Apesar de casada, Reese Witherspoon criou a filha quase sozinha e contou as dificuldades que precisou enfrentar

A maternidade é uma experiência que transforma completamente a vida de uma mulher. Durante esse processo, a rotina vira uma grande montanha-russa de sentimentos, uns belos e puros, outros mais difíceis de lidar. Foi exatamente isso que aconteceu com a atriz Reese Witherspoon. Em uma recente entrevista ela explicou como foi difícil se tornar mãe aos 23 anos e como sofreu por ter de criar quase sozinha sua primeira filha, embora estivesse casada.

Nós, do Incrível.club, ficamos bastante comovidos com a história de Reese e esperamos que ela sirva de exemplo e inspiração para futuras mães.

Um casal jovem

Reese Witherspoon conheceu Ryan Phillippe durante a festa de seu aniversário de 21 anos. Alguns anos depois, ela confessou que as primeiras palavras que disse ao ator foram: “Você é o meu presente”, frase que hoje lhe causa um pouco de vergonha. Em 1999, um ano depois do noivado, os dois famosos se casaram e deram as boas-vindas à pequena Ava, que nasceu em setembro.

Ser mãe aos 23 anos

A primeira filha do casal veio ao mundo quando Reese tinha apenas 23 anos. Embora estivesse casada com Ryan naquele momento, ela contou que passou os primeiros meses praticamente só. “Vivia longe da minha mãe que trabalhava o dia todo como enfermeira. Criei minha filha sozinha. Não tenho irmãs e nem tias. Estava sozinha em Los Angeles e de fato não tinha amigos, eu só chorava”, detalhou a atriz em uma entrevista.

Sim, a juventude, a solidão e a inexperiência podem tornar as coisas muito difíceis na hora de lidar com um recém-nascido. “Não sabia o que fazer quando a bebê chorava durante a noite, não sabia o que era o treinamento do sono. Ava passava a noite toda acordada até mais ou menos os 7 meses, porque eu não sabia muito bem como lidar com a alimentação”, continuou Reese.

Em outubro de 2003, Ryan e Reese tiveram o segundo filho, que decidiram chamar Deacon. Embora o casamento tenha chegado ao fim três anos depois, eles ainda mantêm uma boa relação. E tanto Ryan como Reese reconhecem que se tivessem de dar um conselho aos filhos diriam ser fundamental conhecer a si mesmo antes de se comprometer com outra pessoa.

Quando ficção e realidade se misturam

Em 2017, Reese protagonizou o filme De Volta Para Casa, em que dá vida a uma mãe de dois filhos que se separou recentemente e precisa criá-los sozinha, em Los Angeles. É difícil não pensar que a bela atuação da atriz não tenha relação com sua própria experiência de vida.

O presente da atriz

A protagonista de Legalmente Loira vive um ótimo momento não apenas em relação à carreira. Atualmente, ela está casada com o famoso Jim Toth, com quem tem um filho, o pequeno Tennessee. Ou seja, ela formou uma bela família com um homem que é um excelente pai e um grande marido. “Ele apoia as minhas ideias e os meus sonhos”, contou a atriz.

Alguns conselhos de Reese para futuras mães

Quando perguntada sobre sua experiência com a criação dos filhos, Reese gosta de dar o seguinte conselho para as futuras mamães: “É difícil, porém o mais importante é encontrar uma rede de amigos para nos ajudar, porque não podemos fazer tudo sozinhas”. Apesar das dificuldades, a atriz afirma que não mudaria nada na forma como as coisas aconteceram na sua vida.

Para você, quais são os aspectos mais difíceis da maternidade e que raramente são discutidos? Conte um pouco sobre a sua experiência nos comentários.

Compartilhar este artigo