ensino de carpintaria básica e habilidades de pintura nas escolas primárias.

Incrível.club sempre apoiou e divulgou ideias como essa, que ajudam a melhorar a vida das pessoas. Melhor ainda quando essas ideias unem o setor público e o privado.

A ideia que potencializou a filosofia de solidariedade de uma empresa

A Rulon International é uma empresa com sede em Jacksonville, Flórida (EUA), que fabrica forros de madeira e paredes acústicas há mais de 34 anos. Seus proprietários, Eleanor e Wayne Robison, sempre foram adeptos da filantropia, mas em 2016 tiveram uma ideia que aprimorou essa filosofia: eles decidiram usar parte das sobras de material para fabricar violões e doá-los.

programa “Guitars for Children” (“Violões para crianças”, em português) nasceu com o objetivo inicial de fabricar 10.000 desses instrumentos — nesse caso, com duas cordas e distribui-los às crianças mais necessitadas.

Elas pintam os violões e assim desenvolvem a criatividade

O primeiro carregamento foi para um orfanato no Haiti, país mais pobre da América e devastado por um forte terremoto em 2010. Nesse lote, os instrumentos já estavam pintados. Mas os representantes da Rulon logo foram questionados se o lote seguinte poderia ser enviado inacabado, uma vez que as crianças gostavam de pintá-los e personalizá-los.

Desde então, os violões são enviados afinados, de cinco maneiras diferentes. Eles podem chegar sem pintura ou com uma base de tinta. Em ambos os casos, as crianças têm a oportunidade de dar aos instrumentos um toque pessoal, soltando, assim, a criatividade. O que não muda é a preocupação com a saúde: todos os instrumentos são de madeiras recicladas, livres de germes e bactérias.

A música como forma de terapia

Enviar os instrumentos livres de contaminação é algo da maior importância, pois muitos dos instrumentos são enviados a hospitais. Os violões são fabricados com material totalmente reciclado, sem fumaça ou produtos químicos de qualquer tipo, o que os torna ecológicos e sem riscos à saúde.

Desde a sua criação, o programa distribuiu mais de 5.000 violões em cerca de 50 centros de saúde e instituições de caridade ligadas ao tratamento de doenças críticas como o câncer. “Há dois tipos de ‘terapias alternativas’ que comprovadamente ajudam crianças doentes: música e animais”, explica Eleanor, uma das proprietárias.

E mais escolas estão aderindo ao projeto

Mais recentemente, a Rulon decidiu dar um passo à frente no projeto. A empresa estabeleceu parcerias com escolas primárias para que os alunos aprendam habilidades básicas de carpintaria. Assim, eles passam a fazer parte de uma verdadeira corrente do bem, reciclando a madeira que iria para o lixo e, ao mesmo tempo, ajudando outras crianças que receberão os instrumentos.

Um dos objetivos futuros da iniciativa é, a partir de agora, estabelecer parceria com mais instituições educacionais e integrá-las ao programa. “Gostaria de entrar em cada escola de alguma forma e promover oficinas de fabricação dos violões para que os alunos os utilizassem nas aulas de arte, bem como ajudassem outras crianças”, diz Eleanor.

Você conhece alguma outra empresa que tenha um programa de solidariedade semelhante? Em sua opinião, o setor privado faz sua parte para ajudar a sociedade? Ou isso varia de empresa para empresa? Compartilhe suas opiniões conosco na seção de comentários.

2---
184